sábado, 26 de março de 2011

CINE TROPPO - SEMANA DE 25 À 31/03/11

CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho


Lançamentos da Semana
Caso não haja alterações de última hora, as estréias da semana são “Sucker Punch – Mundo Surreal”, “VIPS” , “Atividade Paranormal – Tóquio” e “Sem Limite”
“Sucker Punch – Mundo Surreal” é uma fantasia épica de ação que nos apresenta a imaginação fértil de uma jovem garota, cujos sonhos são a única saída para sua difícil realidade em um hospício. Isolada dos limites de tempo e espaço, ela está livre para ir onde sua mente levar, porém, chega o momento em que suas incríveis aventuras quebram o limite entre o real e o imaginário, trazendo consequências trágicas. A direção é de Zack Snyder(300/Watchmen).
“VIPs” é uma obra de ficção baseada no livro “VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso”, da autora Mariana Caltabiano, com roteiro adaptado por Bráulio Mantovani e Thiago Dottori, e conta com Wagner Moura(Tropa de Elite) como protagonista. O livro conta a história do homem que circulou por rodas de famosos ao fingir ser filho do presidente da Gol Linhas Aéreas, Henrique de Oliveira. Mariana reuniu entrevistas feitas em visitas à cadeia onde estava Marcelo ao longo de um ano e apresentou a história ao diretor.
“Atividade Paranormal – Tóquio”, conta a história de uma estudante de intercâmbio que visita San Diego, e leva de volta para Tóquio a presença demoníaca que assombrou o primeiro filme . Paralelamente com “Atividade Paranormal 2', os orientais filmaram esta continuação japonesa.
“Sem Limites" tem Robert De Niro no elenco. Eddie Morra (Bradley Cooper) sofre de bloqueio de escritor há anos. Um dia, um amigo lhe apresenta um remédio revolucionário, que permite o uso de 100% da capacidade cerebral. O efeito é imediato em Eddie, pois ele passa a se lembrar de tudo que já leu, ouviu ou viu em sua vida. A partir de então ele consegue aprender outras línguas, fazer cálculos complicados e escrever muito rapidamente, mas para manter este ritmo precisa tomar o remédio todo dia. Seu desempenho chama a atenção do empresário Carl Van Loon ( De Niro), que resolve fechar com ele um dos maiores negócios da história.

QUADRO DE COTAÇÕES / ACCPA
MARCO MOREIRA/PEDRO VERIANO/LUZIA ÁLVARES
“Você Vai
Conhecer o
Homem dos
seus Sonhos” Excelente/Bom/Muito Bom
-----------------------------------------------------------------
“127 Horas” Excelente/Muito Bom/Muito Bom
-----------------------------------------------------------------
Rango” Excelente Excelente Excelente
-----------------------------------------------------------------
“Bruna
Surfistinha” Razoável/Razoável/Razoável
-----------------------------------------------------------------
“O

Conformista”
(DVD) Excelente/Excelente/Excelente
-----------------------------------------------------------------
“Sexo

sem
Compromisso” Fraco/Fraco/Fraco
-----------------------------------------------------------------

SUPERNOVAS
*O site Screendaily publicou uma lista de apostas para a seleção oficial do Festival de Cannes, que será anunciada no dia 14 de abril. Segundo Mike Goodridge, os novos filmes de Pedro Almodóvar (La piel que habito) e David Cronenberg (A Dangerous Method) devem optar pelos festivais do segundo semestre (Veneza e Toronto, sobretudo). “Almodóvar reluta em mostrar seu filme em Cannes porque a trama tem um final surpreendente que ele não gostaria de ver revelado meses antes de seu lançamento oficial”, explica Goodridge.” La piel que habito” estreia na Espanha no dia 2 de setembro. Entre os mais prováveis títulos de Cannes estão” The Tree of Life” de Terrence Malick, “Habemus Papam” de Nanni Moretti, “Once Upon a Time in Anatolia” de Nuri Bilge Ceylan, e “Melancholia” de Lars Von Trier.
*A partir do dia 11/04, a ACCPA volta a fazer a programação do Cineclube Alexandrino Moreira, com exibições às segundas-feiras às 19h, com apresentação e debate com o público, criando uma tradição que já conquistou vários cinemaníacos. O filme que deve reiniciar as atividades do cineclube é “Jonas que terá 25 Anos no Ano 2000” de Alain Tanne, exibido no final dos anos 70 no Cinema 1.
*Dia 11/04, o crítico de cinema Arnaldo Prado Jr. estará ministrando o curso de CINEMA E FICÇÃO CIENTÍFICA na Caiana Filmes, às segundas e quintas das 19 às 21 h. Maiores informações sobre inscrições e o programa do curso no site www.caianafilmes.com.br
*Em homenagem ao escritor Benedito Nunes, a ACCPA e a Livraria Saraiva agendaram a exibição do filme “O Conformista” de Bernardo Bertolucci, dia 06/04, no Espaço Benedito Nunes (Livraria Saraiva- Boulevard Shopping). O filme será exibido às 19h com entrada franca e debate após a exibição.
*A Academia Brasileira de Cinema marcou para 31 de maio, às 21h, no Teatro João Caetano, a entrega do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O anúncio dos finalistas será no dia 5 de abril, e, já a partir do dia 6, os membros da academia poderão votar nos seus favoritos. A votação acontece até o dia 10 de maio. Na categoria voto popular, que também começa no dia 6 de abril, a votação só será encerrada durante a transmissão ao vivo do evento, que está em sua décima edição. Para incentivar o público a votar, foi desenvolvida uma campanha de mídia nacional, com anúncio em TV (aberta e fechada), mobiliário urbano, redes sociais, cinema e veículos impressos.
*O diretor José Padilha confirmou que sua primeira grande produção internacional será o novo filme da franquia “Robocop”, para os estúdios MGM. Inicialmente previsto para ter Darren Aronofsky (Cisne negro) na direção, o projeto fora interrompido devido à crise financeira enfrentada pelo estúdio. Atualmente, segundo Padilha, o filme se encontra em fase de desenvolvimento de roteiro, que está sendo escrito em parceria com Josh Zetumer (007 - Quantun of Solace).
*A ACCPA (Associação dos Críticos de Cinema do Pará) tem um site à disposição do internauta: www.accpara.com.br .No site da ACCPA, tem a programação dos cinemas comerciais e alternativos, críticas, calendários de estreias, enquete, etc..
*Acesse “Odisséia”, meu blog sobre cinema e outros assuntos no endereço http://www.marcoantoniomoreira.blogspot.com/.
* Meu Twitter: www.twitter.com/marcomoreira_

