sábado, 21 de junho de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 19 À 26/06/14

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira Carvalho
*”Hotel Lux” (foto) é o lançamento da semana no cinema Olympia. Filme alemão inédito, sua história se passa na Berlim de 1933. Os personagens Hans Zeisig e Siggi Meyer apresentam números burlescos no teatro de variedades Valetti. Juntos, eles se destacam com uma paródia de Hitler e Stalin – seguros diante das primeiras tentativas de intimidação. Mas essa situação não se sustenta por muito tempo. Meyer adere à resistência na clandestinidade, é apanhado e levado a um campo de concentração. Zeisig foge com um passaporte falso e acaba em Moscou, no mal falado hotel de imigrantes Lux. O serviço secreto soviético o confunde com o renegado astrólogo de Hitler. Zeisig interpreta os astros para Stalin, mas ainda assim, acaba em meio a lutas pelo poder de conspiradores de Stalin. O filme tem na direção  Leander Haußmann, um dos representantes do novo cinema alemão.
*A premiada animação brasileira "O Menino e o Mundo” entrou em cartaz nesta quarta dia 18/06 no Cine Líbero.Do mesmo diretor de "Garoto Cósmico", Alê Abreu, 'O Menino e o Mundo' é uma obra feita com desenhos a lápis de cor, giz de cera, colagens e pinturas. Toda essa delicadeza para narrar a história de Cuca, que vai em busca do pai, deixando sua pequena aldeia e entrando num mundo dominado por máquinas-bichos e seres estranhos. O longa foi premiado na 37ª Mostra de Cinema Internacional de São Paulo e no Festival Internacional Del Nuevo Cine Latino em Havana e teve menção honrosa no Ottawa International Animation Festival e no Festival do Rio. 
*Até o dia 25 de junho estarão abertas as inscrições para o VI Paulínia Film Festival, que ocorrerá entre 22 e 27 de julho, na cidade do interior paulista. A verba total de premiação é de R$ 800 mil, e haverá 23 categorias. Para a mostra competitiva serão selecionadas 16 produções brasileiras, oito longas e oito curtas.
*O jornal "New York Post" afirmou esta semana que Meryl Streep (A Dama de Ferro/A Escolha de Sofia) viverá a lendária cantora de ópera Maria Callas para um filme da HBO. O longa, que será dirigido por Mike Nichols (Perto Demais), é uma adaptação da peça "Master Class", de Terrence McNally.
*David Fincher (Clube da Luta) pode voltar a se reunir com Rooney Mara (Terapia de Risco) depois de “A Rede Social e “Millenium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres” em “Red Sparrow, adaptação do romance de espionagem do escritor Jason Matthews. Publicado em 2013 nos EUA, “Red Sparrow” se passa na Rússia dos dias de hoje, onde a oficial de inteligência Dominika Egorova luta para operar em meio à burocracia pós-URSS. Escolhida à sua revelia para ser uma "pardal" (agentes escolhidas para seduzir rivais em serviço), ela começa a seguir um oficial da CIA e o envolvimento amoroso dos dois acaba levando a um jogo duplo.
*”Frozen - Uma Aventura Congelante é agora o quinto filme com maior arrecadação em todos os tempos, superando Homem de Ferro 3 com US$ 1,21 bilhão no total. Outro recorde conquistado há mais tempo foi o de se tornar a animação mais rentável de todos os tempos, a frente de “Toy Story 3”, e só perdendo para The Avengers - Os Vingadores” (com US$ 1,51 bilhão) como maior arrecadação da Disney.Devido à todo esse sucesso, a animação tende a se tornar uma franquia.
*Oliver Stone (Assassinos por Natureza) definiu qual será seu próximo projeto como diretor. Ele assinou para adaptar a história do ex-agente da Agência de Segurança Nacional (NSA em inglês), Edward Snowden. Snowden vazou várias informações confidenciais do Governo dos Estados Unidos, que o acusou de roubo de propriedade do governo e comunicação não autorizada de informações da defesa nacional.O filme será baseado no livro “The Snowden Files”, escrito pelo jornalista Luke Harding, do jornal britânico The Guardian. Além de dirigir, Stone também irá roteirizar o longa.
*Domingo, dia 22/06, será exibido no cinema Olympia o clássico “Rebecca : A Mulher Inesquecível de Alfred Hitchcock em homenagem aos 80 anos do crítico de cinema e amigo Acyr Castro. O filme será exibido às 16h com entrada franca. “Rebecca” é um dos filmes favoritos de Acyr.
*”Jonas que terá 25 anos no ano 2000” de Alain Tanner, um dos grandes filmes dos anos 70 (que foi exibido no cinema 1neste período) e que esteve entre os melhores filmes do ano pela ACCPA, finalmente chega em DVD. O filme segue a rotina de um grupo de homens e mulheres na casa dos 30 anos, em meio à agitação social e política de maio de 1968 na França. No grupo está um professor de história, um sindicalista e um boêmio que refletem sobre seus sonhos e decepções vivendo novos tempos. Um belo filme suíço que merece ser visto.

