domingo, 28 de setembro de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 25/09 À 01/10/14

Cine Troppo 
Marco Antonio Moreira Carvalho


*No momento em que chega aos sete anos de atividades, o Cineclube Alexandrino Moreira, apresenta programação especial. Durante todo mês de setembro, estão sendo exibidos diversos filmes do acervo do NPD Pará e parceiros do projeto, como a ACCPA – Associação de Críticos de Cinema do Pará. A festa maior será nesta segunda, dia 29, com uma intensa programação dedicada totalmente ao cinema. São 12 horas de exibições de filmes de todo o país, como “Serra Pelada: A Lenda da Montanha de Ouro”(foto),documentário de Victor Lopes finalizando com uma mesa redonda para discutir a produção audiovisual da Amazônia. Nela estarão presentes os cineastas Luiz Arnaldo Campos (Pa) e Jorge Bodanzky (SP), o professor e pesquisador João de Jesus Paes Loureiro (Pa) e a mediação com a produtora cultural, jornalista e documentarista Luciana Medeiros a partir das 18h. Há sete anos, o Cineclube Alexandrino Moreira vem criando oportunidades de circulação e de acesso às produções audiovisuais. São sete anos abrindo janelas para a produção audiovisual paraense e brasileira com dificuldades de circulação, além de dar vazão ao cinema clássico e ao exercício da crítica, a partir da parceria com a Associação dos Críticos de Cinema do Pará. Criado pelo Núcleo de Produção Digital – NPD, em 27 de setembro de 2007, seu nome é uma homenagem a um dos grandes entusiastas do cinema de arte em Belém: Alexandrino Moreira, que durante anos manteve os Cinemas 1, 2 e 3. O Cineclube Alexandrino Moreira nasceu principalmente com a finalidade de circular a produção cinematográfica que não entra no circuito comercial comum. Segundo o diretor do NPD e programador do Cineclube, Afonso Gallindo, “estamos prezando a essência do Cineclube Alexandrino Moreira. Esta é a alma do cineclube, ele nasceu com essa finalidade.”, afirma o gerente sobre a necessidade da circulação dos filmes.

*A atriz Isabelle Huppert (A Visitante Francesa) foi confirmada como protagonista de “Elle”, novo filme do cineasta holandês Paul Verhoeven (O Quarto Homem). O longa é baseado no romance do francês Philippe Djian e foi adaptado para as telas por David Birke (13 Sins). “Elle” ainda não tem data confirmada para chegar aos cinemas. Huppert é uma das maiores atrizes em atividade no cinema e sempre vale a pena ver/rever seus trabalhos.

* “The Martian”, novo projeto de Ridley Scott(Alien/Prometheus/Blade Runner), será uma ficção científica protagonizada por Matt Damon na pele de um astronauta que se vê isolado em Marte. O longa terá também no elenco, a excelente Jessica Chastain. A data de início das filmagens de “The Martian” ainda não foi anunciada.

*Com lançamento previsto para julho de 2015, a adaptação cinematográfica do best-seller “Cidades de Papel” de John Green (A Culpa é das Estrelas), já tem protagonista definida: será a modelo britânica Cara Delevingne. Cara contracenará com o ator Nat Wolff, no elenco de “A Culpa é das Estrelas”.

*”É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários” está com as inscrições abertas até dia 12 de dezembro, para a sua próxima edição, que acontece entre 9 e 19 de abril de 2015. É gratuito se inscrever e a seleção priorizará documentários inéditos, não disponíveis online. Mais informações estão disponíveis no regulamento do festival.

*O Cine Ceará abriu inscrições para produções nacionais e ibero-americanas de curta e longa-metragem. Até o dia 30 de setembro, os interessados podem preencher as fichas disponíveis no site oficial. O grande homenageado da programação deste ano será o cineasta argentino Daniel Burman, que também está entre os convidados anunciados pelo Festival do Rio. O festival, que será realizado entre os dias 15 e 22 de novembro, no Theatro José de Alencar, em Fortaleza, vai destacar o cinema da Argentina em sua seleção.

