CINE TROPPO - SEMANA DE 31/05 À 06/06/13

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira Carvalho

Diretor Ken Loach fala sobre o filme “A Parte dos Anjos”

O que veio antes em “A Parte dos Anjos”, os garotos no tribunal ou a ideia do roubo do uísque?
R -As coisas são sempre muito orgânicas. Mas eu diria que foi o roubo do uísque. Num mundo que os rejeita, o que esses jovens podem fazer? Não quero ser cínico, dizendo que os bancos e os patrões também roubam, mas é o que todo mundo pensa, não? O roubo do uísque parecia uma ideia interessante e Paul (Laverty, o roteirista), que é advogado, há tempos queria abordar a questão do serviço comunitário. Quando se trabalha junto, como nós, é preciso estar na mesma sintonia. Tenho a impressão de que os roteiros que ele me propõe são cada vez mais ricos e complexos. Mesmo quando trabalha com estereótipos, ele propõe algo novo e verdadeiro.

Por que uma comédia?
R - Nosso filme anterior, Irish Route, sobre o Iraque, era muito pesado, com um final que deixava muitos espectadores aflitos ou frustrados. Até como reação contrária, pensamos - por que não algo para se ver sorrindo? Nada mudou na nossa maneira de ver o mundo, ou de como ele trata essas pessoas, mas os próprios personagens têm um olhar mais humorado e eu diria engenhoso na maneira de enfrentar a crise. Essa engenhosidade é que nos interessava.

Poucos diretores são tão realistas como você. O que pensa a respeito disso?
R - De eu ser realista? Eu venho de um meio operário. É o mundo que conheço e me interessa retratar. Tragédia ou comédia, é tudo a mesma coisa e os atores... O que espero deles é que pareçam reais para o público. Não quero falsificar nada. Paul Brannigan, que faz um dos protagonistas, nunca atuou antes, mas é inteligente, divertido e muito humano. É esse o meu prazer, trabalhar com gente como a gente.

Como você consegue atuações tão espontâneas?
R - Há sempre pequenos truques. Instruções que dou para um ator, não para o outro, coisas assim. Gosto de surpreender os atores nas cenas para que eles me surpreendam, também.

*O filme “A Parte dos Anjos” será exibido a partir do dia 05/06 no Cine Estação.

ESTRÉIAS DA SEMANA
“Se Beber Não Case 3” é a segunda sequência de um grande sucesso mundial que arrecadou milhões de dólares nas bilheterias mundiais.
“Faroeste Caboclo”
“A Fuga do Planeta Terra”(3D)
“Nuca fui tão Feliz”(Cine Olympia)

INDICAÇÕES
Livro
“Lanterna Mágica” de Ingmar Bergman – Lançado nos final dos 80, este livro de memórias do grande diretor Ingmar Bergman é uma das grandes referências de sua obra. No livro, Bergman demonstra ser muito crítico sobre seus trabalhos e compartilha com o leitor suas reflexões. Nesta nova edição, uma nova tradução e o ótimo prefácio escrito por Woody Allen demonstram mais do que nunca a importância da obra de Bergman.
Trilha Sonora
M83 é um grupo de música eletrônica francês formado por Nicholas Fromageau e Anthony Gonzalez. Depois do primeiro cd lançado em 2001, a banda ganhou uma grande exposição compondo a trilha sonora do filme “Oblivion” com Tom Cruise no elenco. A música funciona muito bem dentro da narrativa do filme com teclados e efeitos sonoros combinando com a trama e as cenas em geral. Destaque especial para a música tema interpretada por Susane Sundford.

AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira (Auditório do IAP):
Dia 03/06 - “O Vídeo de Benny” de Michal Haneke. Exibição às 19h. Entrada Franca.
Dia 17/06 – “O Sétimo Sêlo” de Ingmar Bergman. Exibição às 19h. Entrada Franca.
*Debate após a exibição com críticos da ACCPA. Apoio: ACCPA.

*Cine Olympia:
De 31/05 à 06/06 (exceto dias 01 e 03) – “Nunca fui tão Feliz” de Alexander Adolph. Sessão às 18:30 . Entrada Franca. Apoio : Instituto Goethe.
Dia 02/06 – “Sabrina” com Audrey Hepburn e Humprey Bogart. Sessão Cinemateca. Exibição às 16h. Entrada Franca.Apoio : ACCPA.
* Programação completa no site www.cinemaolympia..com.br.

*Cine Líbero Luxardo:
De 22 à 02/06 – “Depois de Lúcia”. Premiado em Cannes, o longa do diretor mexicano Michel Franco retrata a degeneração moral e ética por trás do bullying. Domingo com sessões às 17 e 19h.

*Cine Estação : De 05 à 30/06 – “A Parte dos Anjos” de Ken Loach. Sessões às 18 e 20:30 h.

*Cine Saraiva : Dia 04/06 – “Darkman : Vingança sem Rosto” de Sam Raimi. Sessão às 19h. Entrada franca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18