Crítica/Cinema
“Você Vai connhecer o Homem dos seus Sonhos” de Woody Allen
. Amor e morte. Estes temas são recorrentes na obra de Woody Allen. Em 1975, Allen fez um de seus melhores filmes com este nome: “Love and Death”(que no Brasil teve o curioso título de “A Última Noite de Boris Grushenko”). De alguma forma, estes temas estão presentes na obra deste grande diretor que criou um estilo próprio de contar suas histórias e que há décadas impressiona a crítica e o público. Neste seu novo filme, ele começa dizendo que a vida é feita de som e fúria e que isso não significa nada. Logo, o que vale à pena? O amor, a busca do amor, o outro. Mas os relacionamentos nascem, crescem, morrem, sentimentos novos surgem, sentimentos antigos morrem e o tempo passa, sem parar. Os personagens de Allen neste filme em alguns momentos são previsíveis mais todos vivem de ilusão e da ilusão de que disso se vive. Por isso, se decepcionam, são infelizes, enganam e são enganados. E como se encontra então o homem dos seus sonhos? Não se encontra. É isso que Allen melancolicamente nos diz neste novo filme. Mesclando vários tipos de personagens e relacionamentos, Allen, dentro do seu estilo, nos faz pensar e repensar, rir, julgar, questionar e tentar entender um pouco deste som e dessa fúria que a vida nos trás, que até pode não significar nada mais que é o que temos para sobreviver no dia a dia. Profundo e ao mesmo tempo simples, este filme de Allen mantém sua posição de um dos maiores diretores vivos em atividade. Não deixe de ver.
“127 Horas” de Danny Boyle. A vitória do espírito humano, da força, da fé. Este é o tema que o cineasta Danny Boyle (Quem quer ser um Milionário?) trata neste seu novo filme, baseado em fato real. Durante uma escalada nas montanhas, um alpinista sofre uma queda e fica com braço preso numa fenda. Lutando contra o tempo, sozinho, este personagem começa então perceber a presença da morte, lembrando da sua vida, dos seus momentos, do seu mundo. E dessa ligação entre um homem e seu interior, nasce o instinto, a sobrevivência, a vida. Por isso, numa atitude humana, este personagem se mutila para poder viver e mais do que isso, renascer como homem. Essa incrível história poderia ter sido contada de forma sensacionalista, ingênua, superficial. Mas com Danny Boyle, isso é impossível. Ela conta a história com a mesma garra e força do seu personagem principal. “127 Horas” é um filme moderno no melhor sentido da palavra, levando ao espectador um tema profundo que evidência a vitória da fé, do homem, do renascimento. Imperdível !

MEMÓRIA
ELIZABETH TAYLOR
Esta semana, a grande atriz Elizabeth Taylor, faleceu aos 79 anos. Sendo um dos últimos grandes nomes vivos da era de ouro de Holywood, Elizabeth Taylor deixa um legado de muita beleza e de um raro talento em vários filmes de sua longa carreira. Taylor fez filmes de vários gêneros, com uma dignidade e brilho que raramente era encontrado no cinema americano. Foi indicada ao “Oscar” em cinco ocasiões sendo premiada por “Disque Butterfly 8”(1960) e “Quem tem Medo de Virginia Wolf?”(1966). Com uma homenagem ao seu trabalho, indico alguns filmes onde seu talento ficou evidenciado: “Um Lugar ao Sol”(1951) de George Stevens, “Gata em Teto de Zinco Quente”(1958) de Richard Brooks, “De Repente, Último Verão”(1959) de Joseph L. Mankiewicz, , “Quem tem Medo de Virgina Wolf ?”(1966) de Mike Nichols, “Os Pecados de todos Nós”(1967) de John Huston e “Cerimônia Secreta”(1968) de Joseph Losey.

AGENDA
*Cine Líbero Luxardo: Hoje acontece a exibição do filme “As Virgens Suicidas” de Sofia Coppola às 19h dentro da programação comemorativa dos 140 Anos da Biblioteca Arthur Viana. Entrada franca.
*Cine Olympia: Hoje é o último dia de exibição de “Cildo”, documentário sobre o artista plástico que influenciou vários artistas do seu tempo. Sessão às 18:30 h com entrada franca.
* Cine Sesc Boulevard : No próximo dia 31/03, acontecerá a última exibição do clássico “Tempestade sobre Washington” de Otto Preminger às 19 h com entrada franca numa exibição que tem a parceria da ACCPA. Hoje às 16h com entrada franca será exibido o excelente filme francês “Entre os Muros da Escola" de Laurent Cantet. No filme, um professor trabalha como professor de língua francesa em uma escola de ensino médio, localizada na periferia de Paris. Ele e seus colegas de ensino buscam apoio mútuo na difícil tarefa de fazer com que os alunos aprendam algo ao longo do ano letivo. Ele estimula seus alunos, mas o descaso e a falta de educação são grandes complicadores.
*Cine Estação: Hoje é o último dia de exibição de “Você vai Conhecer o Homem dos seus Sonhos” de Woody Allen. Com um grande elenco, Allen conta histórias de relacionamentos que surgem, acabam, renascem e mudam de acordo com as necessidades dos personagens.O filme será exibido hoje às às 10h, 18h e 20h30,

domingo, 20 de março de 2011

CINE TROPPO - SEMANA DE 18 À 24/03/11


CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho

Lançamentos da Semana
Caso não haja alterações de última hora, as estréias da semana são “127 Horas”, “Animais Unidos Jamais serão Vencidos”, “Invasão do Mundo : Batalha de Los Angeles”e ”Sexo sem Compromisso”.
“127 Horas” é a história verdadeira do montanhista Aron Ralston e de sua aventura para salvar-se depois que uma pedra solta cai sobre seu braço e o deixa preso num cânion estreito e isolado no deserto de Utah. Durante seu drama, Ralston lembra-se de amigos, amores, da família e das duas excursionistas que conheceu antes do acidente. Nos cinco dias seguintes, Ralston luta contra tudo para descobrir que possui a coragem para encontrar alguma forma de soltar-se, e sobreviver. O filme teve várias indicações ao “Oscar” deste ano. No elenco, James Franco. A direção é de Danny Boyle (Quem Quer ser um Milionário?)
Em “Animais Unidos Jamais serão Vencidos”, é uma animação que conta a história de um grupo de animais que é forçado a sair de seu habitat por causa da destruição causada pelos humanos. Eles vão para a África. Mas lá, um hotel de luxo está usando toda a água e não há mais nada para os animais. Agora, eles vão se unir para salvar a natureza, travando uma guerra contra os humanos. O filme será exibido em cópia dublada.
“Invasão do Mundo : Batalha de Los Angeles” é uma superprodução. Durante anos, foram registrados vários casos de aparições OVNIs em diferentes lugares no mundo. Mas em 2011, o que eram apenas aparições vão agora se tornar realidade onde a Terra é atacada por forças desconhecidas. Enquanto as pessoas em todos os lugares assistem às grandes cidades do mundo caírem, Los Angeles se torna o último posto para a humanidade numa batalha inesperada. No elenco, Michelle Rodriguez (Resident Evil).
“Sexo sem Compromisso” é uma comédia romântica onde dois amigos tinham uma relação amigável baseada em sexo sem compromisso. Mas quando o relacionamento evolui para um romance, a amizade entra em jogo. No elenco, Natalie Portman (Cisne Negro).

