CINE TROPPO - SEMANA DE 18 À 24/02/11

CINE TROPPO
Marco Antonio Moreira Carvalho

Lançamentos da Semana
Caso não haja alterações de última hora, a estréia da semana é “Besouro Verde”.
Em “Besouro Verde”, Britt Reid (Seth Rogen) é o filho do magnata da mídia mais importante e respeitado de Los Angeles, vivendo uma vida perfeitamente feliz e irresponsável de farras -- até que seu pai (Tom Wilkinson) morre misteriosamente, deixando seu vasto império de mídia para Britt. Estabelecendo uma improvável amizade com um dos funcionários mais dedicados e geniais de seu pai, Kato (Jay Chou), eles veem a chance de fazer algo significativo pela primeira vez em suas vidas: combater o crime. Mas para fazer isso, decidem se tornar foras da lei -- eles zelam pela lei infringindo-a, e Britt se transforma no vigilante Besouro Verde, patrulheiro das ruas, ao lado de Kato.Empregando toda a sua engenhosidade e suas muitas habilidades, Kato constrói um armamento que é um exemplo de modernidade retrô, o Beleza Negra, um carro indestrutível cuja potência de fogo equivalente à sua potência em cavalos. Circulando pela cidade numa fortaleza móvel sobre rodas prendendo criminoso com as engenhocas criativas de Kato, o Besouro Verde e Kato rapidamente se tornam populares e, com a ajuda da nova secretária de Britt, Lenore Case (Cameron Diaz), eles vão atrás do homem que controla o sórdido submundo de LA: Benjamin Chudnofsky (Christoph Waltz). Mas Chudnofsky tem seus próprios planos: esmagar o Besouro Verde de uma vez por todas.A direção é de Michel Gondry (Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças). O filme será exibido em 3D em alguns cinemas.
Continuações
Ainda em exibição, em últimas semanas: “Cisne Negro” com Natalie Portman (sucesso de público em Belém), “Bravura Indomita” com Jaff Bridges, “O Vencedor” com Christian Bale, “Caça às Bruxas” com Nicolas Cage, “Burlesque” com Cher, “O Turista” com Johnny Deep e “Zé Colméia”.
QUADRO DE COTAÇÕES / ACCPA
MARCO MOREIRA PEDRO VERIANO LUZIA ÁLVARES

“Cisne Negro” Excelente/Bom/Muito Bom
---------------------------------------------------------------
“O Discurso
do Rei” Excelente/Excelente/Excelente
---------------------------------------------------------------
“Bravura
Indomita” Excelente/Muito Bom/Muito Bom
---------------------------------------------------------------
“Um Amor
tão Frágil”
(DVD) Excelente/-/-
---------------------------------------------------------------
“O Bem
Amado”
(DVD) Razoável/Fraco/Fraco
---------------------------------------------------------------
“A Mulher
Infiel”(DVD) Muito Bom Exelente Excelente
---------------------------------------------------------------