INDICAÇÕES
ESTREIA

“O Menino e o Mundo”
Animação brasileira premiada
(Cine Líbero Luxardo)

BLUE-RAY
"Rockshow"

Comemorando o aniversário do eterno Beatle Paul McCartney, é bom ver/rever este show de enorme sucesso dos anos 70.

LIVRO

“A Imagem-movimento”  
O autor Gilles Deleuze faz uma descrição sincrônica da classificação das imagens e dos signos cinematográficos

DVD
“À Queima-roupa”(1967)
Um clássico de John Boorman com grande atuação de Lee Marvin

AGENDA
*Cine Olympia: 
De 20/06 à 03/07 – “Hotel Lux” de Leander Haußmann,  Sessão às 18:30 h. Entrada Franca. Apoio : Instituto Goethe. 
Dia 22/06 - "Rebecca : A Mulher Inesquecível" de Alfred Hitchcock. Sesão especial às 16h. Entrada Franca
 *Cine Líbero Luxardo:
De 18 à 29/06 – “O Menino e o Mundo” de Alê Abreu. Animação nacional. Sessão às 19h.
Dia 05/07 – Sessão Cult com o clássico “Vida contra a Vida” de John Sturges. Sessão às 16h com entrada franca e debate.
 *Cine Estação:
De 08 à 29/06 – “Inside Llewyn Davis : Balada de um Homem Comum” dos irmãos Cohen. P2 indicações ao “Oscar”.


domingo, 15 de junho de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 12 À 18/06/14

Cine Troppo - Marco Antonio Moreira Carvalho
*Os estúdios de animação Disney e Pixar revelaram esta semana as primeiras imagens de suas próximas realizações durante o 36º Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy (França), que termina em 14 de junho.O diretor Pete Docter, criador de "Monstros S/A" e "Up! Altas Aventuras", longa-metragem que em 2009 recebeu o Oscar de melhor filme de animação, apresentou a gênese de "Inside Out", o novo projeto da Pixar e comentou sobre sequências inéditas do filme, que ainda não está concluído.Previsto para estrear em 19 de junho de 2015, este filme cheio de piadas retrata as aventuras de Alegria, Medo, Tristeza, Raiva e Desgosto, cinco personagens coloridos responsáveis por regular as emoções de Riley, uma menina de onze anos em plena crise da adolescência, a partir de uma sala de controle escondida no labirinto de sua mente. Sucesso de público e crítica à vista.
*A Paramount anunciou o relançamento de “Forrest Gump, O Contador de Histórias”, de Robert Zemeckis, em salas IMAX do circuito americano. O drama, que rendeu o “Oscar” de melhor ator a Tom Hanks e melhor diretor a Zemeckis, completa 20 anos em 2014. O relançamento está previsto para 5 de setembro. O longa arrecadou US$ 677,3 milhões no mundo.
*No mês que o clássico ‘O Rei Leão‘ (The Lion King) completa vinte anos, a Disney Television Animation começou a produção de ‘O Guarda Leão‘ (The Lion Guard), um telefilme animado que continua a história de ‘O Rei Leão‘, seguindo as aventuras de Simba e seus filhos com Nala. O telefilme será voltado para crianças de 2 a 7 anos e suas famílias, e a estreia vai acontecer no segundo semestre de 2015. Depois, o canal planeja uma série de TV com estreia para 2016.