*A segunda edição do festival de Audiovisual de Belém terminou na semana passada no cinema Olympia com várias premiações aos cineastas paraenses, revelando novas possibilidades de produção. A terceira edição do festival já está sendo planejada.


* A partir do dia 01 de outubro, a Fundação Curro Velho em parceria com Associação dos Críticos de Cinema do Pará promove uma mostra de cinema que integra o projeto “Viação Curro Velho”. A programação será marcada pela exibição de curtas paraenses e um amplo debate sobre a produção cinematográfica no Pará. Participam como convidados do evento o cineasta Fernando Segtowick, Ramiro Quaresma(da Cinemateca Paraense), o jornalista Augusto Pacheco com a minha participação como mediador nos debates. Na programação de curtas haverá exibição dos curtas “Ribeirinhos do Asfalto” e “Invisíveis Prazeres Cotidianos” de Jorane Castro; “Brinquedo Perdido” de Pedro Veriano; “Dias” e “Dezembro” de Fernando Segtowick e “Mãos de Outubro” de Vítor Souza. Toda a programação de cinema é gratuita e será realizada na Casa da Linguagem, na avenida Nazaré, 31, a partir das 17h. O projeto Viação Curro Velho será desenvolvido durante três meses com intensas atividades com oficinas, exposições, shows musicais tendo como objeto de pesquisa, a leitura da capital paraense, Belém do Pará.

INDICAÇÕES 

ESTREIAS 


“Sin City 2 : A Dama Fatal”
Sequência de "Sin City"(2005)
Com Mickey Rourke


“A Bela e a Fera”
Com Léa Seydoux e Vincent Cassel


“No Bosque da Floresta”
(Cine Olympia)



“7 Caixas”
(Cine Líbero Luxardo)


AGENDA 
*Cine Olympia:
De 30/09 à 09/10 – “No Bosque da Floresta”. Sessão às 18h30min h. Entrada Franca. Apoio: Cinemateca Francesa.
De 03 à 16/10 – “No Movimento da Fé” de Fernando Segtowick. Sessão às 18 h. Entrada Franca. 

*Cine Líbero Luxardo:
De 24/09 à 04/10 – “7 Caixas” de Juan Carlos Maneglia e Tana Schembori.


*Cine Estação :
 De 02 à 28/09 – “A Grande Noite” de Benoît Delépine e Gustave de Kervern.

domingo, 21 de setembro de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 18 À 24/09/14

Cine Troppo 
Marco Antonio Moreira Carvalho 


* O México escolheu como seu candidato oficial à indicação ao “Oscar” de filme estrangeiro a cinebiografia “Cantinflas”, dirigida por Sebastian del Amo e com o ator Óscar Jaenada no papel do lendário comediante. Já a Ucrânia surpreendeu, ao selecionar o pouco conhecido épico nacionalista “The Guide” de Oles Sanin, quando havia a expectativa de que escolhesse “The Tribe”, celebrado filme que levou o Grande Prêmio do Júri na Semana da Crítica de Cannes, este ano. O processo de escolha dos candidatos oficiais de cada país está a pleno vapor, com 29 países já tendo anunciado os seus, entre eles, pela primeira vez, a Mauritânia – que escolheu “Timbuktu” de Abderrahmane Sissako. “Winter Sleep” de Nuri Bilge Ceylan, o ganhador da Palma de Ouro de Cannes, foi a escolha oficial da Turquia. O Brasil anuncia na próxima semana o seu concorrente.

*”O Sal da Terra”, documentário de Wim Wenders e Juliano Salgado, vencedor do prêmio especial na mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes, será a atração da sessão de abertura do Festival do Rio, em 24 de setembro. O longa aborda o trabalho do fotógrafo Sebastião Salgado, pai de Juliano. O co-diretor e sua família estarão presentes. O documentário tem estreia prevista para fim de 2014 ou janeiro de 2015, com distribuição da Imovision.

* James Franco (ator de "Milk", "Homem-aranha") comprou os direitos de “Rant”, romance de Chuck Palahniuk, para adaptar para o cinema. O projeto será a terceira história do escritor a ganhar versão para a tela grande. “Clube da Luta” (1999) e “Choke” (2008) foram as anteriores.