SUPERNOVAS
*A organização do Cine PE anunciou alguns dos nomes que serão homenageados em sua 15ª edição, que acontece de 30 de abril a 6 de maio em Recife e Olinda. José Padilha e Wagner Moura, de Tropa de elite 2, e os cineastas Paulo Caldas e Lírio Ferreira, cujo filme de estreia, “O Baile Perfumado”, foi exibido na primeira edição do evento, receberão homenagens, assim como Chico Diaz, o primeiro a receber o prêmio de melhor ator no festival pernambucano (em 1998, por “Os Matadores”). A montadora e professora Vânia Debbs também será homenageada. No dia 12 de abril, o Cine PE lança a sua programação oficial em um evento para a imprensa no Rio de Janeiro.
*Neville Page e outros cinco profissionais da área dos efeitos digitais vêm ao Brasil para o The Union, evento que se realiza no dia 15 de março, no WTC de SP. Voltado para estudantes e profissionais de computação gráfica, cinema, games, artes, publicidade e animação, o The Union é organizado em conjunto pela escola brasileira Saga e pela norte-americana Gnomon. Mais informações em www.theunion.com.br.
*Começam em abril as filmagens de “Gone”, que marca a estreia do diretor brasileiro Heitor Dhalia (de À deriva e O cheiro do ralo) em Hollywood. Produzido pela Summit Entertainment – a mesma da saga “Crepúsculo” -, o filme terá como protagonista Amanda Seyfired (de Mamma Mia! e Cartas para Julieta). Gone conta a história de uma mulher em busca de sua irmã desaparecida, raptada por um serial killer. Após as filmagens, o diretor retomará o projeto de Serra Pelada, pela brasileira Paranoid Filmes.
*A Weinstein Company adquiriu os direitos para distribuição nos Estados Unidos de “Coriolanus”, filme dirigido e estrelado por Ralph Fiennes que foi exibido neste fim de semana no Festival de Berlim. Baseado na peça de William Shakespeare, o longa também traz no elenco Gerald Butler e Vanessa Redgrave. No Brasil, “Coriolanus” será lançado pela Califórnia, com previsão de estreia no segundo semestre.
*A Wild Bunch fechou acordo para representação comercial do próximo filme de Fernando Meirelles, intitulado “360”, que começa a ser rodado em março. No elenco estão Rachel Weisz, Jude Law e Anthony Hopkins, e o roteiro é inspirado no clássico “La Ronde”, de Max Olphus. 360, que tem orçamento de US$ 15 milhões, começou a ser vendido no European Film Market do Festival de Berlim e já tem contratos de distribuição na França e na Itália.
*Aos 88 anos, o cineasta francês Alain Resnais começou a rodar na semana passada, em Paris, seu 20º longa-metragem de ficção. “Vous n’avez encore rien vu” (Vocês ainda não viram nada) é uma adaptação da peça Eurydice, de Jean Ahnouil. No elenco estão atores habitués dos filmes de Resnais, como Sabine Azema, Lambert Wilson, Mathieu Almaric e André Dussolier.
*A ACCPA (Associação dos Críticos de Cinema do Pará) agora tem um site à disposição do internauta: www.accpara.com.br .No site da ACCPA, tem a programação dos cinemas comerciais e alternativos, críticas, calendários de estreias, enquete, etc..Confira!
*Acesse “Odisséia”, meu blog sobre cinema e outros assuntos no endereço http://www.marcoantoniomoreira.blogspot.com/.
* Meu Twitter: www.twitter.com/marcomoreira_

Cinema/Crítica
“O Discurso do Rei” de Tom Hooper. Com Colin Firth e Geoffrey Rush
. O cinema moderno de hoje é cheio de virtudes e defeitos. Muita imagem, poucos diálogos inteligentes, personagens muitas vezes mal estruturados e uma pressa enorme de chegar à lugar nenhum em filmes que não tem nada a dizer. Por isso, eventualmente é importante vermos um filme como “O Discurso do Rei”. No filme, vemos as dificuldades de George (futuro Rei George VI), um membro da monarquia, que desde os 4 anos, é gago. Um sério problema para quem um dia poderá fazer discursos e comandar uma nação. Já adulto e inseguro sobre seu problema, George, através de sua esposa, acaba se tratando com um terapeuta que tem um método pouco convencional de resolver este tipo de problema e lentamente, George vai superando suas dificuldades se tornando uma pessoa mais acertiva, segura, de personalidade. Mas antes disso, ele passa por uma odisséia pessoal para entender a origem da sua gagueira. E é isso que muda sua vida para sempre, através da ajuda do terapeuta (magistralmente interpretado por Geoffrey Rush).Uma história simples mas que é tratada com um requinte de imagens, diálogos, interpretação e dignidade que nem sempre vemos nos filmes atuais. “O Discurso do Rei” é um filme que pode ser criticado por ser acadêmico demais e conservador demais em termos de narrativa mais a história do filme basicamente precisava deste tipo de direção, feita com correção por Tom Hooper. “O Discurso do Rei” é um filme sobre a amizade e sua importância dentro da vida de um personagem que se vê pela primeira vez diante de seu próprio dilema e que o supera. Uma superação que surge de uma relação iniciada com indiferença e que aos poucos se percebe forte ao ponto do futuro Rei George, do alto da sua “divindade”, perceber o quanto humano é e deverá ser para realmente se encontrar. Acusado de omitir fatos históricos sobre o Rei George, “O Discurso do Rei” certamente está acima disso. Seu compromisso não é com a história completa do personagem principal mais sim com um momento específico da vida de duas pessoas completamente diferentes que de alguma forma, crescem e mudam a história, especialmente a história de um homem, que vale muito mais que qualquer fator histórico. Certamente, o filme é uma surpresa. E por favor, Colin Firth merece mais do que nunca ganhar o “Oscar”. Sua atuação é exemplar e merece ser premiada.