QUADRO DE COTAÇÕES / ACCPA
MARCO MOREIRA/PEDRO VERIANO/LUZIA ÁLVARES

“Rango” Excelente/Excelente/Excelente
----------------------------------------------------------
“Bruna
Surfistinha” Razoável/Razoável/Razoável
----------------------------------------------------------
“A Viagem
Proibida”
(DVD) Bom/Razoável/-
----------------------------------------------------------
“Enterrado
Vivo”
(DVD) Bom/Muito Bom/Muito Bom
----------------------------------------------------------
“Dois
Destinos”
(DVD) Muito Bom/Muito Bom/Muito Bom
----------------------------------------------------------
“Neste Mundo
e no
Outro”
(DVD) Muito Bom/Excelente/Muito Bom
----------------------------------------------------------

SUPERNOVAS
*A Lume Filmes, do Maranhão, que já atuava no setor de homevideo, anunciou sua entrada no mercado de distribuição para o cinema no segundo semestre de 2011. Os primeiros títulos anunciados foram adquiridos da The Match Factory, uma destacada empresa de vendas internacionais sediada na Alemanha. O drama filipino “Lola”, de Brillante Mendoza, será o primeiro a estrear, no dia 29 de julho. Estão previstos também “Submarino”, de Thomas Vinterberg (setembro); o uruguaio “Hiroshima” (Um musical silencioso), de Pablo Stroll (outubro); “Three” (Triângulo amoroso), de Tom Tykwer (novembro); e “Tudo ficará bem” (Everything Will Be Fine), de Christoffer Boe (previsto para dezembro). Os cinco filmes farão sua estreia durante o Festival Lume de Cinema, que acontece em julho, em São Luís.
* “O Conformista” será o filme que a ACCPA e a Livraria Saraiva exibirão no dia 06 de abril, como uma homenagem ao grande escritor Benedito Nunes, falecido recentemente. O filme é dirigido por Bernardo Bertolucci e gerou um grande debate quando foi exibido em Belém, com o escritor se destacando com suas opiniões. O filme será exibido no Espaço Benedito Nunes, na Livraria Saraiva, às 19h com entrada franca e debate com críticos da ACCPA.
*A Paris Filmes vai lançar no Brasil “La Piel que Habito”(foto), novo filme de Pedro Almodóvar, estrelado por Antonio Banderas. Previsto para estrear na Espanha em setembro, o longa está cotado para participar da competição do Festival de Cannes, em maio. Além deste, a distribuidora também anunciou a compra de “If I Stay”, produção norte-americana dirigida pelo brasileiro Heitor Dhalia, com Amanda Seyfried no elenco; “The Iron Lady”, cinebiografia da primeira primeira-ministra britânica Margaret Tatcher, vivida na tela por Meryl Streep, e o suspense “The Woman in Black”, produção em 3D com Daniel Radcliffe, o astro da série Harry Potter. Ainda não há data de estreia para os filmes no Brasil.
*A Walt Disney promete para junho o lançamento em DVD e Blu-ray de “Tron: O Legado”, além do relançamento do primeiro filme – “Tron - Uma Odisseia Eletrônica”, de 1982.
*A Warner Bros anunciou o início das filmagens de “J. Edgar”, próximo longa de Clint Eastwood. O roteiro explora a vida do polêmico J. Edgar Hoover, fundador e chefe do FBI por mais de três décadas. O roteiro é de Dustin Lance Black (de Milk – A voz da igualdade) e o elenco é formado por Leonardo DiCaprio (no papel de Hoover), Naomi Watts, Judi Dench e Josh Lucas. O filme ainda não tem previsão de estreia
*A ACCPA (Associação dos Críticos de Cinema do Pará) tem um site à disposição do internauta: www.accpara.com.br .No site da ACCPA, tem a programação dos cinemas comerciais e alternativos, críticas, calendários de estreias, enquete, etc..
*Acesse “Odisséia”, meu blog sobre cinema e outros assuntos no endereço http://www.marcoantoniomoreira.blogspot.com/.
* Meu Twitter: www.twitter.com/marcomoreira_