* Circuito exibidor brasileiro terá 25 salas IMAX até 2016. A próxima inauguração será em dezembro, em Campinas. A primeira supertela aberta no país, no Espaço Itaú Pompeia, ainda é a mais rentável das dez em operação atualmente. Em Belém, foi anunciado que os cinemas da UCI a serem inaugurados em 2015, terão projeção em IMAX. Vamos aguardar.

* O setor Audiovisual divulga carta aos candidatos a presidente. Signatários, que incluem produtores, distribuidores e exibidores, enumeram conquistas dos últimos anos e pedem que a política atual seja mantida, com menos burocracia.

* “Ben-Hur”, remake do clássico filme de 1959, terá Jack Huston (Boardwalk Empire) como protagonista. Morgan Freeman também está no elenco como Ildarin, o treinador de Ben-Hur. John Ridley (12 Anos de Escravidão) foi contratado para reescrever o roteiro da nova versão. O roteiro é baseado em “Ben-Hur: Uma História dos Tempos do Cristo”, romance de Lew Wallace lançado em 1880 e já disponível em domínio público.O russo Timur Bekmambetov (O Procurado) será o diretor. 

* O ator Matt Damon retomará o cargo de protagonista da série de espionagem no quinto filme da franquia “Bourne”, se reunindo com o diretor Paul Greengrass (A Supremacia Bourne/O Ultimato Bourne).O ator voltará a viver Jason Bourne na sequência direta de “O Ultimato Bourne”, que não terá ligação nenhuma com “O Legado Bourne”, estrelado por Jeremy Renner.O novo “Bourne” com Damon será lançado em 16 de julho de 2016.

*O 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro começou no dia 16/09. O evento contará com 60 filmes, entre longas-metragens em competição, curtas-metragens em competição e filmes de mostras paralelas.A sessão de abertura teve a exibição do clássico de Glauber Rocha, “Deus e o Diabo na Terra do Sol”. Em competição, entre os longas-metragens, “Branco Sai. Preto Fica” de Adirley Queirós, “Brasil S/A” de Marcelo Pedroso, “Ela Volta na Quinta” de André Novais Oliveira, “Pingo d'Água” de Taciano Valério, “Sem Pena” de Eugênio Puppo e “Ventos de Agosto” de Gabriel Mascaro. Além das projeções, o festival também traz lançamentos de livros, debates, oficinas e seminários.


* “Interestelar”, novo filme de Christopher Nolan (A Origem/Batman) é um dos filmes mais aguardados do ano e já se fala na primeira indicação do diretor ao “Oscar” de melhor direção. A Paramount divulgou um novo cartaz da produção, que traz o ator Matthew McConaughey (vencedor do “Oscar” nesse ano por “Clube de Compras Dallas”). O ator será o líder de um grupo de exploradores que usam um recém-descoberto "buraco de minhoca" para atravessar o espaço e conquistar distâncias nunca exploradas pelo homem. No elenco, Anne Hathaway, Jessica Chastain, Ellen Burstyn, John Lithgow e Michael Caine. O filme estreia no Brasil em 6 de novembro. 

INDICAÇÕES 


CONTINUAÇÃO 

“Todos os Dias”
(Cine Líbero Luxardo)

DVD 


No centenário da Primeira Guerra Mundial (1914-2014), a Versátil Home Vídeo apresenta “A Primeira Guerra no Cinema”, digistack com 3 DVDs que reúne 6 clássicos sobre o conflito: “A Grande Ilusão”(1937) de Jean Renoir, “Adeus às Armas”(1932) de Frank Borzage, “O Grande Desfile” de King Vidor, “O Rei e o Cidadão”(1964) de Joseph Losey, “Cruzes de Madeira”(1933) de Raymond Bernard e “Guerra, Flagelo de Deus”(1930) de Georg W. Pabst.

BREVE 


Colóquio e Mostra de Cinema ”Marguerite Duras - Uma poética do transbordamento”
De 25 a 28 de Setembro, no Cine Olympia e no Cine Líbero. Entrada franca.


