CINE TROPPO - SEMANA DE 11 A 17/12/14

Cine Troppo 
Marco Antonio Moreira Carvalho 


*Uma das principais estreias da semana é “Amar, Beber e Cantar”, último filme realizado pelo grande cineasta francês Alain Resnais, mesmo diretor de “Hiroshima me Amor” (1959) e “Ano Passado em Marienbad” (1962). No filme, um grupo de teatro amador está ensaiando uma nova peça, quando uma notícia triste abala a todos: George, amigo próximo da trupe, está doente. De acordo com os médicos, ele tem no máximo seis meses de vida. Enquanto as mulheres do grupo começam a relembrar a antiga paixão pelo mulherengo George, os homens têm uma ideia inusitada: e se o amigo doente fosse chamado para interpretar um dos personagens da peça? Resnais é um dos grandes nomes do cinema e faleceu esse ano deixando uma obra cinematográfica exemplar. Vale a pena conferir seu último trabalho.

*A organização do Festival Sundance anunciou a lista de pré-estreias especiais de sua edição 2015, que acontecerá entre 22 de janeiro e 1° de fevereiro. O primeiro grande festival do ano exibirá novos filmes de diretores como Noah Baumbach, Michael Almereyda, Rodrigo García, James Ponsoldt e a dupla Robert Pulcini & Shari Springer Berman, entre outros. Foi anunciada ainda a agenda de eventos especiais, como exibição de curtas-metragens e performances ao vivo. Um dos filmes mais aguardados é “Mistress America”, do diretor e roteirista americano Noah Baumbach (A Lula e a Baleia/Frances Ha). O novo projeto de Baumbach é uma comédia que acompanha a trajetória de Tracy, uma solitária universitária em Nova Iorque. Rodrigo García (Passageiros, Destinos ligados) irá ao festival na condição de diretor e roteirista do filme “Last Days in the Desert” estrelado por Ewan McGregor no papel de Jesus. Outro destaque é o provocativo filme estrelado por James Franco “I Am Michael” , mais nova realização do diretor Justin Kelly. Franco interpreta Michael Glatze, um antigo jornalista e ativista gay que rejeita a sua homossexualidade e se torna um pastor.

* O filme do diretor Richard Linklater, “Boyhood – Da infância à juventude” foi o grande destaque da premiação da Associação de Críticos de Los Angeles levando quatro prêmios: filme, direção, atriz para Patricia Arquette e edição para Sandra Adair. O projeto inovador de Linklater foi feito durante 12 anos e acompanha a juventude de um garoto, Mason, filho de pais separados, tornando-se um dos filmes mais comentados pela crítica em 2014 e um dos prováveis favoritos ao “Oscar” do próximo ano.”Boyhood” também foi o grande vencedor da premiação da Sociedade dos Críticos de Cinema de Boston, levando cinco troféus: filme, diretor, elenco, edição e roteiro.

*”Procurando Dory”, a sequência da animação de sucesso “Procurando Nemo” (2003), teve novidades reveladas por Jim Morris, presidente da Pixar. Morris revelou que o filme será ambientado seis meses após os acontecimentos do primeiro filme e acompanhará Marlin, Nemo e Dory em busca da família da peixinha azul esquecida.O filme será principalmente ambientado no Instituto de Biologia Marinha da Califórnia, um complexo de reabilitação da vida marinha e aquário. Lá, Dory descobre onde nasceu e foi criada, até ser liberada no oceano ainda muito jovem. Novos personagens serão apresentados, como um polvo, leões marinhos, uma baleia beluga, entre outros. “Procurando Dory” tem data de estreia prevista para junho de 2016.

* “Vício Inerente” (Inherent Vice), a adaptação ao cinema do romance de Thomas Pynchon que vai reunir Paul Thomas Anderson e o ator Joaquin Phoenix depois de “O Mestre”, ganhou um novo trailer disponível na internet. Na trama, o detetive maconheiro Larry "Doc" Sportello (Phoenix) perambula pela Los Angeles de 1970 investigando o caso do desaparecimento de sua ex-namorada. Jena Malone será a ex-viciada Japonica Fenway, que pede ajuda a Sportello, enquanto Katherine Waterston deve ficar com o papel da ex-namorada, Shasta Fay Hepworth. Owen Wilson faz o músico Coy Harlingen e Benício del Toro será o advogado que sempre luta para livrar Sportello de enrascadas. Josh Brolin, Sean Penn, Reese Witherspoon e Martin Shorttambém estão no elenco. No Brasil, o livro foi lançado pela Companhia das Letras.

*O cineasta português Manoel de Oliveira, comemorou esta semana seu 106º aniversário com o lançamento de um curta-metragem. Na ocasião, recebeu na cidade do Porto, as insígnias de Grande Oficial da Legião de Honra francesa. A distinção lhe foi entregue pelo embaixador da França em Portugal, Jean-François Blarel, em uma cerimônia no museu da Fundação de Serralves, importante instituição cultural da cidade natal do cineasta. Manoel de Oliveira é o quarto português reconhecido pela França como grande oficial da Legião de Honra. Em seu caso será uma promoção, já que em 2005 o presidente Jacques Chirac o fez comandante da Legião de Honra. O último curta do mais longevo dos diretores de cinema já entrou em exibição no circuito português de exibição. O filme, intitulado "O Velho do Restelo" e rodado em Porto na primavera boreal passada, já foi apresentado na Mostra de Veneza. Também será projetado no Porto em um festival de cinema. Descrito por seu diretor como "uma reflexão sobre a humanidade", o curta de 19 minutos é inspirado no personagem de um poema épico de "Os Lusíadas", escrito no século XVI por Luís de Camões para narrar os grandes descobrimentos dos navegadores portugueses. Desde o lançamento de seu primeiro filme, em 1931, nos tempos do cinema mudo, Manoel de Oliveira já rodou mais de 50 longa-metragens de ficção e documentário, realizando a maior parte de sua obra após completar 60 anos de idade. 


INDICAÇÕES

ESTREIAS
“O Hobitt: A Batalha dos Cinco Exércitos”
 (Lançamento Nacional)

“Kabrat”
 (Cine Olympia)

“Amar, Beber e Cantar”
 Último filme do diretor Alain Resnais (de “Hiroshima Meu Amor” e “Ano Passado em Marienbad”)  (Cine Estação)

LIVRO 
“Godard, Imagens e Memórias”
José Francisco Serafim reúne, nesta obra, diversos estudiosos da área que exploram o filme “História(s) do Cinema”, um filme fundamental na carreira do diretor Jean-Luc Godard.

AGENDA
*Cine Olympia:
 De 12 a 18/12 – “Kabrat”. Sessão às 18h30min h. Entrada Franca. Apoio: Instituto Goeth. Uma voz durante um sonho atrai Krabat, órfão de quatorze anos, para um moinho misterioso. Chegando lá, o mestre sombrio o recebe como aprendiz de magia. No decorrer da história, ele aprende junto com outros onze rapazes, não somente a ser moleiro como também a arte da magia negra. Mas o preço que se paga por isso é alto: a cada passagem de ano, um aprendiz deve pagar com sua vida.

*Cine Líbero Luxardo:
De 10 a 14/12 - Mostra Bate-Estaca. Apresentação de documentários que abordem o universo da música eletrônica.

*Cine Estação:
De 10 a 28/12 – “Amar, Beber, Cantar” de Alain Resnais (Hiroshima meu Amor).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18