Crítica
“O Segundo Rosto” de John Frankheimer
. Minha primeira manifestação durante o debate, após a exibição de O Segundo Rosto (Seconds, EUA, 1966) na sessão Cult do Cine Líbero Luxardo de 12 de março de 2011 foi considerar a última sequência como de horror, com o terror pânico do personagem Antiochus ‘Tony’ Wilson (Rock Hudson) atingindo o espectador com a platéia atenta e em silêncio. Dirigido por John Frankenheimer, com roteiro de Lewis John Carlino baseado na novela de David Ely, o filme conta uma estranha história na qual o banqueiro Arthur Hamilton (John Randolph) tem a morte simulada por uma empresa que, também, se encarrega de renascê-lo realizando uma radical operação cirúrgica nele, que transforma totalmente seu aspecto físico além de dar-lhe a identidade de um artista, o pintor Antiochus ‘Tony’ Wilson, um renascimento desejado por Hamilton que não estava satisfeito com a vida que tinha, apesar do sucesso profissional alcançado por ele.
Com a nova configuração física Arthur/Tony vai passar por um processo de adaptação monitorado pela firma. É levado a novas experiências de vida acompanhado por Nora Marcus (Salome Jeus); ele pensa tê-la encontrado casualmente, mas depois sofre a frustração de saber que ela era empregada da empresa. Tony é envolvido por Nora que o leva a uma festa ao ar livre que tem o ponto culminante quando participantes do evento ficam nus, mulheres e homens, e entram em um enorme tonel para amassar uvas. Mais de uma dezena de pessoas se comprimem no recipiente, pisando nas uvas, caindo, esfregando-se umas nas outras por causa do exíguo espaço para tanta gente; estão alegres, riem totalmente descontraídas, soltas. É um momento crucial para Tony que, inicialmente, reage, não quer participar, mas é despido sob protestos seus e jogado no tonel; todos fazem festa, menos ele. Mas, da reação passa à aceitação e participação ativa no esmagamento das uvas, acaba integrando-se prazerosamente ao grupo. Parece um momento de libertação para ele.
Depois, sempre acompanhado por Nora, participa de uma festa, também organizada pela firma. É uma reunião social sofisticada, com participantes estranhos, na verdade são pessoas renascidas como ele, de comportamentos forçados. Tony bebe em excesso, até cair.Após a ressaca ele consegue escapar do controle e volta à sua antiga residência para conversar com sua mulher Emily (Frances Reid) sem que ela saiba quem é ele; ele se diz amigo de Arthur. Enorme frustração. O perfil que ela faz do marido e da convivência que tivera com ele são decepcionantes.
Ele volta à firma, pretendendo um novo renascimento para que, então sim, ele possa reconstruir a vida sob controle próprio, ele mesmo tomando as decisões sem influência dos outros. No entanto, para que a firma aceite repetir o processo é preciso que Tony consiga um novo cliente candidato a renascimento, afinal a firma é uma empresa de negócios. Na verdade, ele próprio fora convencido a participar do renascimento por um velho amigo muito próximo, Charlie Evans (Murray Hamilton), dado como morto, ou seja, que já tinha passado pelo renascimento.
Como Tony não consegue tal candidato a firma o coloca na fase dois do processo: de candidato ao renascimento ele passa a ser candidato a cadáver. Claro, para cada simulação de morte de um cliente a empresa precisa de um cadáver para se passar pelo candidato ao renascimento. Ele é colocado em uma maca, pensa que vai passar por uma nova transformação física, uma nova operação cirúrgica, mas quando entende seu novo destino é tarde demais, pois ele está firmemente preso na maca, não pode escapar. O terror pânico pelo qual ele passa nesses momentos faz a platéia ficar em silêncio, é uma cena de horror.
Terminada a exibição, estabeleci mentalmente uma classificação para o filme: ficção científica e horror, com uma clara mensagem aberta a diversas interpretações. A mensagem: pessoas vivem insatisfeitas com suas vidas atuais apesar de bem posicionadas em suas atividades profissionais e buscam modificá-las, chegando a imaginar uma mudança radical; na novela de David Ely é incluída a mudança física radical.
Vi no filme um relato muito bem feito de uma experiência inusitada de transformação mal sucedida e que, a partir de uma nova transformação, apesar da experiência acumulada na primeira, uma nova tentativa também não daria certo. Na verdade, todos os renascidos, de fato, mais cedo ou mais tarde, seriam levados à segunda fase da experiência: ser cadáver.
Durante o debate houve uma manifestação, segundo entendi, mas não sei se foi isso mesmo, que considerava a segunda tentativa de renascimento com garantia de sucesso, pois Arthur/Tony, então, decidiria por si mesmo, estaria no comando de suas ações sem influência de outros, nem da firma. Claro que isto não seria possível, pois a presença da firma, por si só, exigiria controle externo. Mais uma triste ilusão no nível de entendimento do personagem; e não porque tal controle pessoal não seja possível. É possível, sim, mas com a mudança de referências e parâmetros de felicidade definidos por uma sociedade baseada no consumismo em bases materiais. Não falo aqui em religião, é outro plano, mas no plano puramente psicológico. Aliás, em relação à religião os autores são cínicos, ao apresentarem o religioso que vai acompanhar Arthur/Tony nos últimos momentos de vida. Ele pergunta qual a atual religião do condenado, mas se antecipa dizendo que está preparado para consolá-lo em qualquer religião, observação feita cinicamente.
Para concluir com menos especulação e mais objetividade, considero O Segundo Rosto um excelente filme. Frankenheimer, Carlino e Ely construíram uma ficção científica trágica significativamente pertinente em relação às insatisfações humanas, aos sonhos e delírios que nos acompanham. A funcionalidade com que são aplicados os recursos da linguagem cinematográfica, incluindo a mobilidade de câmera e os enquadramentos em grandes planos, deram à narrativa um clima adequado a uma história de ficção científica e de mistério, à qual os atores se integraram como elementos plausíveis e essenciais com interpretações convincentes. Destaque para John Randolph que viveu o personagem central como banqueiro e para Rock Hudson que o interpretou como artista, como pintor. O filme merece mais do que tem conseguido.(Arnaldo Prado Jr.)

AGENDA
*Cine Líbero Luxardo: Hoje é o último dia de exibição de “Alice e Martin” de André Techiné com Juliette Binoche. O filme conta a história de Martin que aos 10 anos, é retirado do convívio da mãe e é obrigado a conviver com um pai egoísta e autoritário, que o maltrata. Aos 18 anos, Martin decide fugir e acaba conhecendo Alice. O filme será exibido às 19h.
*Cine Olympia: Hoje é o último dia de exibição de “PQD”, filme de Guilherme Coelho. O filme conta a história de nove jovens de 18 anos que pela primeira vez estão longe de casa para prestar serviço militar na prestigiada Brigada pára-quedista. Sessão às 18:30 h.Na Sessão Nostalgia, em parceria com a ACCPA, será exibido hoje às 16 h, “O Proscrito”, numa homenagem à atriz Jane Russel que faleceu recentemente.
* Cine Sesc Boulevard : Hoje, às 16h, com entrada franca, será exibido o filme “Antes da Chuva” que conta três histórias de pessoas totalmente diferentes que se interligam em meio aos conflitos entre os Macedônios ortodoxos e mulçumanos Albaneses.Na quinta-feira, em parceria com a ACCPA, será exibido às 19 h com entrada franca o filme “Tempestade sobre Washington” de Otto Preminger.
*Cine Estação: “Você vai Conhecer o Homem dos seus Sonhos” de Woody Allen. Com um grande elenco, Allen conta histórias de relacionamentos que surgem, acabam, renascem e mudam de acordo com as necessidades dos personagens. É um excelente trabalho que deve ser visto. O filme será exibido hoje às às 10h, 18h e 20h30, 25/03 (sexta-feira), às 18h e 20h30,26/03 (sábado), às 18h e 20h30 e 27/03 (domingo), às 10h, 18h e 2030

