FESTIVAL DE BRASÍLIA 2012


Com uma homenagem ao crítico de cinema Paulo Emílio Salles e a a apresentação da orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claúdio Santoro, começou ontem a 45ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. A sala do Teatro Nacional estava completamente lotadas com várias pessoas ligadas ao cinema, teatro e televisão. Críticos de cinema de vários estados marcaram presença, a grande maioria filiada a ABRACCINE (Associação Brasileira dos Críticos de Cinema) que vieram para acompanhar as mostras competitivas de longa e curta-metragem e também para participar dos seminários que vão debater sobre a critica de cinema feita no Brasil ontem e hoje, analisando também as influências do crítico Paulo Emilio Salles, que faleceu em 1977 e que foi um dos fundadores do festival de Brasília.
Depois da apresentação da orquestra sinfônica, foi exibido o filme de abertura do festival (que não faz parte da mostra competitiva) chamado "A Última Estação" de Marco Cury, que procura fazer um resgate histórico da imigração libanesa no Brasil a partir de um personagem que é testemunha de várias mudanças no país durante várias décadas e que inicia uma busca pelo seu passado a partir do momento que fica doente.O público aplaudiu o filme no final e a crítica especializada ficou dividida com o resultado final do filme, que será distribuido nos cinemas pela Polifilmes até o início do ano que vem.
Antes da mostra competitiva de hoje, destaque para o Fórum de Defesa e Promoção do Cinema Infantil que tem como convidados Ziraldo, Carla Camurati, Nilson Rodrigues, Pedro Rovat, Renato Aragão, Luiza Lins entre outros.
Confira a programação de hoje (dia 18/09) das mostras competitivas:
MOSTRA COMPETITIVA - DOCUMENTÁRIO:
- "Câmara Escura" de Marcelo Pedroso (25 min - PE)
- "Um Filme para Dirceu" de Ana Johan (80 min - PR)

MOSTRA COMPETITIVA - FICÇÃO E ANIMAÇÃO :
- "Linear" de Amir Admoni (6 min - SP)
- "Canção para minha Irmã" de Pedro Seerian (18 min - PE)
- "Eles Voltam"" de Marcela Lordello (100 min - PE)

*Marco Antonio Moreira, direto de Brasília.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18