DICAS
*“Oscar” 1
: No próximo dia 23, quarta-feira, na Livraria Saraiva (Boulevard Shopping), haverá um bate-papo sobre a entrega do “Oscar”, prêmio mais importante do cinema americano que este ano acontecerá no domingo, dia 27/02. Estarei presente no evento junto com João Inácio, da Caiana Filmes. Além do bate-papo com o público, serão exibidos cenas dos filmes indicados, e estaremos contando várias histórias do prêmio além de apontar os favoritos aos prêmios principais deste ano. No final do evento, haverá sorteio de livros de cinema, filmes e ingressos de cinema. O encontro começará às 19h com entrada franca.
* “Oscar” 2 : No próximo dia 27, a Caiana Filmes estará promovendo um encontro com os cinemaníacos da cidade para a exibição do “Oscar” através da ORM Cabo. Haverá um “bolão” para os participantes do evento e sorteio de prêmios. A noite do “Oscar” na Caiana começa a partir das 20 h. Maiores informações no www.caianafilmes.com.br
*Incrições :Estão abertas as inscrições para o edital do Programa Cultural das Empresas Eletrobras 2011, que investirá o total de R$ 13,8 milhões em patrocínio a projetos culturais nas áreas de fomento ao teatro, audiovisual e patrimônio imaterial. Furnas será a empresa responsável pelo processo de seleção de projetos de filmes de longa-metragem de ficção e também festivais e mostras de cinema. As inscrições vão até 13 de abril e poderão ser feitas pelo site www.eletrobras.com.

AGENDA
- Cine Olympia: Continua a mostra de filmes do diretor Carlos Nader. Hoje é o último dia de exibição do curta-metragem “Carlos Nader” e do longa “Pan-Cinema Permanente” às 18:30 h com entrada franca. Na sessão Aventura, com apoio da ACCPA, será exibido o filme “Furacão” de John Ford, trabalho pouco conhecido de sua longa carreira.Realizado em 1937, a ação se passa no Tahiti na primeira metade do século XX. Um jovem marinheiro é explorado por seu patrão ligado ao governo colonial. Ele rebela-se e fica em casa,com a esposa, numa outra ilha. O cenário muda radicalmente quando chega um furacão, destruindo tudo. Entrada franca.
*Cine Líbero Luxardo: O Cine Líbero Luxardo estabelece mais um ano de parceria com a Sobretudo Produções com a realização do 3º Festival do Júri Popular, que acontece de 16 a 20 de fevereiro, de quarta-feira a domingo às 19h, em sessões duplas na quinta e na sexta às 17h. A entrada é franca. Ampliando seu raio de atuação, o mais abrangente festival de cinema do país aconteceu em 22 cidades brasileiras, simultaneamente, na intenção de consolidar essa fórmula de interação com o público e de continuar levando o formato de curta-metragem as mais diversificadas platéias. O festival mantém o conceito competitivo, sem júri oficial, onde o espectador vota em todas as categorias como: Melhor Fotografia, Melhor Ator, etc. Na escolha dos curtas, o Comitê de Seleção formado por Eduardo Ades (produtor e curador), Ines Aisengart Menezes (curadora), Maria Flor Brazil (produtora), Raphael Mesquita (diretor e produtor) e Angelo Defanti (coordenador do festival) avaliou mais de 400 inscrições e selecionou 41 obras de várias cidades brasileiras. Maiores informações no blog do Cine Líbero Luxardo: http://cineliberoluxardo.blogspot.com/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18