domingo, 13 de março de 2011

"VOCÊ VAI CONHECER O HOMEM DOS SEUS SONHOS" NO CINE ESTAÇÃO A PARTIR DO DIA 16/03

Novo filme de Woody Allen no Oi Cine Estação
A Organização Social Pará 2000 dá início ao calendário 2011 do Oi Cine Estação, após dois meses de planejamento e reformulação. O projeto é promovido em conjunto pela OS, Secretaria de Estado de Cultura e Governo do Pará e tem patrocínio da OI.
A volta das atividades do Oi Cine Estação, orgulhosamente apresenta “Você vai Conhecer o Homem dos seus Sonhos”, de Woody Allen. O uma comédia romântica reconhecida pela crítica e muito bem avaliada pelo público. No elenco, Anthony Hopkins, Naomi Watts e Antonio Banderas. Escrito e Dirigido por Woody Allen – Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos conta a história de dois casais: Alfie (Anthony Hopkins) e Helena (Gemma Jones) e sua filha Sally (Naomi Watts), casada com Roy (Josh Brolin), abordando as suas paixões, ambições, ansiedades e, logicamente, suas insanidades.
Depois que Alfie deixa Helena em busca da sua juventude perdida com uma garota liberal chamada Charmaine (Lucy Punch), Helena abandona sua própria racionalidade e entrega sua alma para uma vidente charlatã. Também infeliz no casamento, Sally desenvolve uma paixonite pelo seu elegante chefe Greg (Antonio Banderas), proprietário de uma galeria de arte, enquanto o escritor de romances Roy, aguarda ansiosamente resposta da editora para seu último manuscrito.
Woody Allen
Além de comediante, diretor, roteirista e ator de cinema, Woody Allen toca clarinete semanalmente em um bar de Nova York. Sua ligação com a música, principalmente com o jazz, pode ser conferida em todos os seus filmes, dos quais é responsável também pela escolha da trilha sonora. Allen é um dos mais premiados artistas americanos: foi premiado quatro vezes com o Oscar, ainda seis indicações de melhor diretor, uma indicação de melhor ator e outras doze indicações de melhor roteiro original; um recorde da Academia de Artes e Ciências de Hollywood. Além de dezenas de outros prêmios e indicações nos maiores festivais do mundo.
Woody Allen se descreve da seguinte maneira: "As pessoas sempre se enganam em duas coisas sobre mim: pensam que sou um intelectual (porque uso óculos) e que sou um artista (porque meus filmes sempre perdem dinheiro)".
É o diretor de obras-primas do cinema, como Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (1977), Manhattan (1979), Memórias (1980), Zelig (1983) A Rosa Púrpura do Cairo (1985), Setembro (1987), A Outra (1988), Ponto Final (2005), entre outros títulos.
"Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos" tem direção de fotografia de Vilmos Zsigmond, e foi selecionado para participar no Festival de Cannes, Festival Internacional de Toronto, Mostra Internacional de São Paulo e Festival do Rio 2010.
(Informe - Assessoria de Imprensa)

Serviço
Cine Estação das Docas:
"Você vai Conhecer o Homem dos seus Sonhos "
16/03 (quarta-feira), às 18h e 20h30
17/03 (quinta-feira), às 18h e 20h30
18/03 (sexta-feira), às 18h e 20h30
20/03 (domingo), às 10h, 18h e 20h30
25/03 (sexta-feira), às 18h e 20h30
26/03 (sábado), às 18h e 20h30
27/03 (domingo), às 10h, 18h e 2030

CINE TROPPO - SEMANA DE 11 À 17/03/11

CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho
Lançamentos da Semana
Caso não haja alterações de última hora, a estréia da semana são “Rango” e “Passe Livre”.
“Rango” é a primeira animação da Industrial Light and Magic,(de George Lucas), aqui com a direção de Gore Verbinski(Os Piratas do Caribe). O filme conta a história Rango (com a voz original de Jonnhy Depp), um camaleão protegido que vive como animal de estimação e que enfrenta uma grande crise de identidade. Afinal, o quão alto pode ser seu objetivo quando o propósito de sua vida é se adaptar? Quando acidentalmente Rango termina na arenosa e violenta cidade de Dirt – um posto avançado e sem lei – o nada corajoso lagarto descobre de repente que ele se destaca. Bem-vindo como a última esperança pela qual a cidade esperava, o novo Xerife Rango é forçado a assumir completamente o seu novo papel até que, em uma série de situações cheias de ação e encontros com criaturas horríveis, vai obrigar a Rango a ser o herói que ele antes somente fingia ser. Na cópia original, vozes de Depp, Isla Fisher, Abigail Breslin, Alfred Molina e Harry Dean Stanton.
“Passe Livre” é a nova comédia dos irmãos Farrelly (Quem Vai Ficar com Mary?).Os amigos Rick e Fred estão inquietos e cansados da rotina do casamento. Tudo muda quando suas esposas tentam uma abordagem ousada e oferecem um “passe livre”: uma semana de total liberdade para que os dois façam o que quiserem, livres das obrigações do matrimônio. Inicialmente parece que um sonho se torna realidade para Rick e Fred, mas eles rapidamente descobrem que seus conceitos sobre a atual vida de solteiro estão completamente fora de sincronia com a realidade. No elenco, Owen Wilson, Jason Sudeikis, Jenna Fischer e Christina Applegate.

QUADRO DE COTAÇÕES / ACCPA
MARCO MOREIRA PEDRO VERIANO LUZIA ÁLVARES
“Rango” -/Excelente/Excelente
----------------------------------------------------------------
“Desconhecido” Razoável/Razoável/ Razoável
----------------------------------------------------------------
“Bruna
Surfistinha” Razoável/Razoável/Razoável
----------------------------------------------------------------
“Boneca de
Carne”(DVD) Bom/Bom/-
-----------------------------------------------------------------
“5 X Favela Agora
Por Nós
Mesmos”(DVD) Muito Bom/Muito Bom/Excelente
-----------------------------------------------------------------
“Osama”(DVD) Excelente/Excelente/Excelente
-----------------------------------------------------------------

