Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho


Charlie Chaplin em documentário imperdível
É claro que não poderia faltar Charlie Chaplin na programação dos 50 anos do cineclube da Associação de Críticos de Cinema do Pará (ACCPA). Além de ser um dos maiores diretores do cinema, Chaplin está na história desse cineclube. Em 25/12/1977, no dia que faleceu, a associação programou o documentário “Carlitos o Genial Vagabundo” no salão do Grêmio Literário Português e houve uma grande comoção quando o filme foi exibido. No final do documentário, que teve vários depoimentos de Chaplin já com idade avançada, os espectadores se emocionaram quando ele e sua esposa, Oona, caminham pelo quintal de sua residência numa cena que lembrava o final de seu filme “Tempos Modernos”. Muitos espectadores choraram de emoção e eu estava lá e inevitavelmente me emocionei também. Na minha memória, de Pedro Veriano e Luzia Álvares e muitos outros que estavam presentes, essa sessão foi um momento muito especial do cineclube que agora completa 50 anos. Por isso, este documentário especial encerrou a programação que realizamos em novembro e dezembro para celebrar as atividades de um cineclube que marcou época na nossa cidade.
*Uma bela noite de cinefilia foi realizada no dia 12/12 na Casa das Artes em mais uma ação do Centro de Estudos Cinematográficos (CEC). Com excelentes opiniões, ideias, trocas, interação e democracia, eu e os amigos Ricardo Evandro Martins, John Fletcher e Alex Damasceno estivemos juntos com o público presente para conversar sobre alguns filmes que geraram boas e más polêmicas este ano. E o resultado foi estimulante e animador ao perceber que houve opiniões diferentes que somaram outras reflexões dos filmes em cada um dos presentes. Agradeço a Casa das Artes, aos meus brilhantes parceiros e ao público presente por esta ação democrática de cultura cinematográfica.
*A estreia de “Star Wars: Os Últimos Jedi” comprovou o aumento do interesse de fãs e novos fãs na saga de George Lucas que agora está sob a administração dos estúdios Disney. O filme teve um lançamento mundial com grande orçamento em publicidade e marketing. Espero que este novo episódio seja digno dos filmes clássicos de Lucas. Vamos conferir!
*Assistir a versão de quase quatro horas de duração do clássico "Napoleão" (1927) de Abel Gance é um momento inesquecível. E vivenciar esse momento na tela do nosso cinema Olympia com acompanhamento musical ao vivo do grande músico Paulo José Campos de Melo é ainda mais especial. É pura cinefilia no coração e na mente!!!
*No dia 07/12 aconteceu o lançamento do livro da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) no cinema Olympia. Livro importante que reúne artigos sobre os 100 maiores documentários brasileiros de acordo com a ABRACCINE. Vale conferir! Viva o documentário brasileiro que direta e indiretamente conta história do Brasil.
*A Associação de Críticos de Cinema do Para (ACCPA) reuniu seus associados no dia 20/12 para a tradicional escolha dos melhores filmes do ano. Muitos filmes de qualidade estão na lista final que será publicada em breve juntamente com a minha lista individual. O melhor filme do ano para mim é “De Canção em Canção” de Terrence Malick. Este e títulos como “Na Praia a Noite Sozinha”, “Afterimage” e “Frantz” estarão na minha relação final dos melhores de 2017.
*Feliz Natal para todos!

INDICAÇÕES
ESTREIAS

“Star Wars – Os Últimos Jedi”
Filme de Rian Johnson
Lançamento nacional

“Phoenix”
Filme de Christian Petzold
Cine Olympia

LIVRO

“A Arte do Cinema: Uma Introdução”
De David Bordwell
e Kristin Thompson

DVD
“Queen – A Night at the Odeon - Hammersmith”(1975)
Show ao vivo da banda Queen numa de suas melhores performances

MEMÓRIA

“Guerra nas Estrelas” (1977)
Filme de George Lucas
Cartaz exibido nos cinemas

 AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes):
Em Janeiro: Programação comemorativa ao centenário do cineasta Ingmar Bergman.
*Cine Olympia:
Até dia 30/12 – “Phoenix”. Sessão às 18h30min (exceto sábados, domingos e feriados às 17h30min). Entrada franca.
*Cine Líbero Luxardo:
Em Janeiro - “Com Amor, Van Gough”.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18