CINE TROPPO DOMINGO DIA 09/05/10


CINE-TROPPOMarco Antonio Moreira Carvalho

CINEMA/Lançamentos da Semana
Caso não haja nenhuma modificação de última hora, as estréias da semana são “A Hora do Pesadelo” e “Missão Quase Impossível”.
“A Hora do Pesadelo” é baseado nos personagens criados pelo diretor Wes Craven que fizeram muito sucesso em 1984 e que resultou numa série de continuações que acabaram por empobrecer o filme original. Nesta nova versão, um grupo de adolescentes suburbanos compartilha um vínculo: todos estão sendo perseguidos por Freddy Krueger, um assassino horrivelmente desfigurado que os caça durante seus sonhos. Quando acordados, eles protegem uns aos outros mais quando estão dormindo, não há escapatória. O filme é dirigido por Samuel Bayer (conhecido diretor na área de videoclips musicais especialmente do clássico “Smells like Teen Spirit” do grupo Nirvana) e é produzido por Michael Bay, produtor que tem sido o responsável por uma série de novas versões de filmes de terror como “O Massacre da Serra Elétrica” e “Horror em Amityville”.
“Missão Quase Impossível” tem Jackie Chan como protagonista. Bob 006 (Chan) acreditava que deixando para trás a vida de super espião da CIA finalmente conseguirá levar uma vida normal e tranquila ao lado da sua vizinha e namorada. Bob precisava cumprir só mais uma missão antes de casar com Gillian: conquistar os filhos dela. Mas as crianças tem um plano de tornar a vida de Bob impossível e fazer ele de casar com a mãe deles. Sem querer, eles entregam a localização de Bob a um terrorista russo e, agora, Bob e as crianças vão ter que deixar as diferenças de lado e se unirem para salvar o mundo.

QUADRO DE COTAÇÕES / ACCPA
FILMES MARCO MOREIRA PEDRO VERIANO LUZIA ÁLVARES
“Homem de
Ferro 2” - - Razoável
------------------------------------------------------------------------------------

Alice no País
das Maravilhas” Bom Bom Bom
------------------------------------------------------------------------------------
“Johnny Vai à
Guerra” Excelente Excelente Excelente
------------------------------------------------------------------------------------

“Senhorita
Julia” (DVD) Excelente Muito Bom Muito Bom
------------------------------------------------------------------------------------
“Onde Vivem
os Monstros”
(DVD) Muito Bom Razoável Muito Bom

------------------------------------------------------------------------------------

Pasqualino Sete
Belezas”(DVD) Muito Bom Muito Bom Muito Bom
------------------------------------------------------------------------------------