SUPERNOVAS
*Os quatro “Oscar” conferidos pela Academia de Cinema de Hollywood a “O Discurso do Rei” - melhor filme, direção, ator e roteiro original – neste domingo, 27 de fevereiro, devem dar um novo fôlego à carreira do filme nos EUA e no mercado internacional. Nos EUA, o filme também deve se beneficiar da nova classificação indicativa (PG-13) obtida junto à MPAA, depois que os produtores realizaram cortes para retirar palavrões. A vitória de “O Discurso do Rei” também representa a volta por cima dos irmãos Harvey e Bob Weinstein, que receberam um Oscar pela última vez em 2002, com “Chicago”, quando ainda estavam à frente da Miramax. Outro filme que deve se beneficiar da premiação é “Cisne Negro”, que deu a Natalie Portman o “Oscar” de melhor atriz. O faturamento mundial de” O Discurso do Rei” já passa de US$ 250 milhões, e o de “Cisne Negro” está próximo de US$ 230 milhões.
*A Apple teve seu pedido de patente aprovado sobre uma nova tecnologia 3D. A empresa criou um efeito tridimensional que dispensa a utilização dos óculos habituais.A tecnologia ser utilizada não só em televisores, mas também em monitores de PC e projeções de cinema.
*A Imovision promete para abril (previsão) o lançamento em DVD de “O Pequeno Nicolau”, adorável adaptação francesa do clássico infantil homônimo. Escrito por René Goscinny e ilustrado por Sempré, o filme conta as peripécias de Nicolau, cuja vida começa a mudar quando descobre que terá um irmão caçula.
*Vem ai, “Atividade Paranormal – Tóquio”. Estréia déia 25 de março no Brasil;
*Diane Lane (Um Pequeno Romance/Noites de Tormenta) foi anunciada oficialmente no elenco do novo “Superman”, a ser dirigido por Zack Snyder (300).
*A Alcon Entertainment comprou os direitos de produção do clássico 'Blade Runner' (1982), dirigido por Ridley Scott e estrelado por Harrison Ford e Rutger Hauer.A empresa, da Warner Bros., revelou que pretende ter o diretor Chris Nolan (Batman - O Cavaleiro das Trevas) como produtor das sequëncias e pré-sequëncias da franquia. Os novos filmes terão que seguir as ideias de Ridley Scott, e devem mater o original intacto.
*Spike Jonze e o roteirista Charlie Kaufman, dupla responsável por 'Quero Ser John Malkovich' e 'Adaptação', estão finalizando um acordo para se reunirem em uma sátira política. Kaufman roteiriza e Jonze irá dirigir. O longa segue "os líderes mundiais que se reunirão para descobrir todos os eventos que irão contecer no futuro, dos preços do petróleo às guerras a serem travadas".
*A ACCPA (Associação dos Críticos de Cinema do Pará) agora tem um site à disposição do internauta: www.accpara.com.br .No site da ACCPA, tem a programação dos cinemas comerciais e alternativos, críticas, calendários de estreias, enquete, etc..
*Acesse “Odisséia”, meu blog sobre cinema e outros assuntos no endereço http://www.marcoantoniomoreira.blogspot.com/.
* Meu Twitter: www.twitter.com/marcomoreira_

Críticas/Cinema
“Bruna Surfistinha” com Deborah Secco.
A adaptação cinematográfica do livro de grande sucesso, “O Doce Veneno do Escorpião” poderia ser em potencial, um filme sobre a liberdade de escolha e sobre a independência de uma mulher que sai de casa e vai para as ruas tentar se encontrar. Ou seja, um filme moderno, que de alguma forma estivesse alinhado com as novas tendências da mulher do novo século. Poderia ser mais não é. O filme acaba limitando uma série de informações da personagem principal aos espectadores, excede nas cenas de sexo gratuito, fixa no corpo da atriz Deborah Secco para prender a atenção do espectador (e detrimento de suas palavras) e acaba deixando passar uma série de possíveis caminhos para discutir os valores de uma sociedade que usa a mulher como um objeto. Na verdade, no final do filme a personagem diz que o importante é a liberdade de escolha, mas no fundo, pergunta-se : quais escolhas, quais alternativas tem a mulher de hoje para encontrar seu caominho? A prostituição da personagem é uma opção muito mal explicada e detalhada. Talvez no livro, essas informações estejam mais presentes, mas aqui, as boas intenções não salvam o filme, nem a atriz Deborah Secco, com um estilo de interpretação bem ligado ao jogo cênico da TV e que com isso caba atrapalhando a construção da sua personagem. É preciso que Deborah faça mais filmes para saber a diferença entre cinema e TV.Sucesso de público, fica o lamento de ver um trabalho potencialmente bom ser menos do que se esperava.
“Desconhecido” de JaumeCollet-Serra. Liam Neeson é um bom ator (A Lista de Schindler) e recentemente teve um sucesso de público que pode levar sua carreira á uma nova tendência:ser protagonista de filmes de ação. Foi assim em “Busca Implacável” e agora aqui nesta produção. Mas “Desconhecido” é repetitivo, com personagens mal elaborados e com a pressa comum dos filmes do gênero. Tudo é muito óbvio, mesmo no final, quando o filme tenta surpreender com uma grande virada na história. Longe de ser um “Identidade Bourne”, em todos os sentidos, é uma pena ver no filme dois grandes adores mal aproveitados : Frank Langella (Drácula) e Bruno Ganz (Asas do Desejo).

DICAS
* Curso: Em março, estarei ministrando na Caiana Filmes, um curso sobre o Cinema Brasileiro que vai abranger desde os primeiros filmes realizados no Brasil, passando pelo período dos estúdios brasileiros, as chanchadas com Oscarito e Grande Othelo, Cinema Novo, até o a retomada de público e o novo cinema nacional. Maiores informações no site www.caianafilmes.com.br. Dia 18/01, sexta-feira, na Noite de Estudos de Cinema, lançando o curso sobre cinema brasileiro, será exibido na Caiana, o filme “Chuvas de Verão” de Carlos Diegues às 19h com entrada franca. Não perca.
*A Cinépolis traz ao seu complexo de cinema de Belém, uma apresentação inédita e inesquecível da ópera mais popular do mundo, Carmen de Georges Bizet - pela primeira vez em espetacular 3D e gravado no The Royal Opera House, em Londres
Serão apenas 4 sessões da seguinte forma :12/3 (sáb.) – 20h00, 15/3 (ter.) – 20h00
19/3 (sáb.) – 20h00 e 20/3 (dom.) – 18h00.
*DVDs + Locados: 1) A Origem, 2) Gente Grande, 3)Juntos pelo Acaso, 4)Meu Malvado Favorito, 5)Aprendiz de Feiticeiro, 6)O Último Mestre do Ar, 7)Salt, 8)Coincidências do Amor, 9) Nosso Lar e 10)Comer, Beber, Amar. Fonte : 100% Vídeo

