CINE TROPPO - SEMANA DE 04 A 10/03/16

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira Carvalho


Circuito Cineclubista homenageia Rivette e Zulawski
*O Início de 2016 trouxe más notícias do mundo cinematográfico com o falecimento de dois grandes cineastas: Jacques Rivette e Andrzej Zulawski. Os circuitos cineclubistas de várias cidades agendaram uma série de homenagens aos diretores. Em Belém, a ACCPA (Associação de Críticos de Cinema do Pará) programou duas sessões imperdíveis. No dia 05, na sessão Cult do cine Líbero Luxardo, foi exibido “A Religiosa” de Jacques Rivette, produzido em 1966 e com ótima atuação da atriz Ana Karina. Na segunda-feira, dia 07, o cineclube Alexandrino Moreira exibirá “O Importante é Amar” (foto) do cineasta polonês Andrzej Zulawski que foi realizado em 1974. O filme mostra a história de um fotógrafo e uma estrela decadente que vivem um amor destrutivo e trágico.É um dos melhores filmes deste diretor e tem uma atuação premiada da belíssima atriz Roy Schneider. É bom saber que o circuito cineclubista continua na sua trajetória de formação de platéia com foco na construção de uma cultura cinematográfica mais rica e abrangente. E certamente, Rivette e Zulawski contribuíram com esse processo realizando grandes filmes. Confira!

*O “Oscar” 2016 finalmente premiou o ator Leonardo DiCaprio pela bela atuação em “O Regresso”.Outros prêmios merecidos ficaram com a atriz Brier Larsson (O Quarto de Jack) e Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa). Mas apesar da torcida, Sylvester Stallone não levou seu prêmio de ator coadjuvante. No final, com justiças e injustiças, piadas polêmicas sobre a falta de diversidade em Hollywood, a noite de premiação foi salva pelo “Oscar” para o maestro Ennio Morricone. Um gênio da música que somente agora, depois de tantos trabalhos maravilhosos, foi premiado pela trilha sonora de “Os Oito Odiados” de Quentin Tarantino. Viva Morricone! E agora vamos direcionar nosso foco para festivais de cinema como Cannes, que como sempre, tem mais diversidade e qualidade para o cinéfilo.

*A Ancine divulgou nesta segunda os 12 longas-metragens brasileiros pré-selecionados por um dos curadores da seleção oficial do Festival de Cannes, François Lardenois. Ele estará em São Paulo entre os dias 3 e 5 de março para assistir aos longas em tela grande, no auditório do MIS (Museu da Imagem e do Som). A ação faz parte do programa Encontros com o Cinema Brasileiro, da agência federal. Os filmes concorrem a uma vaga em uma das seções da seleção oficial de Cannes, cuja 69ª edição acontece de 11 a 22 de maio no litoral francês. Os filmes podem ser selecionados para a Competição principal pela Palma de Ouro, à mostra “Un Certain Regard” e às apresentações especiais e fora de competição. Lardenois selecionou os filmes tomando por base os teasers e informações fornecidas pelos produtores nas inscrições do programa. Entre os filmes selecionados, o longa-metragem de Jorane Castro (agora com novo nome), “Para ter Onde Ir”.

*Após o sucesso do documentário “What Happened, Miss Simone?” na Netflix, finalmente chegará aos cinemas a cinebiografia da cantora e ativista Nina Simone. No papel principal, Zoe Saldana (Star Trek/Avatar). Nina” deve ser um dos filmes mais interessantes do ano, pois Nina Simone é um ícone da música e merece ser mais (re) conhecida.
*O canal Disney XD anunciou que lançará uma série baseada na animação “Operação Big Hero‘, a terceira maior bilheteria para uma animação da história da Disney. A série vai continuar a história do filme e mostrará as aventuras de Hiro e do robô Baymax. A estreia é prevista para 2017.
*E as refilmagens continuam na agenda de Hollywood. O suspense “Linha Mortal produzido em 1990 com Julia Robertse Kevin Bacon será refilmado com Diego Luna (‘Star Wars: Rogue One’, ‘E Sua Mãe Também’) e Ellen Page (A Origem) no elenco. A direção será do dinamarquês Niels Arden Oplev (Os Homens que Não Amavam as Mulheres), filme sueco baseado no romance homônimo de Stieg Larsson, que bateu recordes de bilheteira na Europa.

INDICAÇÕES

ESTREIAS
“Yema”
Filme de Djamila Sahraoiu
Cine Olympia

“O Clube”
Filme de Pablo Larrain
Cine Líbero Luxardo

“O Julgamento de Viviane Amsalem”
Filme de Ronit e Schlomi Elkabetz 
Cine Líbero Luxardo


“Um Homem entre Gigantes”
Filme de Peter Landesman 
Com Will Smith


MEMÓRIA
“Gritos e Sussuros”(1972)
Filme de Ingmar Bergman
Cartaz exibido nos cinemas americanos nos anos 70

AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes):
Dia 07/03 – “O Importante é Amar” (1974) com Romy Schneider. Homenagem ao diretor Andrzej Zulawski. Sessão às 19 h. Entrada franca. Debate após a exibição.
*Cinema Olympia:
Até 09/03 – “Yema” de Djamila Sahraoiu. Sessão às 18:30 h. Entrada franca.Apoio : Cinemateca Francesa
Dia 08/03 – “Esposa e Mártir”(1923) de Erich Von Stroheim. Com Glória Swanson. Projeto “Cinema e Música” com acompanhamento musical ao vivo de Paulo José Campos de Melo.Sessão às 18:30 h. Entrada franca.
*Cine Líbero Luxardo:
Até dia 13/02 – “O Clube” de Pablo Larrain e “O Julgamento de Viviane Amsalem” de Ronit e Schlomi Elkabetz 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18