AGENDA 

*Cine Olympia:
De 21 à 24/09 – “A Hora Zero” de Pascoal Thomas. Baseado na obra de Agatha Christie. Sessões às 18:30 h. Entrada Franca. Apoio: Cinemateca Francesa.
De 25 à 28/09 – “Colóquio e Mostra de Cinema "Marguerite Duras – Uma poética do Transbordamento”. Entrada Franca.

*Cine Líbero Luxardo:
De 10 à 21/09 – “Todos os Dias” de Michael Winterbottom.A seguir : “O Médico Alemão”.

*Cine Estação :
De 02 à 28/09 – “A Grande Noite” de Benoît Delépine e Gustave de Kervern. 

*Casa da Linguagem:
Dia 25/09 – “Uma Breve História do Tempo”. Documentário baseado no livro de Stephen Hawkins. Sessão às 18h. Entrada Franca. Debate após a exibição. Apoio : ACCPA e Academia Paraense de Ciências.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 11 á 17/09/14

Cine Troppo 
Marco Antonio Moreira Carvalho


*”A Hora Zero”(Cine Olympia) e “Todos os Dias”(Cine Líbero Luxardo) são os destaques da semana no circuito alternativo. “A Hora Zero” é baseado na obra de Agatha Christie e tem no elenco Chiara Mastroianni (filha de Marcelo Mastroianni e Catherine Deneauve), Danielle Darrieux e Dominique Reymond. Quando Guillaume tem a péssima idéia de convidar sua ex-esposa Aude para uma reunião de família na luxuosa propriedade de sua tia rica Camilla, sua nova mulher, a temperamental Caroline se enche de raiva. Guillaume espera que elas se tornem amigas, mas as duas mulheres se desprezam. Mas as coisas ficam feias quando sua tia Camilla é encontrado morta em seu quarto - e apenas o Inspector Bataille pode juntar as peças. Conforme o Inspetor desembaraça sua morte misteriosa, ele também começa a desenterrar obscuros segredos de família e talvez até mesmo um assassino em seu meio.


*“Todos os Dias” tem na direção Michael Witterboon (“9 Canções”). Durante um período de cinco anos, Karen leva os quatro filhos para visitar o marido, Ian, preso por um crime não especificado. Longe da prisão, a vida continua, com as crianças se envolvendo em brigas na escola quando um colega faz piada sobre o pai deles. Karen, sentindo-se solitária, dorme com Eddie, que ela conhece do pub onde trabalha. Próximo ao fim de sua sentença, Ian consegue a permissão de passar um dia com sua família. O filme foi rodado durante cinco anos, mesmo tempo que transcorre na história.

* “The Good Dinosaur”, nova animação da Pixar, que seria lançada esse ano nos cinemas, foi adiada para 2015, após a saída do diretor Bob Peterson (Up - Altas Aventuras) do projeto e teve seu roteiro reescrito. Segundo o ator John Lithgow que faz uma das vozes dos personagens, os produtores e o co-diretor Peter Sohn decidiram “desmontar” completamente a história do filme, o que fará com que o ator precise dublar material adicional. A história do filme deverá tratar de um planeta Terra em que os dinossauros não foram extintos. ”The Good Dinosaur” entra em cartaz no Brasil, no dia 31 de dezembro de 2015.

*”Pigeon Sat on a Branch Reflecting on Existence”, comédia sueca de Roy Andersson, foi o grande vencedor do Festival de Veneza de 2014. Já o Grande Prêmio do Júri ficou com o novo documentário de Joshua Oppenheimer (o mesmo do elogiado O Ato de Matar), “The Look of Silence”. Entre os atores, “Hungry Hearts” do italiano Saverio Constanzo, emplacou Adam Driver e Alba Rohrwacher, respectivamente Melhor Ator e Melhor Atriz do evento.