*A animação brasileira "O Menino e o Mundo", de Alê Abreu, (que será exibida no Cine Líbero Luxardo em junho) vai estrear nos Estados Unidos por uma empresa responsável por várias produções estrangeiras indicadas ao “Oscar” de animação. As informações são da revista "Variety". Em exibição no Festival Internacional de Animação de Annecy, na França, o longa teve seus direitos de distribuição na América do Norte adquiridos pela GKids, companhia definida pela "Variety" como "um selo de qualidade para longas de animação artisticamente ambiciosos de todo o mundo".
*O diretor Paul Haggis apresentou esta semana seu novo filme, "Third Person" (ainda sem título em português), em que aposta em uma estrutura narrativa com ecos de "Crash: No Limite", sua obra mais conhecida (ganhadora de 03 “Oscar”, com a qual pretende "exigir" do espectador, que não encontrará respostas fáceis aos dilemas apresentados. "Queria fazer um filme que lembrasse os dos anos 70. Hoje em dia, a maioria dos filmes quer explicar absolutamente tudo. O espectador é inteligente. Não precisa ter todas as respostas", disse Haggis em entrevista coletiva.

*O diretor da trilogia "O Poderoso Chefão" afirmou que o futuro do cinema será "ao vivo". Em uma conferência do Produced By, evento que reuniu realizadores em Los Angeles, Francis Ford Coppola disse que essas exibições acontecerão simultaneamente por todo o mundo. As informações são dos sites Deadline e The Hollywood Reporter. Com a evolução digital, ele explicou, "o cinema poderá ter apenas 30% pré-gravado e o resto poderá ser feito ao vivo. Você pode fazer qualquer coisa e pode fazer ao vivo”.
*Em Julho, será exibido no cinema Olympia o documentário "Sobre Sete Ondas Verdes Espumantes", com direção de Bruno Polidoro e Cacá Nazario, sobre a vida do escritor Caio Fernando Abreu, um dos nomes mais importantes da literatura brasileira com mais de 15 livros publicados no país e edições lançadas na França, Bélgica, Alemanha, Itália e nos Estados Unidos.
*A Warner Bros anunciou o lançamento de um box deluxe de “Era Uma Vez na América, último filme do italiano Sergio Leone  com Robert De Niro e James Woods como protagonistas.O excelente longa de Leone foi exibido originalmente em Cannes, em 1984, em uma versão de quatro horas. Porém, quando estreou no circuito comercial, sua duração foi reduzida a 134 minutos. Posteriormente, nos anos 90, ainda houve uma versão para TV, com 229 minutos, e em 2012 o filme ganhou outra exibição  em Cannes, em sua edição original. Agora, a Warner prepara um box que contém a edição do diretor, com 251 minutos. O kit ainda inclui um encarte de 32 páginas, um documentário de making of e a versão exibida comercialmente na década de 80. Desde já, um dos mellhores lançamentos do ano.
 DESTAQUES

MOSTRA 
Exibição de filmes dirigidos pelo cineasta Jorge Bodansky
(Cine Líbero Luxardo)


CONTINUAÇÃO
“Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Louco”
(Cine Estação)


