CINE TROPPO - SEMANA DE 17 À 23/04/13

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira

Supernovas


*O cinema Olympia completa 101 anos de atividades no dia 24/04/13 confirmando mais uma vez sua importância histórica e cultural para o estado do Pará. Sendo o cinema mais antigo do Brasil em funcionamento, o cinema Olympia é uma referência cinematográfica para todos os paraenses sendo administrado desde 2006 pela Fundação Cultural do Município de Belém da Prefeitura Municipal de Belém. Com uma programação selecionada que dá prioridade a qualidade na exibição de filmes, o cinema Olympia vai comemorar seus 101 anos de fundação com uma programação especial com músicos paraenses de renome e a exibição especial do filme "Aurora" de F. W. Murnau, realizado na época do cinema mudo e que terá acompanhamento musical ao vivo do grande pianista Paulo José Campos de Melo, em parceria com Fundação Carlos Gomes. Confira a programação completa do dia 24/04/13: 19:00h -Apresentação do músico Robenare Marques executando o tema musical do centenário do cine Olympia (de sua autoria) e trilhas sonoras de filmes como "Em Algum Lugar do Passado" e "Tempos Modernos".19:15h - Apresentação do músico Salomão Habbib executando a suíte OLYMPIA (de sua autoria) feita em homenagem ao cinema Olympia.19:30h - Exibição do filme AURORA (1927) de F. W. Murnau com acompanhamento musical ao vivo do pianista Paulo José Campos de Melo.Entrada Franca


*"Oblivion" com Tom Cruise não decepciona e nem surpreende. A história original (?) lembra os roteiros de "Matrix", "Blade Runner" entre outros filmes e livros de ficção científica. Apesar de previsível especialmente nos minutos finais, o filme mantém a atenção com alguns elementos interessantes na narrativa e por isso vale a pena ir conferir. A trilha sonora,composta por Anthony Gonzales da banda eletrônica M83 tem muito do estilo do grande tecladista grego Vangelis (compositor de “Blade Runner” e “Carruagens de Fogo”) e merece um destaque especial junto com a boa fotografia (Claudio Miranda) e desenho de produção.

*”Pai Patrão”, clássico do cinema italiano dirigido pelos irmãos Taviani será exibido no cineclube Alexandrino Moreira em Maio. O filme ganhou a Palma de Ouro em Cannes e foi um dos primeiros filmes a ser exibidos no cinema 1 em sessões especiais às 23:30 h em 1978. Muitos se lembram disso mais é bom destacar: nos anos 70, Belém tinha cinemas com sessões às 22:30 h (Cine Palácio) e também às 23:30 h (cinemas 1 e 2). Lembro de ver o filme no cinema 23:30 h com um bom público. Será que teríamos um grande público para ver este filme hoje nos cinemas?Acredito (e espero) que sim. “Pai Patrão” será exibido dia 20/05 com entrada franca.

*Ver e rever “Blade Runner” em blu-ray é sempre uma boa experiência. O filme se mantém atual no seu tema, na sua narrativa e até mesmo nos seus efeitos especiais que já eram avançados demais para o início dos anos 80 (o filme foi lançado em 1982 mais sua produção começou em 1980). Nesta edição comemorativa de 30 anos, destaque especial para os “extras” que tem como destaque o documentário “Dias Perigosos”, galeria de fotos em alta definição, introdução à versão final feito pelo diretor Ridley Scott e comentários do diretor, produtor executivo e co-roteirista. No momento em que se fala a possibilidade de uma sequência para o filme, nada melhor que ver/rever este cult-movie dos anos 80. Destaque especial para a grande trilha sonora de Vangelis.

*O clássico expressionista alemão “O Gabinete do dr. Caligari” de Robert Wiene, terá exibição com cópia digitalmente restaurada no Festival de Berlim do ano que vem. Foi naquela cidade que o filme foi exibido pela primeira vez, em 26 de fevereiro de 1920. A sessão ocorrerá dentro da seção Berlinale Classics do evento, que ocorrerá de 6 a 16 de fevereiro de 2014. A trilha musical será composta especialmente para a ocasião pelo músico de jazz John Zorn.


*Depois de passar por vários países da Europa e pelos Estados Unidos, a elogiada exposição dedicada ao cineasta Stanley Kubrick (foto) desembarcará no Brasil em outubro próximo, no Museu da Imagem e do Som de São Paulo. A mostra foi organizada por Christiane Kubrick, viúva do cineasta, em parceria com o Museu do Cinema Alemão e o arquivo Stanley Kubrick da University of the Arts de Londres. Entre os itens expostos estão câmeras, fotografias, roteiros e figurinos de seus principais filmes.

ESTRÉIAS DA SEMANA

“A Morte do Demônio”
“Um Porto Seguro”
“O Acordo”
"E se Vivêssemos todos Juntos" (Cine Líbero Luxardo - a partir de quarta-feira)
"No" (Cine Líbero Luxardo - a partitr de quarta-feira)

AGENDA

*Cineclube Alexandrino Moreira: Dia 29/04, em parceria com a ACCPA, será exibido o filme “Sua Única Saída” de Raoul Walsh, clássico produzido em 1947. No filme, o personagem Jeb Rand é criado pela Sra. Callum, que oculta seu passado, ainda que pesadelos antigos atormentem a mente do rapaz. Com o passar dos anos, decidido a casar com sua irmã de criação, Jeb lutará contra os parentes da moça que se colocarem no caminho e consequentemente entenderá melhor o que ocorreu de obscuro em sua vida quando criança. O filme será exibido às 19 h, entrada franca e debate após a exibição com críticos da ACCPA.


*Cine Olympia: O filme “Andalucia” está em exibição até 25/04 (com exceção do dia 22 e 24/04)) às 18:30 h com entrada franca. Filho de imigrantes magrebinos, Yacine leva uma vida livre em meio a constantes escapadas, sempre fugindo das amarras comunitárias. Ele vive numa caravana próxima à periferia de Paris, errando entre um trabalho temporário e outro. Uma série de encontros casuais conduzirão Yacine a Andalucia após uma pequena parada em Toledo. Apoio: Cinemateca da Franca (CineFrance)/Cinemateca da Embaixada da França no Brasil /Instituto Français.. Na sessão Cinemateca, domingo dia 21, será exibido “O Seresteiro de Acapulco” em homenagem ao cantor Elvis Presley às 16 h com entrada Franca dentro do projeto CINEMA E CLÁSSICOS DO ROCK. Antes do filme, música ao vivo com canções que foram interpretadas por Elvis.


*Cine Líbero Luxardo: ”Além das Montanhas” está em exibição até domingo, dia 21.. “Além das Montanhas" é o terceiro longa metragem do diretor romeno Cristian Mungiu. O filme conta a história de duas amigas, Voichita e Alina. Alina retorna da Alemanha para reencontrar Voichita, que conheceu no orfanato onde ambas foram criadas. Alina está disposta a levar a sua amiga com ela, mas a garota agora mora num isolado monastério na Romênia, onde acredita ter encontrado um lar e a fé. Sem entender a amiga, Alina passa a enfrentar constantemente um padre local. Ele, por sua vez, passa a acreditar que a jovem está possuída. O filme venceu as Palmas de melhor atriz e melhor roteiro no Festival de Cannes.

*Cine Saraiva : “O Início do Fim” de Rolland Joffé será exibido dia 25/04 às 18 h com entrada franca na Livraria Saraiva dentro da parceria da ACCPA com a APC (Academia Paraense de Ciências).No elenco, Paull Newman.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18