*"The Humbling", novo filme de Al Pacino (O Poderoso Chefão), exibido no festival de Toronto, recebeu muitos elogios da crítica. O longa é baseado no livro “A Humilhação” lançado no Brasil pela Cia. das Letras. A trama gira em torno de um consagrado ator que chega aos 67 anos sofrendo um ataque nervoso em pleno palco da Broadway. Ele desiste de tudo até conhecer uma jovem que tenta forçá-lo a reassumir as rédeas do seu talento. O filme foi escrito por Buck Henry (A Primeira Noite de um Homem) e Michael Zabede e dirigido Barry Levinson (Rain Man). Ainda no elenco, Greta Gerwig (Frances Ha),Kyra Sedgwick (Vida de Solteiro), Dianne Wiest (Tiros na Broadway), Charles Grodin (Fuga à Meia-Noite) e Dan Hedaya (Cidade dos Sonhos). “The Humbling” ainda não tem data para chegar aos cinemas brasileiros.

*Julia Roberts foi escolhida para se juntar a Gwyneth Paltrow e Chiwetel Ejiofor (12 anos de escravidão), no remake de “O Segredo dos seus Olhos” de Juan José Campanella, vencedor do “Oscar” de 2010. A nova versão terá direção de Billy Ray, (roteirista de Jogos Vorazes e Capitão Phillips). Chiwetel Ejiofor viverá o protagonista, aqui transformado em ex-agente do serviço secreto britânico, e Julia Roberts será sua amiga, também ex-agente, cuja filha foi assassinada. As filmagens começam em Los Angeles, em outubro, e o longa está sendo produzido por Mark Johnson, da série de TV “Breaking Bad”.

*O diretor dinamarquês Lars von Trier (Dogville/Ninfomaníaca) será o diretor e o roteirista de uma série dramática em inglês intitulada “The House That Jack Built” (“A Casa que Jack Construiu”.Louise Vesth, produtor que trabalha com Trier desde “Melancolia” (2011), anunciou o projeto para a televisão durante o Festival de Veneza deste ano e afirmou que o cineasta tem uma ideia realmente boa. “Ele quer um elenco com grandes atores internacionais e acho que o resultado será algo que vocês nunca viram antes e definitivamente nunca verão novamente”, declarou. Trier começará a escrever o roteiro de “The House That Jack Built” ainda neste ano e planeja iniciar as filmagens em 2016. O projeto simboliza o retorno do diretor para a televisão após ele ter realizado “The Kingdom” em 1994. O terror que se passa em um hospital apresenta ocorrências estranhas como o desaparecimento de uma ambulância e um feto que se desenvolve rápido demais. 


INDICAÇÕES 

ESTREIAS 

“O Doador de Memórias”
Com Jeff Bridges

DVD 


A Versátil apresenta “Filme Noir”, digipack com 3 DVDs que reúne 6 clássicos do gênero: “A Morte num Beijo” de Robert Aldrich, “Fuga do Passado” de Jacques Tourneur, “O Cúmplice das Sombras” de Joseph Losey,”Anjo do Mal” de Samuel Fuller,”Passos na Noite”de Otto Preminger e “Entre Dois Fogos” de Anthony Mann. .

BREVE 


Festival de Audiovisual de Belém – 2ª Edição
De 17 à 20/09 no cinema Olympia


AGENDA 


*Cineclube Alexandrino Moreira:
Dia 15/09 – “Retratos de uma Obsessão”. Homenagem ao ator Robin Williams. Sessão às 19h. Entrada Franca. Debate após a exibição.

*Cine Olympia:
De 12 à 16/09 e de 20 à 24/09 – “A Hora Zero” de Pascoal Thomas. Baseado na obra de Agatha Christie. Sessões às 18:30 h. Entrada Franca. Apoio: Cinemateca Francesa.

*Cine Líbero Luxardo:
De 10 à 21/09 – “Todos os Dias” de Michael Winterbottom.
Dia 20/09 – “Vá e Veja” de Elem Klimov . Sessão Cult às 15:30h. Entrada franca.Debate após a exibição.

