CINE TROPPO - SEMANA DE 05 À 11/06/12

Cine Troppo
Marco Antonio Moreira Carvalho
* “Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Louco”  é mais um bom filme dos irmãos Cohen, diretores que têm uma filmografia de alto nível dentro do cinema americano desde os anos 80 e que sempre merece atenção. O filme mostra a história de um cantor e compositor que sonha em viver da sua música. Ele muda de um lugar para o outro na Nova York dos anos 60, sempre vivendo da ajuda de terceiros, em busca de fama e reconhecimento mas cada nova jornada, mais problemas aparecem e seus sonhos vão sendo minados pela realidade que o cerca.  O filme tem as características da obra dos Cohen : ótimo roteiro, excelente fotografia, inteligente uso da trilha sonora e um ótimo elenco com boas atuações de Oscar Isaac, Carey Mulligan e Justin Timbarlake. É um filme para se ver em tela grande, na dimensão que os bons filmes merecem.
* Estreou esta semana no eixo Rio/São Paulo o novo filme do diretor italiano Ettore Scola, "Que Estranho Chamar-Se Federico!", uma homenagem apaixonada de seu compatriota, colega de trabalho, amigo de vida e mestre Federico Fellini. Um tributo, enfim, que não pretende entender o grande diretor italiano, mas fazer o espectador experimentar um pouco de sua imaginação. Vamos aguardar a estréia do filme em Belém.
*O diretor James Cameron vai unir forças com o Cirque du Soleil para criar um espetáculo inspirado no universo de “Avatar”. A empreitada é fruto de uma parceria entre o circo, a produtora de Cameron, Lightstorm Entertainment, e a Fox, que no momento produz três sequências do longa. A previsão é que a produção para o teatro seja realizada em 2015, antes do lançamento do primeiro filme da nova safra.

*Em entrevista coletiva no Cine Brasília, o secretário de Cultura do Distrito Federal, Hamilton Pereira, anunciou o pacote de mudanças que vai pautar o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro a partir da edição deste ano, a de número 47. Filmes de ficção, documentários e de animação passarão a concorrer entre si, numa seleção que terá seis longas e 12 curtas, sendo extintas, portanto, categorias específicas delimitadas por gênero. O festival também aumentou o valor dos prêmios em dinheiro (a verba total será de R$ 625 mil) e pretende expandir exibições de filmes de sua seleção para vários pontos do Distrito Federal. Foram anunciados ainda planos de se promover homenagens ao recentemente falecido Eduardo Coutinho e aos 50 anos de “Deus e o diabo na terra do sol” de Glauber Rocha. A 47ª edição do evento está marcada para 16 a 23 de setembro.

*Rodrigo Santoro assinou contrato para interpretar um barman no drama independente “Dominion”, uma história cujo protagonista é o poeta Dylan Thomas, vivido pelo galês Rhys Ifans (Um lugar chamado Notting Hill, O espetacular Homem-Aranha). O filme, que também tem John Malkovich no elenco, já está sendo rodado e é o mais recente de quatro projetos internacionais em que o ator brasileiro está envolvido. Estão atualmente em pós-produção “The 33”, sobre os mineiros chilenos presos debaixo da terra por 69 dias, com Juliette Binoche, Gabriel Byrne e Antonio Banderas no elenco; o problemático faroeste “Jane Got a Gun” em que Santoro contracena com Natalie Portman e Ewan McGregor; e “Focus” comédia cujo astro é Will Smith.

* Diretora de curtas-metragens, a baiana Gabriela Amaral Almeida assinou parceria com a agência de talentos internacional WME e pretende lançar seu primeiro longa, o terror "A Sombra do Pai", em 2015. A informação é do site "Deadline".Gabriela participou, no começo do ano, do laboratório de roteiro do Sundance Institute, uma das oficinas do festival de cinema de Sundance, criado por Robert Redford. A história de uma criança que tem estranhos poderes agradou os participantes e viabilizou as filmagens, que devem acontecer em janeiro de 2015, com produção da RT Pictures.


*”No Limite do Amanhã” com Tom Cruise tem um roteiro claramente baseado no filme “Feitiço do Dia” com Bill Murray, realizado em 1995. No filme, o personagem fica misteriosamente preso em um dia, tendo que vivê-lo repetidamente durante muito tempo até aprender a sair dessa situação. No filme com Cruise, ele é um soldado que luta contra alienígenas e de repente, vive o mesmo dia de batalha e derrota, repetidamente. A idéia é boa,  gerando interesse que uma boa montagem ajuda a construir com as tramas que vão surgindo durante essa “repetição”. Acima da média de filmes do gênero, o filme é interessante e tem muitas situações bem elaboradas e filmadas. Pena que no final, o filme se renda a um conceito de final feliz aos personagens principais que era totalmente desnecessário e totalmente fora do desenvolvimento do roteiro. Aparentemente, o filme tem um final de produtor. Quem sabe na edição do diretor, o filme tem outro “the end.”


DESTAQUES DA SEMANA

ESTREIAS
“A Culpa é das Estrelas”
Baseado no Best-seller mundial
“Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum”
Filme indicado ao “Oscar” de melhor fotografia e Mixagem de Som

“A Última Estação”
Exibido no Festival de Brasília


AGENDA
*Cineclube Alexandrino Moreira:
Dia 09/06 - “Persona” de Ingmar Bergman. Com Liv Ullman e Bibi Anderson. Sessão às 19h. Entrada franca e debate após a exibição. Apoio : ACCPA.
*Cine Olympia: 
De 06 à 19/06 – “A Última Estação” de Márcio Coury. O adolescente libanês Tarik veio tentar a vida no Brasil. Na viagem de navio, fez amizade com outros jovens árabes e sírios, mas, ao chegarem ao país, cada um seguiu seu caminho. Depois de 50 anos, Tarik, com ajuda da filha, resolve procurar os amigos da viagem. Sessão às 18:30 h. Entrada Franca


*Cine Líbero Luxardo:
De 28/05 à 08/06 – “Em Busca de Iará”.
Em Junho – “O Menino e o Mundo”
 *Cine Estação:

De 08 à 29/06 – “Inside Llewyn Davis : Balada de um Homem Comum” dos irmãos Cohen.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 02 a 08/03/17

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17