Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

Cine Troppo - Semana de 22 a 28/12/16

Imagem
CINE TROPPO Marco Antonio Moreira Carvalho

ACCPA ESCOLHE OS MELHORES DO ANO
A ACCPA (Associação de Críticos de Cinema do Pará) escolherá os melhores do cinema exibidos em Belém no próximo dia 26/12. A associação mantém sua tradicional escolha dos melhores do ano cinematográfico há décadas e como toda lista, sempre causa aceitação e polêmicas. Este ano, muitos filmes bons foram exibidos em Belém. Entre os possíveis filmes da lista final, “Aquarius” de Kleber Mendonça Filho (um dos filmes mais comentados do ano que foi exibido no Festival de Cannes), “Cemitério do Esplendor” deApichatpong Weerasethakul (mais um belo trabalho deste diretor tailândes que merece muita atenção do cinéfilo), “Paulina” de Santiago Mitre (excelente filme argentino) e “Francofonia” de Alexander Sokurov (mesmo diretor de “Fausto” e “Arca Russa”). Entre as atrizes, Sonia Braga por “Aquarius” (atuação histórica), Charlote Rampling por “45 anos” e Dolores Fonzi por “Paulina” têm destaque. Leonardo Di Caprio é um dos f…

Cine Troppo - Semana de 15 a 21/12/16

Imagem
CINE TROPPO Marco Antonio Moreira Carvalho

“Cinema Novo” em Sessão Especial
*”Cinema Novo”(foto) de Eryk Rocha será exibido no cinema Olympia no próximo dia 28/12 às 18h30min na abertura da parceria deste cinema com a ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema). O filme foi exibido recentemente no cine Líbero Luxardo e agora no Olympia terá sessão com entrada franca. A sessão ABRACCINE promoverá a exibição mensal de filmes brasileiros que foram relevantes na história do cinema e inicia com o belo trabalho do filho de Glauber Rocha. Eryk Rocha é um cineasta que busca outras imagens. Ele vai além das imagens. Além do clichê. Sua busca pode ser a nossa busca se percebemos o que move essa busca: a valorização da imagem. Em tempos de banalização da arte, da imagem, Eryk é um dos nomes mais importantes do cinema brasileiro contemporâneo. Essa sua intenção já foi revelada em filmes de sua autoria como o documentário “Rocha que Voa” (2002) sobre seu pai, Glauber Rocha, e “Transeunte”…

Cine Troppo - Semana de 08 a 14/12/16

Imagem
CINE TROPPO Marco Antonio Moreira Carvalho


Mostra Carlos Saura no cinema Olympia
O cineasta Carlos Saura (foto) é um dos diretores espanhóis mais influentes do cinema. Sua obra evidencia temas políticos, sociais e humanos. Saura realizou filmes políticos de grande qualidade nos ano 70 quando a Espanha vivia sobre forte ditadura. Estes foç,es foram exibidos no Brasil e encantaram boa parte da crítica como “Ana e os Lobos”(1971), “Cria Cuervos”(1975) de “Olhos Vendados”(1979). Mas na sua longa carreira podemos encontra filmes realcionados a dança e seus mais significativos vertentes. Sua forma de filmar e a parceria com o coreográfo Antonio Gaes foram evidenciadas em filmes como “Bodas de Sangue” (1981), “Carmem”(1983) e “Amor Bruxo”(1986).Estes filmes tiveram relativo sucesso de bilheteria nos cinemas na época e iniciaram uma nova fase de Saura no trabalho cinematográfico com a dança e seus diversos estilos. Em homemangem ao seu trabalho, o cinema Olympía exibe deste o dia 08/12 uma mostr…