AGENDA
*Cine Líbero Luxardo: De 9 a 13 e de 16 a 20 de março, às 19h., será exibido o filme “Alice e Martin” de André Techiné com Juliette Binoche no elenco. O filme conta a história de Martin que aos 10 anos, é retirado do convívio da mãe e é obrigado a conviver com um pai egoísta e autoritário, que o maltrata. Aos 18 anos, Martin decide fugir e encerra sua fuga em Paris ao encontrar seu irmão que trabalha como comediante e mora com uma bela violinista, Alice. Mais velha que Martin, Alice logo atrai sua atenção.
*Cine Olympia: Termina hoje a semana de comemoração do dia internacional da Mulher com a exibição do filme “Osama” de Siddiq Barmak. O filme trata da história de uma menina afegã forçada a passar-se por um garoto com o objetivo de conseguir sustentar sua mãe e avó, presas em casa pelas regras fanáticas do regime implantado pelos Talebans, que em 1996 assumem o poder no Afeganistão, caindo somente dez anos depois. Trata-se de uma história verídica. Essa programação tem o apoio do GEPEM e da ACCPA.
* Cine Sesc Boulevard : Hoje,às 16h, com entrada franca, será exibido o filme “Às Cinco da Tarde” de Samira Makhmalbaf. O filme investiga a situação das mulheres no Afeganistão ao narrar a trajetória de Noqreh (Agheleh Rezaie), uma jovem que sonha ser candidata à Presidência da República. Na quinta-feira, dia 17, dentro da parceria da ACCPA, será exibido novamente o filme italiano “Um Dia Muito Especial” de Ettore Scola .A sessão será às 19h com entrada franca.

sábado, 5 de março de 2011

CINE TROPPO - SEMANA DE 04 À 10/03/11

CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho


Lançamentos da Semana
Caso não haja alterações de última hora, a estréia da semana é “”Esposa de Mentirinha”, “Gnomeu e Julieta” e “Vovó...Zona 3”.
Em “Esposa de Mentirinha”, um cirurgião plástico de caso com uma professora bem mais jovem pede à sua leal assistente que finja ser a esposa de quem ele está se divorciando para encobrir uma mentirinha casual. Após mais mentiras que saem pela culatra, os filhos da sua assistente também acabam envolvidos, e todo o grupo parte para um fim de semana no Havaí que mudará as vidas de todos eles. No elenco, Jennifer Aniston, Adam Sandler, Nicole Kidman e Heidi Montag.
“Gnomeu e Julieta” são anões de jardim que vão enfrentar muitos obstáculos para viver um amor proibido nesta animação realizada pelo mesmo diretor de “Shrek”. O Sr. Capuleto e A Sra. Montéquio tem uma rixa há anos e ninguém na verdade lembra por que tudo começou. Mas a regra é clara, um gnomo vermelho do jardim do Sr. Capuleto nunca poderá se misturar com os gnomos azuis do jardim da Sra. Montéquio. Quando os humanos saem de casa é que a aventura realmente começa com os gnomos tramando um final bem diferente para essa historia. O filme será exibido em 3D e na versão dublada, vozes de Daniel Oliveira, Vanessa Giácomo e Ingrid Guimarães. O filme apresenta canções de Elton John. Na cópia original, vozes de Julie Walters, James McAvoy, Michael Caine, Patrick Stewart, Jim Cummings e Dolly Parton.
Em “Vovó... Zona 3”, o agente Malcolm Turner e seu enteado Trent precisam se disfarçar de vovozonas com a finalidade de ajudar estudantes de uma escola, testemunhas de um assassinato. Martin Lawrence volta a ser o protagonista desta segunda sequência do personagem.

QUADRO DE COTAÇÕES / ACCPA
MARCO MOREIRA/PEDRO VERIANO/LUZIA ÁLVARES
“Cisne
Negro” Excelente/Bom/Muito Bom
---------------------------------------------------------------
“Desconhecido” Razoável/Razoável/Razoável
---------------------------------------------------------------
“Bravura
Indomita” Excelente/Muito Bom/Muito Bom
---------------------------------------------------------------
“Um Amor
tão
Frágil”(DVD) Excelente/Excelente/Excelente
---------------------------------------------------------------
“A Fita
Branca”
(DVD) Excelente/Excelente/Excelente
---------------------------------------------------------------
“5 X Favela -
Agora Por
Nós Mesmos”
(DVD) Muito Bom/Muito Bom/Excelente
---------------------------------------------------------------

SUPERNOVAS
* “É Tudo Verdade” – Festival Internacional de Documentários anunciou a primeira relação de selecionados para sua 16ª edição, que ocorre entre 31 de março e 10 de abril, simultaneamente no Rio e em São Paulo. Sete filmes inéditos participarão da competição de longas e médias-metragens, entre eles “Tancredo, A Travessia”, de Silvio Tendler(foto), e “Dois tempos”, de Dorrit Harazim e Arthur Fontes, filme que reencontra personagens focalizados no documentário A família Braz, realizado há uma década. Dentre os curtas, figuram São Silvestre, de Lina Chamie, uma visão poética da edição de 2010 da corrida paulista. Em breve serão anunciados mais filmes nacionais inéditos e a seleção internacional do festival. Mais informações em www.etudoverdade.com.br.
*Em virtude da entrada de novos parceiros na realização da 10ª edição do Grande Prêmio, o evento foi adiado de abril para o fim de maio de 2011, em data ainda a ser definida ainda pela organização. Enquanto isso, o processo de votação e apuração dos votos continua normalmente.
*Chegaram ao fim as filmagens de Tríade (Galeria de espelhos), primeiro longa-metragem do diretor Amílcar Claro, que foi assistente de Roberto Santos e participou da produção de, entre outros filmes, O beijo da mulher-aranha. O longa conta a história do relacionamento entre um físico preso durante o regime militar e uma estudante, filha de sua ex-namorada dos tempos de faculdade. No elenco estão Flavio Rocha, Mayara Luni e Nara Sakarê.
*A distribuidora Art Films/Serendip adquiriu os direitos de distribuição de quatro filmes durante o mercado do Festival de Berlim. São eles Under the Hawthorn Tree, novo filme de Zang Yhimou – exibido na mostra GenerationPlus; The Day I Was Not Born, longa de estreia do alemão Florian Cossen; Late Bloomers, segundo filme da diretora Julie Gavras, com Isabella Rossellini e William Hurt, e também Kon Tiki, filme inspirado na expedição do explorador norueguês Thor Heyerdahl pelo Oceano Pacífico nos anos 40. Ainda não há previsão de estreia desses títulos no Brasil.
*A MGM está negociando com o diretor brasileiro José Padilha para a direção de 'Robocop', remake do filme futurista de 1987 dirigido por Paul Verhoeven. A MGM pretende reiniciar a franquia 'Robocop', e acreditam que Padilha seja a escolha certa por ser um cineasta global. A empresa ficou impressionada com o trabalho do diretor no filme do Capitão Nascimento.A ideia é refilmar o longa original, recomeçando a franquia no século 21.
*A ACCPA (Associação dos Críticos de Cinema do Pará) agora tem um site à disposição do internauta: www.accpara.com.br .No site da ACCPA, tem a programação dos cinemas comerciais e alternativos, críticas, calendários de estreias, enquete, etc..Confira!
*Acesse “Odisséia”, meu blog sobre cinema e outros assuntos no endereço http://www.marcoantoniomoreira.blogspot.com/.
* Meu Twitter: www.twitter.com/marcomoreira_