*Cine Estação :
 De 02 à 28/09 – “A Grande Noite” de Benoît Delépine e Gustave de Kervern

domingo, 7 de setembro de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 04 À 10/09/14

Cine Troppo 
Marco Antonio Moreira Carvalho


*"Magia ao Luar" é uma poesia cinematográfica de Woody Allen sobre a angústia de viver, sobre a descrença na "ordem" das coisas e das pessoas e sobre a possibilidade da vida ser previsível, sem nenhuma magia, sem nenhuma surpresa, sem maiores objetivos, sem nada além. Este tema já é recorrente na obra de Allen mas ao se aproximar dos 80 anos, Allen deve ver com cada vez mais descrença certos padrões que envolvem o ser humano como a religião, o consumismo, as relações humanas, a necessidade de sobrevivência de qualquer maneira, a política, a falta de ética, a falta de sensibilidade, a luta de classes, o preconceito (em todas as suas formas) e muito mais. A maturidade de um artista sensível como Allen inevitavelmente aparece na sua obra e em "Magia ao Luar", seu novo filme, esta mistura de sentimentos e descrenças aparece de forma sutil na sua trama principal que aparentemente é doce, leve, simpática mas no fundo mostra um personagem desesperado para acreditar na vida como algo mais significativo do que aparenta ser para que afinal, seja feliz, aqui e agora. A amargura de Allen não significa que o filme seja pessimista mas revela pensamentos que estão presentes no dia a dia de qualquer ser humano mas que nem sempre são vistos, interpretados e questionados pelo homem moderno graças ao eterno mecanismo de viver/seguir as normas de sobrevivência/morrer. O que podemos achar no meio dessas reflexões como Allen já afirmou em outros filmes, é a magia de viver, enxergando além de tudo o que nos apresenta como normal, fato, concreto. Poderia ser o amor? A descoberta do outro como somatório na trajetória de entender a vida? Pode ser e por isso, "Magia ao Luar" não é um filme pessimista e/ou negativo. Allen acredita ou teima em acreditar que tudo ainda pode ser diferente. E assim deve ser enquanto este grande diretor estiver em atividade no cinema, fazendo com que os espectadores, através de seus filmes, "enxerguem" a magia da vida, de viver, de dar um sentido ao que nos cerca. De alguma forma, a obra de Allen nos dá esse conforto há décadas. Através da arte, do cinema, podemos e devemos enxergar além e encontrar a magia nas coisas e nas pessoas. É difícil mas através da arte, podemos encontrar um caminho.

*"Magia ao Luar" de Woody Allen saiu de nosso circuito de exibição porque não deve ter obtido a média mínima de espectadores no cinema para continuar em cartaz. Enquanto isso, entra no circuito comercial "Anjos da Lei 2", "Hércules", "Se Eu Ficar" e pelo menos um bom filme : "O Grande Hotel Budapeste" de Wes Anderson. Mas fica a pergunta: onde estão os cinemaníacos de Belém? O nacional "O Lobo atrás da Porta" não está com um bom público no cine Líbero Luxardo e "Os Invisíveis" não conseguiu chamar a atenção apesar de ser um excelente filme com entrada franca no cine Olympia. Além disso, os cineclubes tem tido menos frequência do que deveriam. Enfim, onde estão os cinemaníacos de Belém? Estão em São Paulo, que sempre tem público nos cinemas Belas Artes e Reserva Cultural?

* “The Good Dinosaur”, nova animação da Pixar, que seria lançada esse ano nos cinemas, mas foi adiada para 2015, após a saída do diretor Bob Peterson (Up - Altas Aventuras) do projeto, teve seu roteiro reescrito. Segundo o ator John Lithgow que faz uma das vozes dos personagens, os produtores e o codiretor Peter Sohn decidiram “desmontar” completamente a história do filme, o que fará com que o ator precise dublar material adicional. A história do filme deverá tratar de um planeta Terra em que os dinossauros não foram extintos. ”The Good Dinosaur” entra em cartaz no Brasil, no dia 31 de dezembro de 2015.


