FESTIVAL DE FILMES DA VENEZUELA NO CINE OLYMPIA


FESTIVAL DE FILMES DA VENEZUELA NO CINE OLYMPIA
DE 15/09 À 16/10/11

PROGRAMAÇÃO :
“A CLASSE” - De 13 à 18/09
Sinopse: Jovens que moram num bairro pobre da capital venezuelana tentam encontrar novos caminhos para melhorar suas vidas maIs enfrentam grandes dificuldades que vão testar seus limites como cidadãos. (2007)
Direção: José Antonio Varela

“ZAMORRA” - De 20 à 25/09
Sinopse: Em meados do século XIX, a polarização entre liberais e conservadores marca a agenda política da Venezuela. Camponeses e escravos vivem sob a tirania da oligarquia colonial e Ezequiel Zamora lidera luta pela distribuição equitativa das terras, marcando o fim das desigualdades sociais.
Direção: Román Chalbaud (2009)

“AO SUL DA FRONTEIRA” - De 27/09 à 02/10
Sinopse: Numa co-produção EUA/Venezuela, o diretor Oliver Stone registra sua viagem por cinco países da América Latina e as conversas informais com os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil), Hugo Chávez (Venezuela), Evo Morales (Bolívia), Fernando Lugo (Paraguai), Rafael Correa (Equador), Raul Castro (Cuba), Cristina Kirchner (Argentina) e seu marido, o ex-presidente argentino Nestor Kirchner.
Direção: Oilver Stone (2009)

“TAMBORES DE ÁGUA: UM ENCONTRO ANCESTRAL” - De 04 à 07/10 (foto)
Sinopse: O documentário mostra a força das raízes africanas nas manifestações musicais venezuelanas. A história dos afrodescendentes venezuelanos desde sua chegada à Venezuela se desenrola quando seu protagonista consegue os tambores de água, uma prática musical muito peculiar e de grande beleza, que permite o encontro de dois continentes (África e América) no soar aquático de seus repiques, mostrando que não importa a distância quando as raízes são fortes o bastante para sobreviver através do tempo.
Direção: Clarissa Duque (2008)

“MIRANDA REGRESA” - De 11 à 16/10
Sinopse: Um jovem jornalista entra na cela do general Francisco Miranda, na Caracas de 10 de julho de 1816, para que o militar lhe conceda uma entrevista. Durante o encontro, desencadeou-se uma volta ao passado, fazendo uma retrospectiva da vida daquele que é considerado o mais universal dos venezuelanos.
Direção: Luis Alberto Lamata (2007)

*Os filmes serão exibidos numa única sessão às 18 h(De Terça à Domingo).
*Filmes inadequados para menores de 12 anos
* Exibição em DVD
*Apoio: Consulado Geral da Venezuela em Belém do Pará.

·

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 02 a 08/03/17

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17