PARA VER E REVER
"Um Corpo que Cai" (Vertigo) de Alfred Hitcvhcock


AGENDA
*Cine Olympia: 
De 06 à 19/06 – “A Última Estação” de Márcio Coury. O adolescente libanês Tarik veio tentar a vida no Brasil. Na viagem de navio, fez amizade com outros jovens árabes e sírios, mas, ao chegarem ao país, cada um seguiu seu caminho. Depois de 50 anos, Tarik, com ajuda da filha, resolve procurar os amigos da viagem. Sessão às 18:30 h. Entrada Franca


*Cine Líbero Luxardo:
De 13 à 15/06 – Mostra de filmes do cineasta Jorge Bodansky
 Dia 13 de junho: “Igreja dos Oprimidos” (1985) - 75’, “A Propósito de Tristes Trópicos” (1990) - 46’ e “Jari” (1979) - 60’.
Dia 14 de junho: “Iracema - Uma transa amazônica” (1974) - 90’. Ao final da exibição, bate-papo com Jorge Bodanzky.
Dia 15 de junho: “Era uma vez Iracema” (2005) - 45’, “Transanarquia” (2011) - 52’ e “Navegaramazônia - Uma viagem com Jorge Mautner” (2006) - 50’. Mostra Bodanzky.
Dia 21/06 – Sessão Cult com o filme “A Vida por um Fio”(1948) de Anatole Litvak.
 *Cine Estação:
De 08 à 29/06 – “Inside Llewyn Davis : Balada de um Homem Comum” dos irmãos Cohen.  Produção é inspirada na vida do músico Dave Van Ronk em sua trajetória na cidade de Nova York da década de 60.




sábado, 7 de junho de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 05 À 11/06/12

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira Carvalho
* “Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Louco”  é mais um bom filme dos irmãos Cohen, diretores que têm uma filmografia de alto nível dentro do cinema americano desde os anos 80 e que sempre merece atenção. O filme mostra a história de um cantor e compositor que sonha em viver da sua música. Ele muda de um lugar para o outro na Nova York dos anos 60, sempre vivendo da ajuda de terceiros, em busca de fama e reconhecimento mas cada nova jornada, mais problemas aparecem e seus sonhos vão sendo minados pela realidade que o cerca.  O filme tem as características da obra dos Cohen : ótimo roteiro, excelente fotografia, inteligente uso da trilha sonora e um ótimo elenco com boas atuações de Oscar Isaac, Carey Mulligan e Justin Timbarlake. É um filme para se ver em tela grande, na dimensão que os bons filmes merecem.
* Estreou esta semana no eixo Rio/São Paulo o novo filme do diretor italiano Ettore Scola, "Que Estranho Chamar-Se Federico!", uma homenagem apaixonada de seu compatriota, colega de trabalho, amigo de vida e mestre Federico Fellini. Um tributo, enfim, que não pretende entender o grande diretor italiano, mas fazer o espectador experimentar um pouco de sua imaginação. Vamos aguardar a estréia do filme em Belém.
*O diretor James Cameron vai unir forças com o Cirque du Soleil para criar um espetáculo inspirado no universo de “Avatar”. A empreitada é fruto de uma parceria entre o circo, a produtora de Cameron, Lightstorm Entertainment, e a Fox, que no momento produz três sequências do longa. A previsão é que a produção para o teatro seja realizada em 2015, antes do lançamento do primeiro filme da nova safra.

*Em entrevista coletiva no Cine Brasília, o secretário de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira, anunciou o pacote de mudanças que vai pautar o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro a partir da edição deste ano, a de número 47. Filmes de ficção, documentários e de animação passarão a concorrer entre si, numa seleção que terá seis longas e 12 curtas, sendo extintas, portanto, categorias específicas delimitadas por gênero. O festival também aumentou o valor dos prêmios em dinheiro (a verba total será de R$ 625 mil) e pretende expandir exibições de filmes de sua seleção para vários pontos do Distrito Federal. Foram anunciados ainda planos de se promover homenagens ao recentemente falecido Eduardo Coutinho e aos 50 anos de “Deus e o diabo na terra do sol” de Glauber Rocha. A 47ª edição do evento está marcada para 16 a 23 de setembro.