SUPERNOVAS
*Devido ao sucesso dos cursos que vem promovendo sobre cinema, a Caiana Filmes anuncia para maio a abertura de inscrições para a 3ª turma do curso de crítica cinematográfica com a minha participação como instrutor e a 2ª turma do curso de Quadrinhos e Cinema com Arnaldo Prado Jr.. As inscrição estão abertas e podem ser feitas na Caiana Filmes nos telefones
* Naomi Watts (Senhores do Crime) e Ewan McGregor (A Ilha) assinaram para estrelar o drama “The Impossible”.Juan Antonio Bayona (O Orfanato) dirige. “The Impossible' será baseado em fatos reais e se passa durante os eventos que ocorreram quando um Tsunami enorme atingiu a Tailândia e outras áreas em 2004.
*Com o sucesso de '[REC] 2: Possuídos' nas bilheterias e críticas por onde está sendo exibido, mais duas sequências foram oficializadas.Segundo a Variety, a Filmax Entertainment confirmou a produção de “[REC]: Genesis” e “[REC]: Apocalypse”. Genesis mostrará a origem do vírus visto nos dois primeiros filmes, enquanto Apocalypse vai mostrar o que aconteceu no mundo devastado pelo mesmo.Os diretores Jaume Balaguero e Paco Plazo voltam ao comando. [REC] 2: Possuídos', que estreia no Brasil em 13 de Agosto, começa 15 minutos após o término do original. Os maiores horrores voltam a ser registrados no mesmo prédio onde dezenas de pessoas foram brutalmente assassinadas.
*”Socialisme”, novo filme de Jean-Luc Godard que será exibido em seleção oficial no Festival de Cannes, será distribuído no Brasil pela Imovision. Ainda não há previsão de estreia no país. Na França, porém, a distribuidora Wild Bunch vai disponibilizar o longa em Vídeo On Demand um dia antes de sua estreia no festival (que será no dia 19). Os assinantes de TV a cabo poderão alugar o filme pelo valor de US$ 9,30.
*”O Beijo da Mulher Aranha, filme de Hector Babenco baseado no romance de Manuel Puig, será exibido na seção Cannes Classics, do Festival de Cannes, dedicado a obras restauradas. A sessão contará com a presença da equipe, em comemoração do 25º aniversário da obra. O filme foi exibido na competição de Cannes em 1985, e deu a William Hurt o prêmio de melhor ator. Mais tarde, Hurt ganharia também o “Oscar” da categoria.
*A Disney alterou a data de lançamento de dois importantes títulos. O nacional “Quincas Berro D’Água” saiu do dia 14 de maio e estreia agora na semana seguinte, no dia 21. E uma das maiores promessas da temporada de férias, a animação “Toy Story 3”, foi antecipada em uma semana, passando para o dia 18 de junho – mesma data do lançamento nos EUA.
*Um dos maiores empresários do ramo imobiliário na China anunciou oficialmente à imprensa, seu primeiro projeto como produtor de cinema.“Empires of the Deep”, uma história que se passa no fundo do mar, protagonizada por sereias, será o filme mais caro da história do país: uma superprodução em 3D com orçamento de US$ 130 milhões. .
*A Associação de Críticos de Cinema do Pará (ACCPA) tem na internet um blog de cinema: http://www.accpara.blogspot.com/
*Acesse também “Odisséia”, meu blog sobre cinema e outros assuntos no endereço http://www.marcoantoniomoreira.blogspot.com/.
* Meu Twitter: www.twitter.com/marcomoreira_
* Confira nas sextas e sábados pela manhã, meus comentários sobre cinema na rádio O Liberal/CBN.

