CINE TROPPO - SEMANA DE 16 A 22/10/14

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira Carvalho


*”O Médico Alemão, em exibição no cine Líbero Luxardo, é baseado no livro "Wakolda", da própria diretora, Lúcia Puenzo. O longa tem como pano de fundo a história real de uma família argentina que viveu com Josef Mengele, sem saber da identidade real do homem que foi cientista nazista no campo de concentração de Auschwitz, onde fez experimentos com humanos. Enquanto atravessa a região desértica da Patagônia, em 1960, uma família argentina conhece um médico que aceita ajudá-los. Chegando em Bariloche, ele torna-se hóspede da família. Todos gostam dos bons modos e conhecimentos científicos deste homem, que se mostra muito preocupado com Lilith, uma menina de 12, com um pequeno problema de crescimento. Produção argentina muito elogiada que merece a atenção do espectador local.

* Criador do “Homem-Aranha” e do “Homem de Ferro”, entre outros personagens, o lendário Stan Lee anunciou planos de coproduzir um filme com a Índia. Em 2011, ele desenvolveu o herói “Chakra, O Invencível”, exclusivamente para o mercado indiano de quadrinhos. Agora, a companhia de Lee, a POW! Entertainment, está negociando uma adaptação cinematográfica com a Graphic India. Originalmente pensada como uma atração infantil, a história vai ganhar um tratamento mais adulto em Bollywood. O protagonista é um gênio da tecnologia que desenvolve uma roupa especial para ativar chacras do corpo, liberando poderes ocultos. As filmagens devem começar no fim de 2015 ou início de 2016.

* Após o vazamento do roteiro original na internet, em janeiro, e uma ameaça de cancelamento do projeto, Quentin Tarantino iniciou os trabalhos de “The Hateful Eight”, faroeste que será maciçamente lançado em 70mm, com cópias digitais e em 35mm reduzidas. E o primeiro nome confirmado no elenco é o de Jennifer Jason Leigh, que será Daisy Domergue, uma criminosa caçada por assassinos. Há a expectativa de que alguns antigos parceiros de Tarantino, como Samuel L. Jackson e Michael Madsen, sejam anunciados em breve como integrantes do time de atores.

* O diretor Joseph Kosinski (Tron: O Legado/Oblivion) tem como novo projeto um filme policial que será uma adaptação de “The Trials of White Boy Rick”, que a Universal Pictures está produzindo. O livro foi escrito pelo jornalista Evan Hughes e narra a história real de Rick Wershe, um jovem que cresceu em Detroit, Estados Unidos, nos anos 80. A história de Rick é cheia de reviravoltas. Ainda adolescente, ele se envolveu com os líderes das gangues da região onde vivia, predominantemente habitada pela população negra, e se transformou em um bem-sucedido traficante de cocaína, ganhando o apelido de "White Boy Rick". Mais tarde, ao mesmo tempo em que crescia no tráfico, ele se tornou informante do FBI e do Departamento de Narcóticos, infiltrado no mundo do crime. Como o projeto encontra-se em fase inicial de desenvolvimento, ainda não há previsão para o início das filmagens ou o lançamento nos cinemas.

* A atriz Scarlett Johansson (Sob A Pele) fechou um acordo com a Sony Pictures para estrelar o seu primeiro grande projeto na televisão. De acordo com a Variety, ela vai estrelar a série de oito episódios baseada no clássico livro “The Custom of the Country”, escrito por Edith Wharton (A Época da Inocência) em 1913. A obra acompanha uma jovem do centro-oeste norte-americano que chega a Nova York e tenta subir de status na sociedade. O roteiro será escrito por Christopher Hampton (Ligações Perigosas; Desejo e Reparação). O próximo projeto de Johansson no cinema é “Hail, Caesar!”, próximo trabalho dos irmãos Joel e Ethan Coen (Onde os Fracos Não Têm Vez).

* O diretor brasileiro Carlos Saldanha(A Era do Gelo/Rio) está decidido a migrar para o cinema live-action.O cineasta está ligado à adaptação cinematográfica da série de livros “Timeless”, escrita pelo ex-artista da Disney e da Pixar, Armand Baltazar. De acordo com o site The Hollywood Reporter, o filme será um híbrido de live-action com animação computadorizada. A história de “Timeless” é narrada em três livros e se passa em Chicago, quando uma "implosão temporal" reúne pessoas e criaturas do passado, do presente e do futuro. O primeiro volume da série chegará às livrarias em 2016, mas ainda não há previsão para o lançamento do filme.

* Ao todo, 143 produções nacionais e internacionais foram exibidas durante os dez dias de programação do Festival de Cinema de Hamburgo deste ano. Dois filmes brasileiros foram exibidos no festival: “Ventos de Agosto” do diretor pernambucano Daniel Mascaro (Doméstica, Um Lugar ao Sol, com previsão de estreia no Brasil para novembro) e “Branco Sai. Preto Fica” de Ardiley Queirós (Dias de Greve, Fora de Campo), vencedor de 11 prêmios no Festival de Cinema de Brasília deste ano. O prêmio principal foi para o filme “Mary is Happy, Mary is Happy” do menino-prodígio Nawapol Thamrongrattanarit, da Tailândia. O filme, junto com “Boyhood”, foi um dos mais ovacionados pelo público e baseia-se em 140 tweets de uma usuária do Twitter, desconhecida do diretor. “Mary is Happy, Mary is Happy” é o segundo longa do diretor (o primeiro foi “36” de 2012). Boas surpresas foram evidenciadas pelos críticos presentes no festival com destaque para “Timbuktu”, uma coprodução entre França e Mauritânia, dirigida pelo diretor mauritanês Abderrahmane Sissako (Bamako, À Espera da Felicidade).

INDICAÇÕES

ESTREIAS
“O Juiz”
Com Robert Downey Jr.

“O Médico Alemão”
(Cine Líbero Luxardo)

DVD
“Nostalgia”(1982)
Obra-prima do mestre Andrei Tarkovsky(Solaris)

LIVRO
“Deleuze vai ao Cinema” O livro de Gilles Deleuze trata de encontros entre disciplinas afins, de interseção entre ciência, arte e filosofia, de educação, de cinema, literatura e filosofia.

CLÁSSICO
“Trapézio”(1956)
Um das melhores interpretações de Burt Lancaster. Ainda no elenco, Tony Curtis e Gina Lollobrigida.

AGENDA
Cineclube Alexandrino Moreira:
Dia 20/10 – “A História de Adele H”. Homenagem ao diretor François Truffaut. Sessão às 18:30h. Entrada Franca. Debate após a exibição. Apoio : ACCPA

*Cine Olympia:
De 10 à 23/10 – “O Chef do Pólo Sul”. Sessão às 18h30min h. Entrada Franca. Apoio: Consulado Geral do Japão

*Cine Líbero Luxardo:
De 15 à 26/10 – “O Médico Alemão” de Lúcia Puenzo.
Dia 25/10 – “Cão Branco” de Samuel Fuller. Sessão Cult às 16h. Entrada Franca. Debate após a exibição.

*Cine Estação : Até 23/10 – “Lunchbox” de Ritesh Batra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18