*Rodrigo Santoro assinou contrato para interpretar um barman no drama independente “Dominion”, uma história cujo protagonista é o poeta Dylan Thomas, vivido pelo galês Rhys Ifans (Um lugar chamado Notting Hill, O espetacular Homem-Aranha). O filme, que também tem John Malkovich no elenco, já está sendo rodado e é o mais recente de quatro projetos internacionais em que o ator brasileiro está envolvido. Estão atualmente em pós-produção “The 33”, sobre os mineiros chilenos presos debaixo da terra por 69 dias, com Juliette Binoche, Gabriel Byrne e Antonio Banderas no elenco; o problemático faroeste “Jane Got a Gun” em que Santoro contracena com Natalie Portman e Ewan McGregor; e “Focus” comédia cujo astro é Will Smith.

* Diretora de curtas-metragens, a baiana Gabriela Amaral Almeida assinou parceria com a agência de talentos internacional WME e pretende lançar seu primeiro longa, o terror "A Sombra do Pai", em 2015. A informação é do site "Deadline".Gabriela participou, no começo do ano, do laboratório de roteiro do Sundance Institute, uma das oficinas do festival de cinema de Sundance, criado por Robert Redford. A história de uma criança que tem estranhos poderes agradou os participantes e viabilizou as filmagens, que devem acontecer em janeiro de 2015, com produção da RT Pictures.


*”No Limite do Amanhã” com Tom Cruise tem um roteiro claramente baseado no filme “Feitiço do Dia” com Bill Murray, realizado em 1995. No filme, o personagem fica misteriosamente preso em um dia, tendo que vivê-lo repetidamente durante muito tempo até aprender a sair dessa situação. No filme com Cruise, ele é um soldado que luta contra alienígenas e de repente, vive o mesmo dia de batalha e derrota, repetidamente. A idéia é boa,  gerando interesse que uma boa montagem ajuda a construir com as tramas que vão surgindo durante essa “repetição”. Acima da média de filmes do gênero, o filme é interessante e tem muitas situações bem elaboradas e filmadas. Pena que no final, o filme se renda a um conceito de final feliz aos personagens principais que era totalmente desnecessário e totalmente fora do desenvolvimento do roteiro. Aparentemente, o filme tem um final de produtor. Quem sabe na edição do diretor, o filme tem outro “the end.”


DESTAQUES DA SEMANA

ESTREIAS
“A Culpa é das Estrelas”
Baseado no Best-seller mundial
“Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum”
Filme indicado ao “Oscar” de melhor fotografia e Mixagem de Som

“A Última Estação”
Exibido no Festival de Brasília


AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira:
Dia 09/06 - “Persona” de Ingmar Bergman. Com Liv Ullman e Bibi Anderson. Sessão às 19h. Entrada franca e debate após a exibição. Apoio : ACCPA.
*Cine Olympia: 
De 06 à 19/06 – “A Última Estação” de Márcio Coury. O adolescente libanês Tarik veio tentar a vida no Brasil. Na viagem de navio, fez amizade com outros jovens árabes e sírios, mas, ao chegarem ao país, cada um seguiu seu caminho. Depois de 50 anos, Tarik, com ajuda da filha, resolve procurar os amigos da viagem. Sessão às 18:30 h. Entrada Franca


*Cine Líbero Luxardo:
De 28/05 à 08/06 – “Em Busca de Iará”.
Em Junho – “O Menino e o Mundo”
 *Cine Estação:

De 08 à 29/06 – “Inside Llewyn Davis : Balada de um Homem Comum” dos irmãos Cohen.

Cine Troppo - De 09 a 15/07/20