CRÍTICA /Cinema
Devido a exibição do clássico “O Incrível Homem que Encolheu” no Cine Olympia, a coluna de hoje abre espaço para o excelente artigo do crítico de cinema Arnaldo Prado Jr. que fez uma análise brilhante do filme. Maiores detalhes deste artigo, você pode encontrar no blog de Arnaldo, WWW.arnaldopradojúnior.com.br
“O Incrível Homem que Encolheu”, a Teoria Quântica, a Nanotecnologia, a Origem do Universo e personagens de histórias em quadrinhos
Após assistir ao filme “O Incrível Homem que Encolheu” (The Incredible Shrinking Man, EUA, 1957), três associações vieram-me à mente: à teoria quântica, à nanotecnologia e à origem do universo - ao Big Bang, a grande explosão que teria criado o universo. Depois de ter sido exposto a uma estranha nuvem de origem desconhecida cujas partículas interagiram no sistema corporal com partículas de inseticida provenientes de uma pulverização que o atingiu, Robert Scott Carey começou a encolher. Após inúmeros exames e testes, médicos estabeleceram o diagnóstico: uma reorganização da estrutura molecular das células invertendo o processo de crescimento. Descobrem um antídoto que estaciona o processo de encolhimento, mas só por algum tempo. Scott volta a encolher: “Continuava encolhendo, me transformando em...Em quê? Em algo infinitesimal? O que eu era? Ainda era um ser humano? Ou era o homem do futuro?[...]”. Ele faz uma associação aparentemente incompreensível:
“Tão perto, o infinitesimal e o infinito. Mas de repente soube que eram os dois extremos de um mesmo conceito. O incrivelmente pequeno e o vasto acabam se encontrando como se um grande círculo se fechasse [...]. Como se de algum modo pudesse compreender o céu, o universo, mundos infinitos. A tapeçaria prateada de Deus que cobre a noite”.
O que me lembrei da teoria quântica no final do filme diz respeito à decomposição da matéria em um grupo de partículas e que as partículas subatômicas têm características tanto de partículas como de ondas e que havia um modelo para explicar, ao mesmo tempo, o infinitamente pequeno e o enorme. Consultei Kaku (2001, p. 22) para confirmar essa primeira ideia e ainda que “a energia não é contínua, como pensavam os antigos, mas ocorre em pacotes discretos, chamados quanta”. Com referência às especulações de Scott, transcrevo um pequeno trecho do mesmo Kaku: “O auge da teoria quântica é o Modelo Padrão, que pode prever as propriedades de todas as coisas, de minúsculos quarks subatômicos a supernovas gigantes no espaço cósmico” (ibidem). Scott vai além do infinitesimal: “Senti meu corpo encolhendo, fundindo-se, transformando-se em nada”. O que é o nada? O que existia antes da criação do universo?Associei o filme à nanotecnologia porque a nanotecnologia é um ramo da ciência que trabalha com objetos do tamanho de nanômetros (10-9 metros; 10 elevado a menos nove) e Scott estava diminuindo na perspectiva de chegar a nada. Gleiser (14 ago. 2005) faz o leitor imaginar máquinas “com tamanho comparável ao de bactérias. Sabemos que células são máquinas extremamente sofisticadas, movidas pela dança das proteínas”. Gleiser argumenta: já que
“a natureza pode criar máquinas tão pequenas, porque não os homens? São as máquinas quânticas, objetos de porte comparável ao de células ou até menores, nos limites entre os mundos da física clássica e da física quântica, que descreve o comportamento dos átomos e das moléculas.”
Quando Scott fala do incrivelmente pequeno, do vasto, do universo, de mundos infinitos, veio a associação à origem do universo e ao Grande Colisor de Hádrons (Large Hadron Collider – LHC), uma gigantesca máquina construída para simular o ambiente, as condições existentes no início do Big Bang, para desvendar os segredos da matéria, o que dá massa à matéria. (GRANDE..., 4 jun. 2009, MÁQUINA..., 01 mar. 2007).
“Hádron é uma subpartícula da matéria. Nos átomos existem elétrons na parte externa e, lá no meio, o núcleo que contém a parte de maior massa. A palavra hádron significa “aquele que interage fortemente”. Enquanto os elétrons ficam estáveis em torno do átomo por causa de forças elétricas, os prótons e nêutrons dentro do núcleo são mantidos por forças mais fortes, chamadas nucleares. Portanto prótons e nêutrons são hádrons estáveis. Os hádrons instáveis são semelhantes, mas eles não são encontrados na matéria tranqüila, estável: só são produzidos quando se faz uma colisão de alta velocidade. Depois decaem e se desintegram “(FERREIRA, 14 ago. 2009)
As experiências do LHC podem criar buracos negros e essa possibilidade gerou questionamentos de que isto poderia acabar com a Terra já que os buracos negros puxam para dentro de si, capturam, sugam a matéria. Por esse motivo o Grande Colisor de Hádrons chegou a ser apelidado de “Máquina do Fim do Mundo” e os cientistas do projeto foram acusados de estarem “Brincando de Deus”. Entre os possíveis resultados das experiências do LHC está a confirmação da existência do bóson de Higgs, descoberto por dedução em 1964 por Peter Higgs. Se confirmada sua existência “permitiria explicar a origem da massa e a razão pela qual algumas partículas estão curiosamente desprovidas dela. Esta partícula instável, que tem sido chamada de “divina” porque muitos cientistas a estudam sem ter demonstrado sua existência, guia há décadas o mundo da física das partículas” (CIENTISTA..., 11 set. 2008).Um caso de encolhimento, nas histórias em quadrinhos (HQs), é o da cidade de Kandor, de Krypton, relembrado em reedição de uma história de fevereiro de 1964 (HAMILTON et al., 2008). Brainiac, um computador com forma humana, ao sobrevoar o planeta Krypton antes da destruição, projeta raios de sua nave reduzindo a cidade de Kandor e colocando-a dentro de uma garrafa (p. 79). Um personagem minúsculo e poderoso das HQs, o Eléktron, teve sua origem contada em 1961. O físico Ray Palmer fazia experiências diminuindo objetos, comprimindo a matéria. Com fragmentos de uma estrela anã branca caídos na Terra, ele fez lentes redutoras que, quando atravessadas por raios ultravioletas, produziam uma radiação que encolhia os objetos inanimados atingidos. No entanto, os objetos encolhidos explodiam. (FOX et al. set.-out. 1961, 1975)Preso em uma caverna durante um passeio com a namorada e um grupo de meninos, em busca de uma saída, Palmer se expõe aos efeitos de raios solares que passam pelas lentes e diminui de tamanho. Depois de abrir uma saída no teto da caverna, o minúsculo Ray Palmer passa novamente pelo feixe de raios; inexplicavelmente cresce, volta ao tamanho normal. Ele retorna ao grupo, diz que achou uma saída sem contar o que aconteceu e todos saem da caverna (ibidem). Ray Palmer vestiu uma fantasia e tornou-se um super-heroi.(Arnaldo Prado Júnior)
Referências
FERREIRA, Erasmo Madureira. In: Acelerador de partículas é o fim do mundo? Info Online, 14 ago. 2009. Disponível em: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/acelerador-....Acesso em: 24 nov. 2009.
GLEISER, Marcelo. Máquinas quânticas. Folha de S. Paulo/São Paulo, 14 ago. 2005, caderno mais!, p. 9.
GRANDE Colisor de Hádrons. Disponível em http://pt.wikipedia.org/..., 4 jun. 2009. Acesso em: 10 jun. 2009.
KAKU, Michio. Visões do futuro: como a ciência revolucionará o século XXI. Rio de Janeiro: Rocco, 2001. Título original: VISIONS How Science Will Revolutionize the 21st Century, 1997.