*Cinco longas espanhóis estarão em cartaz de 05 à 11/09/14 (exceto dia 09/09) no cinema Olympia com sessões às 16:30 e 18:30h na Mostra Cinema Atual Espanhol. Entre eles, filmes premiados, que incluem “Mapa” de León Siminiani (foto), vencedor da categoria Melhor Documentário Europeu no Festival de Sevilla e “Branca de Neve”, o melhor filme do Goya Awards. Esta edição da Mostra apresenta um recorte da variedade de gêneros da indústria cinematográfica da Espanha como consequência de uma seleção de longas produzida em 2012 por jovens diretores. Todos os filmes são legendados em português e há exemplares de comédia dramática, drama, animação e documentário. A proposta é apresentar heterogeneidade de temas e de gêneros da cinematografia espanhola, em diálogo com a diversidade cultural brasileira. A Mostra ocorre em centros culturais das principais cidades brasileiras de 2 setembro a 22 de dezembro. Além de Florianópolis, onde ocorreu a abertura da programação, no dia 2, estão incluídas outras capitais: Belém, Porto Alegre, Fortaleza, Curitiba, Brasília, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. A realização é do Escritório Cultural da Embaixada da Espanha no Brasil, Sociedade Cultural Brasil-Espanha e Instituto Cervantes de Brasília. Em Belém, a mostra tem o apoio da FUMBEL e Cinema Olympia. 

INDICAÇÕES 

ESTREIAS 


 “O Grande Hotel Budapeste”
 De Wes Anderson Com Ralph Fiennes

“A Grande Noite”
 Exibido na 37º Mostra de Cinema de SP (Cine Estação)

MOSTRA 


“Mostra Cinema Atual Espanhol”
De 05 à 11/09 no Cinema Olympia.
A Mostra tem duas sessões diárias às 16:30 e 18:30h com entrada franca.
Dia 05 - “Branca de Neve”.
Dia 06 – “Carmina Ou Que Se Exploda”.
Dia 07/09 – “Mapa”.
Dia 10/09 – “O Que Os Homens Falam”.
Dia 11/09 – “O Apóstolo”.


AGENDA 
*Cineclube Alexandrino Moreira:
Dia 15/09 – “Retratos de uma Obsessão”. Homenagem ao ator Robin Williams. Sessão às 19h. Entrada Franca. Debate após a exibição.

*Cine Olympia:
De 05 à 11/09 – “Mostra de Cinema Atual Espanhol”. Sessões às 16:30h e 18:30h Entrada Franca. Apoio: Instituto Cervantes.


Dia 09/09 – Projeto Cinema e Música com a exibição do clássico “A Turba” de King Vidor.

*Cine Líbero Luxardo:
De 27/08 à 07/09 – “O Lobo atrás das Porta” com Leandra Leal.

*Cine Estação :
De 02 à 28/09 – “A Grande Noite” de Benoît Delépine e Gustave de Kervern

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

CINE TROPPO - SEMANA DE 28/08 À 03/09/14

Cine Troppo 
Marco Antonio Moreira Carvalho


*”Os Invisíveis” de Sébastien Lifshitz é um dos principais destaques da semana no circuito alternativo. Nascidos entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, seis franceses contam suas histórias pessoais, vividas em diferentes partes do país ao longo de quase todo o século XX. Embora sejam pessoas comuns, seus relatos refletem as transformações da sociedade nas últimas seis décadas. Sem que tenham optado por uma vida extraordinária, os casais Yann e Pierre, Bernard e Jacques e Catherine e Elisabeth foram desbravadores apenas por terem vivido numa época em que homossexuais eram totalmente discriminados pela sociedade. O filme foi exibido no “Hors Compétition” no Festival de Cannes 2012 e é inédito em nossa cidade. “Os Invisíveis” será exibido de 29/08 à 04/09 no cinema Olympia com entrada franca com apoio da Cinemateca Francesa. Vale conferir.

*Aos 69 anos, o cineasta alemão Wim Wenders será homenageado com um Urso de Ouro honorário pelo conjunto da obra na próxima edição do Festival de Berlim, que ocorre entre os dias 5 e 15 de fevereiro. Dez de seus filmes serão exibidos em mostra retrospectiva. Curiosamente, Wenders, que é dono de uma Palma de Ouro em Cannes (Paris, Texas, 1984) e um Leão de Ouro em Veneza (O Estado das Coisas, 1982), nunca levou para casa um Urso de Ouro em Berlim. Sua maior conquista no festival foi um Urso de Prata de melhor diretor em 2000, com “O hotel de um milhão de dólares”, estrelado por Mel Gibson. 

