CINE TROPPO - SEMANA DE 20 A 26/11/14

Cine Troppo 
Marco Antonio Moreira Carvalho 


*”Interestelar” de Christopher Nolan é um filme que está provocando muitas discussões. Nolan é um diretor de qualidade e o sucesso mundial da franquia de “Batman” tornou seus projetos cada vez mais prestigiados pelos grandes estúdios. “A Origem” (2010) já mostrou um cineasta em evolução, com ótimo roteiro e domínio da narrativa cinematográfica. Agora, em “Interestelar”, Nolan chega ao seu projeto mais ambicioso até agora e que traz para seu enredo vários tipos de leituras sobre o homem e sua eterna busca por respostas da sua origem e seu futuro, usando vários conceitos de filosofia, ciência, tecnologia, física quântica, teoria da relatividade, entre outros. É um filme complexo, que exige atenção e reflexão do espectador para sua história, narrativa e construção. Extremamente bem elaborado na produção, cenário, fotografia e efeitos especiais, “Interestelar” nos confronta com questões humanas tão antigas e atuais, que surpreende em vários momentos pela abordagem humana que procura transmitir através das ações de seus personagens. Afinal, é muito difícil equilibrar tantas perguntas num roteiro sem parecer muito pretencioso. O gênero ficção científica estava precisando de um filme como esse para voltar aos seus melhores momentos como em “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968) de Stanley Kubrick. Christopher Nolan é um admirador de “2001” (que tem várias citações/homenagens no filme),e percebe-se desde o início que ele queria realizar uma obra que provocasse o público, buscando reflexões similares ao filme de Kubrick. Mas além de conceitos tão complexos que envolvem o filme, “Interestelar” é um trabalho que tem um sentido de religiosidade muito presente na sua trama que torna suas pretensões mais humanas e próximas do espectador. Com um elenco em ótimas atuações como Mathew McConaughey, Michael Caine e Jessica Chastein e John Litghow, “Interestelar” é um filme para ser debatido e estudado. Merece ser visto e revisto, assim como os melhores clássicos de cinema. De preferência, na tela de um cinema.

*Depois de obras como “O Sexto Sentido”, “Corpo Fechado”, “Sinais” e “A Vila”, o diretor M. Night Shyamalan se prepara para lançar o terror “The Visit”.A Universal Pictures anunciou esta semana que vai distribuir o filme de baixo orçamento nos cinemas, a partir de 11 de setembro de 2015. O filme conta a aterrorizante história de dois irmãos, enviados para a remota fazenda dos avós, na Pensilvânia, para viagem de uma semana. Quando as crianças descobrem que o casal de idosos está envolvido em algo profundamente perturbador, eles vêem suas chances de retornar para casa cada vez mais remota. Além de dirigir, Shyamalan também assina o roteiro e produz ao lado de Jason Blum (Atividade Paranormal) e Marc Bienstock (Autópsia de um Crime). O próprio Shya financiou o longa, que foi rodado em sua casa na Pensilvânia. Espero que o diretor volte a fazer bons filmes como no início da sua carreira.

* Depois de receber o Oscar Honorário das mãos do diretor John Lasseter (Toy Story - Um Mundo de Aventuras), o cineasta Hayao Miyazaki (Meu Amigo Totoro) conversou com o site do Los Angeles Times e novamente anunciou sua aposentadoria e o possível fim do Studio Ghibli. “Neste momento, não estamos produzindo novas animações. Eu acho que não vamos mais desenvolver filmes para o cinema, mas não era essa a minha intenção. Tudo o que eu fiz foi anunciar a minha aposentadoria”, declarou Miyazaki. Segundo ele, o maior desafio do Studio Ghibli será financeiro: “Se os criadores tiverem a intenção de realizar animações desenhadas à mão, certamente haverá oportunidades para que eles façam isso. As dificuldades serão as questões financeiras, porque acredito que a era do lápis, papel e filme está chegando ao fim”, comentou o cineasta.

*A Escola de Cinema Darcy Ribeiro (RJ) abriu as inscrições para os cursos regulares. A novidade é que além dos tradicionais cursos de Direção, Roteiro e Montagem, a escola inaugura o curso de Produção Audiovisual. O curso prevê capacitar profissionais para atuação dentro de um cenário de inovação tecnológica e de convergência de informação oferecendo formação técnica e desenvolvendo habilidades e competências nas áreas de legislação, financiamento, produção, exibição e distribuição. As inscrições se estendem até 5 de fevereiro e as aulas se iniciam em março.

*”Cortés”, épico situado em um dos marcos principais da História do continente americano, está em desenvolvimento como um projeto de grande padrão na HBO. Martin Scorsese vai dirigir o piloto da série e o ator Benicio del Toro deverá ocupar o papel-título de uma importante figura histórica das Américas. A trama irá acompanhar o principal feito do espanhol Hernán Cortés, responsável pela derrocada do império Asteca e pelo início do processo de colonização da América Central. Sem cronograma definido, “Cortes” é a segunda série da HBO em desenvolvimento que terá Martin Scorsese como diretor do episódio piloto. Vencedor do Emmy de direção por “Boardwalk Empire”, o cineasta também comandará um drama que explora o universo musical de sexo, drogas e rock ‘n’ roll na Nova York dos anos 70.

INDICAÇÕES 

ESTREIAS 


“Jogos Vorazes – A Esperança (parte 1)”
Com Jennifer Lawrence


TRILHA SONORA 
“Metropólis”(1984)
Trilha sonora composta por Giorgio Moroder para o clássico do cinema mudo dirigido por Frirz Lang em 1925. Participações de Jon Anderson (Yes) e Freddie Mercury (Queen).


CLÁSSICO 

“Pistoleiros do Entardecer”
Western dirigido por Sam Peckinpah (Meu Ódio será tua Herança) em 1962. Steve Judd (Joel McCrea) é contratado para transportar o ouro de um banco e pede a ajuda do seu velho amigo Gil Westrum (Randolph Scott). Mas depois de perceber que eles planejam o roubo, Steve tenta reverter a situação de todas as maneiras. Nem que pra isso ele tenha que confrontar o amigo.


AGENDA 


*Cine Olympia:
De 14 a 21/11 – “Hannah Arendt” com Barbara Sukowa. Sessão às 18h30min h. Entrada Franca. Apoio: Instituto Goethe.
De 21 a 27/11 – “Mico Leão Voador em Ação no Velho Chico” de Milton Alencar Jr. Sessão às 17h. Entrada Franca.



*Cine Líbero Luxardo:
De 12 a 23/11 – “O Batismo” de Marcin Wrona
Dia 29/11 – “A Velha Dama Indigna” de Rene Allio. Sessão Cult às 16h com entrada franca e debate. Apoio: ACCPA. Homenagem aos 25 anos do GEPEM-UFPA.

*Casa da Linguagem (Fundação Curro Velho):
Dia 27/11 – “O Caso Roswell”. Baseado em fatos reais. Sessão às 18h. Entrada Franca. Parceria da ACCPA e Academia Paraense de Ciências. Debate após a exibição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18