CINE TROPPO - SEMANA DE 12 À 18/10/12

CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho

CICLO HOWARD HAWKS
 Howard Hawks (1896-1977) foi um cineasta versátil por excelência. Abordou quase todos os gêneros com uma linguagem rica e ao mesmo tempo popular. Amigo de atores como John Wayne,e o casal Humphrey Bogart e Lauren Bacall,( de quem se colocava como Cupido pois apresentou ela a ele durante as filmagens de “Aventura na Martinica”), gostava particularmente da comédia e do western. Na comédia foi considerado um dos “pais” do chamado “screwball” ou “comédia sofisticada”, irritando os censores em títulos como “A Noiva Era Ele”(I Was a Male War Bride/1949). E no western rivalizou com Ford em clássicos como “Rio Vermelho”(Red River/1948), “Onde Começa o Inferno”(Rio Bravo/1959) ou “El Dorado”(1962).
Os filmes assinados por Hawks eram geralmente sucesso de bilheteria e também de critica (fato raro desde muitos anos). A sua capacidade de alcançar temas diversos levou-o também a se inscrever entre os que melhor focalizaram épocas criticas da história americana como a depressão do final dos anos 20 com os gangsteres surgidos à margem. É dele o antológico “Scarface”(1932) feito numa época em que o “biografado” Al Capone ainda era vivo e ativo.Dois filmes ilustrarão a obra de Hawks no Cine Clube Casa da Linguagem: os citados “Onde Começa o Inferno” e “Scarface, a Vergonha de uma Nação”.
“Onde Começa o Inferno” (exibido dia 09/10 no cineclube da Casa da Linguagem e disponível em DVD) focaliza a coragem de um xerife, um bêbado e uma corista em prender o irmão de um notório pistoleiro. John Wayne,como de habito, é a força a serviço da lei, mas o que impressionou foi o papel de Dean Martin, ator que iniciou carreira como parceiro de Jerry Lewis em comédias especificas, ele fazendo o “Folgado” da dupla “O Biruta e o Folgado”, mais tarde uma revelação como cantor, não à toa da “troupe” de Frank Sinatra. Martin é o alcoólatra que é obrigado a impor a ordem, mas não consegue, muitas vezes, nem se equilibrar de pé. No papel da mocinha valente está Angie Dickinson. Western maior de qualquer época. “Scarface” (que será exibido dia 23/10 na Casa da Linguagem) trata dos que se aproveitaram da “lei seca” nos idos de 1929/30 para ganhar dinheiro e intimidar concorrentes. Nessa época cresceu o prestigio de Alfonso Capone, marcado por um cicatriz no rosto que lhe dava a alcunha de “Cara Cortada”(Scarface). Como o personagem real ainda estava nas ruas, o roteiro de Ben Hetch baseado no livro de Armitage Trail deu-lhe o nome de Tony. Foi uma brilhante criação do ator Paul Muni (que fez mais tarde o professor de Chopin em “À Noite Sonhamos”). O filme acabou inscrito entre os primeiros grandes da série que deu margem a um “subgênero”(filme de gangster) ao lado do que se conhece como “filme noir”. Os dois filmes servem de iniciação à obra de um cineasta que marcou a indústria cinematográfica na fase sonora. Indispensáveis a cultura cinematográfica. (Pedro Veriano)

CICLO HOWARD HAWKS
"ONDE COMEÇA O INFERNO"
"SCARFACE : VERGONHA DE UMA NAÇÃO" (dia 23/10)
 Cine Clube da Casa da Linguagem (Assis de Vasconcelos com Nazaré)
Horário : 18h
Entrada Franca
Apoio : ACCPA (ASSOCIAÇÃO DOS CRÍTICOS DE CINEMA DO PARÁ)

ESTREÍAS DA SEMANA
 “Os Infratores” de John Hillcoat. Com Tom Hardy, Guy Pearce, Gary Oldman, Shia LaBeouf, Jessica Chastain, Mia Wasikowska, Três jovens irmãos escrevem as primeiras páginas da máfia com sua rebeldia e força. Baseado no livro “Wettest County” de Matt Bondurant
"A Entidade" com Etha Hawke
"Procurando Nemo"(3D)
"Poder Paranormal" com Robert de Niro

Próximos Lançamentos (Destaques)
“Fausto” de A. Sokurov (Dia 18/10 - Cine Estação)
“Mostra de Filmes – TARZAN” (A partir do dia 16/10 - Cine Olympia)
AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira : Dia 22/10, será exibido o primeiro filme da Trilogia das Corês de autoria do cineasta polonês K. Kieslowski com “A Liberade é Azul” às 19 h com entrada franca e debate. Os outros filmes da trilogia serão exibidos em novembro e dezembro, respectivamente.
*Cine Olympia: Devida procissão do Círio de Nazaré, não haverá sessão no domingo, dia 14/10. Na terça-feira começa a mostra de filmes de TARZAN, todos protagonizados pelo ator Johnny Weissmuller. Confira a programação: Dia 16 - TARZAN O FILHO DAS SELVAS (1932), Dia 17 - A COMPANHEIRA DE TARZAN (1934), Dia 18 - A FUGA DE TARZAN (1936), Dia 19 - O FILHO DE TARZAN (1939), Dia 20 - O TESOURO DE TARZAN (1941) e Dia 21 - TARZAN CONTRA O MUNDO (1942). Sessão às 18:30 H com entrada franca.
*Cine Líbero Luxardo: O projeto Plano Sequência com sessões de quinta-feira a sábado na Fonoteca Satyro de Mello (4º andar do Centur) exibirá de 18 a 20 de outubro, às 19h, a mostra Glauber Rocha. Entrada Franca.
*Cine Estação: A partir de 18/10, estreia “Fausto” de A. Sokurov, considerado um dos melhores filmes do ano pela crítica especializada..
*Cineclube da Casa da Linguagem: Em parceria com a ACCPA, em Outubro acontecerá um ciclo em homenagem ao diretor Howard Hawks. Dia 23/10, será exibido “Scarface : Vergonha de uma Nação” (dia 23) às 18h com entrada franca.
*Cine Sesc Boulevard : Dia 24/10, em parceria com a ACCPA , será exibido o filme “Garapa” (foto) de Jose Padilha às 19h com entrada franca e debate com críticos.
* Feliz Círio para todos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18