*Diretor de quatro longas da franquia Harry Potter, David Yates estaria muito próximo de ser anunciado oficialmente pela Warner como o cineasta à frente do “spinoff” baseado no livro “Animais fantásticos e onde habitam”, também de autoria da britânica J.K. Rowling. Segundo a Variety, nenhum contrato foi assinado por enquanto, mas as negociações já estariam bastante avançadas. O filme está inicialmente previsto para ser lançado em novembro de 2018 nos EUA.

* Um ano de muitas perdas no cinema. Richard Attenborough faleceu semana passada aos 90 anos e teve destaque como ator em vários filmes. Depois procurou fazer uma carreira expressiva como diretor. "Gandhi" (1982) certamente foi seu projeto mais ambicioso e provavelmente seu melhor filme ao lado de “Chaplin”(1992) e “Magia Negra”(1978) que tem no elenco Anthony Hopkins. Todos estes filmes merecem revisão como uma homenagem ao seu trabalho no cinema. Como ator, muitos conhecem seu trabalho pelo papel de cientista em “Parque dos Dinossauros”(1994) de Steven Spielberg mas ele teve uma carreira longa com filmes como “O Estrangulador de Rillington Place”(1971).

*O Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2014 premiou “Faroeste Caboclo” de Rene Sampaio como melhor filme. Num ano em que “O Som ao Redor” de Kleber Mendonça Filho está concorrendo ao prêmio principal, é uma pena que o excelente filme de Kleber Mendonça Filho não tenha tido destaque. Parece que o cinema autoral não merece ser lembrado nas grandes premiações, mas o tempo é mestre. “O Som ao Redor” é um dos melhores filmes brasileiros dos últimos anos e sempre será destaque quando se falar sobre a qualidade do cinema brasileiro.

* A "Mostra Cinema Atual Espanhol" terá duas sessões diárias no Cine Olympia às 16:30 e 18:30h, a partir do dia 05/09, com entrada franca. Será uma ótima oportunidade de conhecer o novo cinema espanhol. A mostra será exibida em várias capitais do país e sinceramente espero que em Belém, o público prestigie. Um dos filmes mais esperados da mostra é a animação "O Apóstolo". Vamos conferir.


*Um novo filme de Woody Allen é sempre um evento e esta semana foi lançado no Brasil (incluindo Belém) seu novo trabalho, “Magia ao Luar”. No filme, Stanley (Colin Firth), um falso mágico com talento para desmascarar charlatões, é contratado para acabar com a suposta farsa de Sophie (Emma Stone), simpática jovem que afirma ser médium. Inicialmente cético, ele aos poucos começa a duvidar de suas certezas e se vê cada vez mais encantado pela moça. Como fã da obra de Woody Allen, afirmo que seu novo filme é imperdível.


INDICAÇÕES 

ESTREIAS
“Magia ao Luar”
Novo filme de Woody Allen com Colin Firth e Emma Stone

“O Lobo atrás da Porta”
Com Leandra Leal (Cine Líbero Luxardo)

“Lucy”
Filme de Luc Besson Com Scarlet Johansson

BREVE

“Mostra Cinema Atual Espanhol”
De 05 à 11/09 no Cinema Olympia


AGENDA 
*Cineclube Alexandrino Moreira:
Dia 01/09 – “Paixões em Fúria” de John Huston. Com Humbrey Bogart e Lauren Bacall. Sessão às 19h. Entrada Franca. Debate após a exibição. Apoio : ACCPA

*Cine Olympia:
De 29/08 à 04/09 – “Os Invisíveis”de Sébastien Lifshitz . Sessão às 18:30 h. Entrada Franca. Apoio: Cinemateca Francesa.
Dia 09/09 – Projeto Cinema e Música com a exibição do clássico “A Turba” de King Vidor *Cine Líbero Luxardo: De 27/08 à 07/09 – “O Lobo atrás das Porta” com Leandra Leal.

*Cine Estação :
De 02 à 28/09 – “A Grande Noite” de Benoît Delépine e Gustave de Kervern

51º FESTIVAL DE BRASÍLIA DE CINEMA BRASILEIRO

Coletiva de imprensa com os realizadores dos filmes "Liberdade" de Pedro Nishimura e Vinícius Silva, "Sempre verei cores ...