CINE TROPPO - DE 28/05 A 03/06/15

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira Carvalho



“O SAL DA TERRA” É UM DOS MELHORES FILMES DO ANO
“O Sal da Terra”, belíssimo documentário de Win Wenders e Julinano Salgado, continua em exibição no cine Líbero Luxardo. O filme revela a obra do grande fotógrafo Sebastião Salgado que tem um trabalho sensível e investigador sobre o ser humano. Na obra de Wenders (cineasta reconhecido por grandes obras como “Asas do Desejo” e “Pina”) e Juliano Salgado, filho de Sebastião, somos espectadores de grandes momentos que dimensionam a importância da fotografia e do cinema, reunidos no filme como artes potencias para a interpretação e mudança do mundo. A fala de Sebastião Salgado, em diversas sequências, é sublime, revelando seu lado artístico, humano e crítico sobre o seu trabalho. “O Sal da Terra” impressiona desde o início com sua narrativa, conquistando progressivamente o espectador que se permitir a entrar neste universo de força e humanidade de Wenders e Salgado. É um dos melhores filmes que vi este ano e espero que você, leitor, possa prestigiar sua exibição no cinema.

*Conan, personagem que fez sucesso nos cinemas nos anos 1980, estará de volta às telonas. O projeto “Legend of Conan”, sequência do longa estrelado por Arnold Schwarzenegger em 1982, finalmente será filmado com três integrantes do elenco original, incluindo o protagonista.No roteiro inicial, o filme se passa 30 anos após a história contada no filme anterior e vai apresentar um Conan já idoso. O filme ainda não tem diretor, porém, deve começar a ser produzido no segundo semestre, quando Schwarzenegger estará livre dos compromissos com o lançamento de “O Exterminador do Futuro: Gênesis”. “Conan, O Bárbaro”, foi lançado em 1982 e ajudou a popularizar a carreira de Schwarzenegger. O filme se baseia nas histórias escritas por Robert E. Howard, as quais eram publicadas em revistas baratas dos anos 1930. -

*Luiz Carlos Barreto, produtor de clássicos como “Dona Flor e seus dois Maridos” e “Bye Bye Brazil”, será tema de um documentário que se chamará “Barretão”. No filme, ele reconta a sua trajetória de repórter fotográfico a produtor. Foram gravadas mais de 20 horas de conversas de Barreto com o jornalista Geneton Moraes Neto, da Rede Globo. Segundo ele, Barreto focou mais em sua atuação na política cinematográfica, nos bastidores do cinema e nas relações com o poder, do que sobre o trabalho de produtor. Apenas Barreto fala no filme – nem a família, a mulher Lucy e o filho Bruno, dão depoimentos.

*O Centro Cultural Banco do Brasil promove a mostra inédita no país “Francis Ford Coppola: O cronista da América”, em homenagem ao consagrado cineasta vencedor de cinco “Oscars” e duas Palmas de Ouro. Com curadoria de Paulo Ricardo de Almeida, serão exibidos 25 filmes do diretor e produtor, desde suas primeiras produções (Tonight for Sure), passando pelos seus maiores clássicos (O poderoso chefão), até sua fase mais recente de experimentações (Tetro). A mostra acontecerá no CCBB do Rio entre os dias 3 e 29 de junho e no recém-reinaugurado Odeon de 18 a 24 de junho. A partir do dia 25 de junho, a mostra segue para o CCBB de Brasília e o Cine Brasília. Em julho, ela chega ao CCBB de São Paulo e ao Cinesesc (SP).

* O Cine Olympia vai exibir, no período de 11 a 17/06, um festival de filmes europeus. Filmes da Hungria, França, Portugal, Itália, Dinamarca, entre outros países, serão exibidos com entrada franca. Agenda obrigatória.

*"Dheepan", drama francês sobre um ex-guerrilheiro do Sri Lanka que migra para a Franca e enfrenta a violência de uma máfia local na periferia para a qual de muda, venceu a Palma de Ouro em Cannes. "Agradeço a Michael Haneke por não ter filme este ano", brincou o diretor, que já havia perdido a Palma por "O Profeta" para "A Fita Branca", do diretor austríaco, em 2009. "The Lobster", um dos filmes mais comentados do festival, sobre um hotel no qual os solteiros têm até 45 dias para encontrar um namorado ou são transformados em animais, levou o Prêmio do Júri. O júri, presidido pelos irmãos Joel e Ethan Coen, dividiu a Palma de melhor atriz entre a americana Rooney Mara, pelo drama "Carol", e a francesa Emmanuelle Bercot, por "Mon Roi" (Meu rei). Vincent Lindon, levou a Palma de ator com o personagem de um executivo de 51 anos, desempregado há 20 meses, que enfrenta um dilema moral em seu novo trabalho no francês "La Loi du Marché" (A lei do mercado). O diretor taiwanês Hou Hsiao Hsien venceu a Palma de melhor diretor por "The Assassin".
INDICAÇÕES
ESTREIAS
“O Sal da Terra”
Filme de Win Wenders e Juliano Salgado 
Documentário sobre a obra do fotógrafo Sebastião Salgado

“Promessa de Guerra"
Filme de Russel Crowe
Com Olga Kurylenko

DVD
“Bem Vindo à Nova Iorque”
Filme de Abel Ferrara
Com Gerard Depardieu

DVD
“Uma Vida por um Fio”
Edição de Colecionador Filme “Noir” realizado em 1948

BREVE
“Festival de Cinema Europeu”
 Cinema Olympia
 De 11 a 17/06

AGENDA
*Cine Olympia: Até dia 03/06 – “Paris Texas” de Win Wenders. Com Nasstaja Kinski. Sessão às 18:30 h. Entrada Franca. Apoio: Instituto Goethe. Travis vaga sem destino pelo deserto sem saber quem é ou onde está. Quando seu irmão Walt o encontra, resolve levá-lo para viver com ele e sua família, na esperança de ajudá-lo a recuperar sua memória. Aos poucos, as lembranças retornam e o homem recorda ter abandonado sua esposa Jane, e seu filho quatro anos atrás. Isso motiva Travis a fazer contato com várias pessoas de seu passado para entender melhor o presente. De 11 a 17/06 – Festival de Cinema Europeu

*Cine Líbero Luxardo: Até dia 07/06 – “O Sal da Terra” de Win Wenders e Juliano Salgado. Vencedor do Prêmio Especial na mostra “Un Certain Regard” no Festival de Cannes 2014 e Indicado ao Oscar 2015 de Melhor Documentário. O filme conta a trajetória do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado e seu projeto "Gênesis", cujo objetivo era registrar, a partir de imagens, civilizações e regiões do planeta até então intocados.

*Cine Estação/Cine Líbero Luxardo: Em Junho: Festival Varilux de Cinema Francês.

*Cineclube Alexandrino Moreira (Casa das Artes): Dia 08/06 – “No Mundo de 2020” de Richard Fleisher. Com Charlton Heston. Sessão às 19 h. Debate após a exibição. Entrada Franca. Apoio : ACCPA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18