AGENDA
- Cineclube Alexandrino Moreira: O Cineclube Alexandrino Moreira, do Instituto de Artes do Pará (IAP), exibe amanhã às 19 h , em parceria com a ACCPA, o filme “Johnny Vai à Guerra” de Dalton Trumbo, produção americana de 1971 considerada com um dos grandes momentos do cinema anti-militarista..Entrada Franca.
- Espaço Municipal Cine Olympia: Hoje é o último dia de exibição do clássico “O Incrível Homem que Encolheu” de Jack Arnold, às 18:30 h, com entrada franca. Na Sessão Aventura, hoje às 16 h, será exibido “No Mundo de 2020” de Richard Fleisher com Charlton Heston no elenco. Entrada Franca.
- Cine Líbero Luxardo: “A Alegria de Emma” será exibido pela última vez hoje às 19:30 h De 06 a 09 de maio, sempre às 17h e com entrada franca, o cinema exibe uma seleção filmes portugueses produzidos nos anos 2000. A Mostra "Panorama de Cinema Português" tem os seguintes títulos :”Antes que o tempo mude” (2003),”Vanitas” (2004), “Cântico das criaturas” (2006), “A cara que mereces (2004) e “Ganhar a vida” (2000).
- Cine Estação : “Ao Lado da Pianista” será exibido na quarta-feira, dia 12, às 18:30 e 20:30 h. Quando tinha dez anos de idade, Mélanie Prouvost era uma talentosa pianista que foi reprovada no mais requisitado conservatório musical da França. Dez anos depois, a pianista torna-se presidente do júri e tenta superar, por meio da música, toda a raiva que guardou na infância.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17

Cine Troppo - De 25 a 31/01/18