CINE TROPPO - SEMANA DE 30/11 À 06/12/12

CINE TROPPO 
Marco Antonio Moreira Carvalho

MEMÓRIA 
Os Melhores do Cinema em Belém em 1963 - II
Arnaldo Prado Junior
Em 1963 a Associação Paraense de Críticos Cinematográficos (APCC) escolheu os melhores do cinema, com base nas exibições realizadas no circuito comercial de Belém, “de acordo com o ponto de vista da recém-formada Associação Paraense de Críticos Cinematográficos (APCC).” Em 1962 houve, também, a escolha dos melhores do ano “de acordo com as opiniões dos “críticos militantes da cidade”. Fac-símiles das manchetes das páginas dos jornais da época (tirados de meu arquivo) que publicaram as escolhas estão ilustrando este texto, bem como uma cena de “A Aventura” (foto), o melhor filme do ano de 1963, onde aparecem Gabriele Ferzetti e Monica Vitti. Os melhores das categorias selecionadas em 1963 estão a seguir:
DIRETOR MICHELANGELO ANTONIONI, por “A Aventura” – 4 votos
ATOR BURT LANCASTER, por “O Homem de Alcatraz” – Unanimidade.
ATRIZ GERALDINE PAGE, por “O Doce Pássaro da Juventude” – 3 votos.
MELHOR ATOR COADJUVANTE KARL MALDEN, por “O Homem de Alcatraz” – 3 votos.
ATRIZ COADUVANTE BETTY FIELD, por “O Homem de Alcatraz” – 5 votos. 
ROTEIRISTA MICHELANGELO ANTONIONI e equipe, por “A Aventura” – 3 votos. CINEGRAFISTA Em cores: HENRY DECAE, por “Vida Privada” – 4 votos. Em preto e branco: “Bandido Giuliano” – 3 votos.
PARTITURA MUSICAL “AMOR, SUBLIME AMOR”, de autoria de LEONARD BERNSTEIN – 4 votos.
REVELAÇÕES
Diretor: SAM PECKINPAH, por “Pistoleiros do Entardecer”, e LESLIE STEVENS, por “Propriedade Privada” – 2 votos cada. Ator: ROBERT DHERY, por “A Bela Americana” e WARREN BEATTY, por “Anjo Violento” – 2 votos cada Atriz: MARIETTE HARTLEY, por “Pistoleiro do Entardecer” – 2 votos. Infantis: MARTIN STEPHENS, por “Os Inocentes” – 4 votos PAMELA FRANKLIN, por “Os Inocentes” – 4 votos.
FILME NACIONAL “GARRRINCHA, ALEGRIA DO POVO”, de Joaquim Pedro – 2 votos. MELHOR ATOR NACIONAL JECE VALADÃO, por “O Boca de Ouro” – 4 votos. MELHOR ATRIZ NACIONAL ODETTE LARA, por “O Boca de Ouro” – 4 votos. DIRETOR NACIONAL JOAQUIM PEDRO, por “Garrincha, Alegria do Povo” – 2 votos.
MELHOR EXIBIDOR EMPRESA DE CINEMAS SÃO LUIZ LTDA., na pessoa de seu gerente local, Sr. ADALBERTO AUGUSTO AFFONSO.
PIOR FILME “EXPERIÊNCIA CULMINANTE” - 3 votos.
Tanto em 1962 como em 1963, os melhores do ano no cinema em Belém foram escolhidos por críticos atuantes em algum meio de comunicação da cidade, com a predominância em jornais impressos em papel, sendo que atuação em programa de rádio incluiu dois críticos em 1962 e um em 1963. Certamente havia na cidade pessoas com cultura cinematográfica que os qualificaria para selecionarem os melhores do cinema, porém o critério de estar militando na crítica condicionou o número de participantes. Há uma história importante na cultura cinematográfica de Belém antes da APCC e que se desenvolveu em cineclubes. Tenho registro de três deles: Cineclube “OS ESPECTADORES” com Orlando Costa, Antônio Munhoz Lopes, Joaquim Francisco Mártyres Coelho, Maria Sylvia Ferreira da Silva Nunes, Benedito José Vianna da Costa Nunes, Abilio Diogo Couceiro, Stella de Castro Ribeiro, Acyr Paiva Pereira de Castro, Amilcar Tupiassu, Rafael Costa, Manoel Wilson Penna e Marcus Vinicius; Cineclube “JUVENTUDE”, com Arnaldo Prado Junior, Habib Fraiha Neto, Guilherme Sicsú e Pedro Rounié; Cineclube “OS NEÓFITOS”, com Ildefonso Guimarães, Maiolino de Castro Miranda, Francisco Fabiano Araújo, Surelle Moreira Alves de Souza, Luzemira Araújo, Letícia Paiva Vieira (não consegui identificar alguns nomes no documento que aprovou o estatuto do cineclube). O Cineclube “OS ESPECTADORES” foi fundado em 11 de fevereiro de 1955, o mais antigo dos três que citei. Certamente há manifestações ainda anteriores que precisam ser pesquisadas, registradas organizadamente e trazidas a público para que se tenha um panorama amplo da história da crítica de cinema em Belém.

AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira: Na programação de dezembro, com o apoio da ACCPA, serão exibidos “Contos da Lua Vaga” de K. Mizoguchi (dia 03/12)(foto) e “O Sacrífico” de A. Tarkovski (Dia 10/12) às 19h com entrada franca e debate com críticos da ACCPA . "Contos da Lua Vaga" se passa no século XVI, em um Japão feudal violento, quando um fazendeiro quer ser samurai e outro quer enriquecer através do comércio. O filme ganhou o Leão de Prata no Festival de Veneza de 1953.
*Cine Olympia: Domingo (dia 02) encerra a mostra de filmes “noir” com a exibição do clássico de Stanley Kubrick, “O Grande Golpe” realizado em 1956. A partir do dia 04/12, o Olympia vai exibir uma mostra de faroestes com grandes filmes como “Era Uma Vez no Oeste” de Sérgio Leone, sempre no horário das 18:30 h e com entrada franca. Na sessão Cinemateca, hoje às 16h será exibida a animação “O Estranho Mundo de Jack” produzido por Tim Burton. Entrada franca.
*Cine Estação: Neste fim de ano, o Cine Estação das Docas exibe um conto visionário e alucinante, “Cosmópolis”, de David Cronemberg, com estreia no dia 9 de dezembro, domingo, em sessão matinal às 10h e sessões noturnas às 18h e 20h30.
*Cine Saraiva : Dia 06/12, será exibido o filme “A Montanha dos 7 Abutres” (foto) de Billy Wilder com Kirk Douglas no elenco com sessão às 19h e entrada franca com debate com críticos da ACCPA após a exibição.No filme, Douglas interpreta um repórter que descobre uma chance de ficar famoso e vai fazer de tudo para conseguir seu objetivo.
*Cine Líbero Luxardo : A sessão Cult voltará com suas exibições normais a partir de dezembro com a exibição de “Antes do Amanhecer” (Dia 08) e “Antes do Por-do-sol” (dia 15) e com novo horário : 18 h. Entrada franca. Apoio : ACCPA.
*Cine Sesc Boulevard: De 04 à 09/12 acontecerá a exibição da 7ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. O grande homenageado do evento em 2012 é o brasileiro Eduardo Coutinho, considerado um dos mais importantes documentaristas da atualidade em todo o mundo. Confira a programação completa no site www.cinedireitoshumanos.org.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18