“OSCAR” 2011
A cerimônia de entrega do “Oscar” de 2011 foi uma das melhores dos últimos anos. Não foi longa, os apresentadores James Franco e Ann Hathaway não exageraram nos textos e na encenação, os números musicais foram discretos, os discursos dos ganhadores foram geralmente curtos e claro,houve alguma previsibilidade com “O Discurso do Rei” sendo o vencedor do “Oscar” de melhor filme. Talvez a academia de Hollywood tenha achado “A Rede Social” de David Fincher um filme moderno demais mais isso não tira o brilho do filme vencedor que também tem seus méritos. Aliás, este ano, todos os filmes indicados são de excelente qualidade, como há muito tempo não se via no “Oscar”. Por isso, em várias categorias, todos os candidatos poderiam ganhar sem aquela sensação de injustiça. Natalie Portman realmente mereceu o “Oscar” pela sua atuação histórica de “Cisne Negro” mais caso Annete Bening (Minhas Mães e meu Pai) ou Nicole Kidman (Reencontrando a Felicidade) fossem as escolhidas, o prêmio também estaria em boas mãos. O mesmo caso para a categoria de melhor ator que premiou Collin Firth, que está excelente em “O Discurso do Rei” mais que teve concorrentes à sua altura como Jeff Bridges em “Bravura Indomita” ou James Franco por “127 Horas”. Já na categoria de melhor direção, a injustiça do ano: Christopher Nolan não foi indicado pelo seu fantástico trabalho em “A Origem”. Coisas de Hollywood. Nas demais categorias, nenhuma grande surpresa. Para lamentar, uma pena que “Lixo Extraordinário” não ganhou o “Oscar” de melhor documentário e que “Bravura Indomita”, o já clássico dos irmãos Cohen não tenha levado nenhuma prêmio. Já a homenagem ao grande mestre Jean-Luc Godard foi o grande momento da noite, especialmente pela sua ausência. Godard não faz parte deste mundo Hollywood e não precisava realmente estar lá. Fechando o comentário sobre a festa, vou ótimo ver o grande ator Kirk Douglas, ainda ativo e com energia suficiente para falar que nunca ganhou um “Oscar”, o que é mais uma das injustiças deste polêmico prêmio.De qualquer forma, o “Oscar” 2011 revelou que o cinema americano está muito bem, com novos diretores realizando filmes interessantes e principalmente com o fortalecimento do chamado cinema independente que consegue produzir filmes de boa qualidade que no mínimo, provocam interesse de uma platéia que está cansada de ver os mesmos filmes feitos dentro da velha fórmula de produção americana. Que venha o “Oscar” 2012 e que emMaio, tenhamos mais e melhores surpresas no Festival de Cannes.

DICAS
*Inscrições : a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) abriu inscrições no dia 1º de março, para o Edital de Chamada Pública para Cadastramento, Seleção e Licenciamento de Obras Audiovisuais – Longa-Metragem, na categoria documentário. Esta é a terceira chamada de contratação de direito de veiculação de filmes para exibição na TV Brasil. O valor base de cada trabalho selecionado será de R$ 10 mil, aos quais poderão ser acrescentados valores vinculados às características da obra tais como: utilização de técnica de animação, ineditismo, o resultado de público nas salas comerciais e participação ou premiação em festivais. As inscrições são para filmes produzidos em qualquer época, já licenciados ou não pela EBC, e estarão abertas por 45 dias. Mais informações podem ser encontradas em www.tvbrasil.org.br/isollo.
* Curso: Em março, estarei ministrando na Caiana Filmes, um curso sobre o Cinema Brasileiro que vai abranger desde os primeiros filmes realizados no Brasil, passando pelo período dos estúdios brasileiros, as chanchadas com Oscarito e Grande Othelo, Cinema Novo, até o a retomada de público e o novo cinema nacional. Maiores informações no site www.caianafilmes.com.br
*DVDs + Locados: 1) A Origem, 2) Gente Grande, 3)Juntos pelo Acaso, 4)Meu Malvado Favorito, 5)Aprendiz de Feiticeiro, 6)O Último Mestre do Ar, 7)Salt, 8)Coincidências do Amor, 9) Nosso Lar e 10)Comer, Beber, Amar. Fonte : 100% Vídeo

AGENDA
*Cine Líbero Luxardo: Hoje é o último dia de exibição da Mostra de Melhores Filmes da Década da ACCPA (Associação dos Crítcos de Cinema do Pará). O filme que encerra a mostra é “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças” de Michel Gondry com Jim Carrey e Kate Winslet. É um belo trabalho que tem um dos roteiros mais originais dos últimos tempos e que impressionou a crítica e o público. O filme será exibido às 19h com entrada franca. Na Sessão Cult, promovida pela ACCPA, será exibido no sábado, dia 12/03 às 16h, com entrada franca e debate, o excelente “O Segundo Rosto” de John Frankenheimer. Produzido em 1966, o filme conta de Arthur Hamilton, um homem de meia idade, vice-presidente de um banco, que vive com a esposa numa confortável casa de subúrbio. Insatisfeito com sua vida, contrata uma empresa especializada em "renascimentos". A organização forja sua morte e, após determinados procedimentos cirúrgicos, faz com que ele renasça na figura de Anthiocus Wilson, um pintor de sucesso. Renovado por fora, ele enfrentará o desafio da segunda chance. No elenco, Rock Hudson em seu melhor papel no cinema.
* Cine Sesc Boulevard : Iniciando a parceria com a ACCPA, dia 10/03 às 19 h, será exibido com entrada franca o filme italiano “Um Dia Muito Especial” de Ettore Scola com Marcelo Matroianni e Sophia Loren no elenco. Antonietta (Sophia Loren), uma dona de casa negligenciada pelo marido fascista, e o radialista Gabrielle (Marcello Mastroianni), um homossexual depressivo, conhecem-se na primavera de 1938 exatamente no dia em que Roma celebra a visita de Adolf Hitler a Benito Mussolini. O casal vive uma intensa relação humana que, apesar dos dramas e esperanças compartilhados, não altera o rumo de suas vidas. O filme recebeu os prêmios César e Globo de Ouro como Melhor Filme Estrangeiro e foi indicado na mesma categoria para o “Oscar” rendendo também a Marcello Mastroianni sua segunda indicação da Academia. Após a exibição do filme, debate com críticos da ACCPA.

Cine Troppo - De 09 a 15/07/20