CINE TROPPO - SEMANA DE 31/08 À 06/09/12


CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho

Criticas/DVD
“A Música segundo Tom Jobim” de Nelson Pereira dos Santos (2012). O talento do músico e compositor Tom Jobim é reconhecido no mundo todo e sempre precisa ser lembrado, especialmente no Brasil onde o conceito de qualidade da música é cada vez mais estranho. Fazer um documentário que registrasse a obra de Jobim, sem maiores interferências, foi o objetivo do diretor Nelson Pereira dos Santos (diretor de “Vidas Sêcas”, “Memórias do Cárcere”). No filme, ele deixa a música de Jobim fluir através da interpretação de vários cantores e músicos, em várias décadas, registrando e revelando momentos históricos onde a música de Jobim foi mais do que nunca respeitada e muito bem interpretada. Dessa forma, Nelson nos mostra a força e a beleza da música de Jobim e também as várias fases deste extraordinário artista. Destaque para as interpretações de Elis Regina, Ella Fittzgerald, Maysa, Sarah Vaughan e Judy Garland.

“O Mêdo Devora a Alma” de R. W. Fassbinder (1974). Sou um admirador da obra do cineasta alemão R. W. Fassbinder, que faleceu em 1982 e deixou mais de 40 produções na sua filmografia. Neste trabalho realizado nos anos 70, uma viúva de 60 anos começa um relacionamento com Ali, um negro, muçulmano e 20 anos mais novo. Todos à sua volta começam a criticar o relacionamento, revelando preconceitos de uma sociedade que não sabe lidar com as diferenças. Fassbinder era um crítico feroz da hipocrisia da sociedade civilizada e aqui realizou um de seus filmes mais importantes dos anos 70 e que certamente pode gerar um maior interesse das novas gerações de cinemaníacos pela sua obra.

“Flores do Oriente” de Zhang Yimou. O cinema chinês revelou para o mundo o talento do cineasta Zhang Yimou no início dos anos 90 com filmes surpreendentes como “Amor e Sedução” e “Lanternas Vermelhas”. Yimou é um cineasta que tem todo o cuidado com a narrativa e temas de seus filmes e ficou mais conhecido entre o grande público com as produções “Herói” e “O Clã das Adagas Voadoras”. Mas neste novo filme, considerado o mais caro já realizado na China, a parcialidade na abordagem do tema e a escolha por uma narrativa mais conservadora, resultaram num filme menor na sua carreira. Baseado em fatos reais, o filme mostra a história do massacre de Nanjing, quando tropas militares japonesas, em 1937, invadiram a cidade chinesa e estupraram e mataram milhares de mulheres. A batalha ficou conhecida como o Massacre de Nanquim. Talvez pelo alto comprometimento da produção, Yimou pouco pode interferir no roteiro que retrata de forma maniqueísta o lado japonês neste triste episódio da segunda guerra. Com excelente direção de arte e fotografia, o filme impressiona mais não oferece ao tema filmado uma visão mais ampla do que foi este trágico episódio.

“Mais Forte que a Vingança” de Sidney Pollack (1972). Os anos 70 foram um período repleto de bons filmes mais nem sempre os especialistas se lembram disso. Sidney Pollack (A Noite dos Desesperados/Tootsie) já era um diretor reconhecido quando filmou esta produção que mostra a história de Jeremiah Johnson, um homem que de várias formas tenta fugir da civilização buscando a solidão das montanhas geladas e a vida selvagem. Revelando a busca de um homem pelo seu equilíbrio pessoal em contato com a natureza selvagem, Pollack realizou um de seus melhores filmes, provocando várias reflexões sobre a civilização moderna e seus efeitos no homem contemporâneo que muitas vezes busca refúgio em outro meio ambiente. A excelente fotografia e a boa atuação de Robert Redford merecem destaque neste grande filme que agora é lançado em blu-ray.

ESTREÍAS DA SEMANA
“Violeta foi para o Céu”, “Os Mercenários 2”, “31 Minutos” , “Procura-se um Amigo para o fim do Mundo” e “Intocáveis”.

PRÉ-ESTREIAS
"Abraham Lincon – Caçador de Vampiros” e “O Legado Bourne”

CONTINUAÇÕES”(Destaques)
“Na Estrada” e “Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge”

AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira: Dia 03/09, exibição do filme “O Espelho”, obra-prima do diretor Andrei Tarkovsky às 19h com entrada franca e debate com críticos da ACCPA.
*Cine Olympia: Devido a manutenção técnica, o cinema suspendeu suas atividades temporariamente.
*Cine Líbero Luxardo: “Violeta foi para o Céu” revela a vida da cantora e compositora chilena Violeta Parra. Datas de exibição: 29 a 31/08 - 19h, 01/09 - 19h, 02/09 - 17h e 19h, 05 a 08/09 - 19h e 09/09 - 17h e 19h. Dia 08/09, na sessão Cult, exibição do clássico “O Beijo Amargo” de Samuel Fuller às 16h com entrada franca e debate com críticos da ACCPA.
*Cine Estação: Em setembro, está programada a quarta edição do Festival Amazônia Doc. que terá uma mostra de filmes em homenagem ao escritor Nelson Rodrigues.
* Cine Saraiva : Dia 06/09 será exibido o filme “O Pássaro de Plumas de Cristal” de Dário Argento às 19h com entrada franca e debate com críticos da ACCPA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18