CINE TROPPO DOMINGO DIA 07/03/10

CINE-TROPPOMarco Antonio Moreira Carvalho

CINEMA/Lançamentos da Semana
Caso não haja nenhuma modificação de última hora, as estréias da semana são “Invictus” e “ Ninja Assassino”.
“Invictus” é o novo filme do diretor americano Clint Eastwood (Menina de Ouro/A Troca/Gran Torino) e é baseado no livro que traz a exemplar história de Nelson Mandela que no início de seu governo na África do Sul se juntou com o capitão da equipe de rúgbi da África do Sul, Francois Pienaar para ajudar a unir a sua nação.Recém-eleito, o presidente Mandela sabia que seu país permanecia dividido racial e economicamente mesmo após o fim do apartheid. Assim, acreditou ser capaz de unificar a população por meio da linguagem universal do esporte, apoiando o desacreditado time da África do Sul na Copa Mundial de Rúgbi de 1995, que acabou fazendo uma grande campanha até as finais. No elenco, Morgan Freeman (em grande atuação) e Matt Damon (Identidade Bourne), indicados ao “Oscar” deste ano nas categorias de melhor ator e melhor ator conadjuvante, respectivamente. Detalhe: o nome do filme é baseado em "Invictus", um curta poema escrito pelo poeta Ernest William Henley (1849-1903) que aparece em momentos fundamentais do filme.
“'Ninja Assassino” mostra a história de Raizo, um assassino hábil e mortal. Tirado das ruas ainda criança, ele se transforma em um matador treinado pelo Clã Ozunu, uma sociedade secreta cuja existência é considerada um mito. Mas assombrado pela lembrança da execução de seu amigo pelo Clã, ele se revolta e desaparece para depois se vingar. A direção é de James McTeigue (V de Vingança).

QUADRO DE COTAÇÕES / ACCPA
FILMES MARCO MOREIRA PEDRO VERIANO LUZIA ÁLVARES
“Um Olhar do
Paraíso” Bom Bom Muito Bom
-------------------------------------------------------------------------------------------------
“Preciosa” Excelente Excelente Excelente
-------------------------------------------------------------------------------------------------
“Simplesmente
Complicado” - Razoável Razoável
-------------------------------------------------------------------------------------------------
“Farrapo
Humano” Excelente Excelente Excelente
-------------------------------------------------------------------------------------------------
“O Túmulo dos
Vagalumes” Muito Bom Excelente Excelente
-------------------------------------------------------------------------------------------------
“Paisagem na
Neblina” Excelente Excelente Excelente
-------------------------------------------------------------------------------------------------

SUPERNOVAS
*A ANCINE e a MTV Brasil fecharam um convênio para realizar o Programa Especial de Fomento MTV Brasil Animação. O objetivo é estimular a produção audiovisual de animação nacional, não-publicitária, seriada e independente. A seleção será feita por editais de concursos públicos. Por edital serão escolhidos três projetos para produção de episódios-piloto, com duração de 12 minutos cada. Desses três, um será selecionado para produção de uma série completa de 13 episódios (episódio-piloto + 12 episódios) com duração de 12 minutos por episódio. Os recursos serão captados de empresas brasileiras de acordo com a Lei do Audiovisual. Mais informações no site da Ancine.
*”Shrek Para Sempre”', o quarto e (aparentemente) último filme do personagem Shrek, vai inaugurar o Festival de Tribeca 2010, no dia 21 de abril. Segundo Jane Rosenthal, organizadora do festival, a escolha do filme se deve à boa combinação entre narrativa e arte, além das maravilhas da nova tecnologia 3D digital. O filme tem estreia prevista para 9 de julho no Brasil.
*De 15 26 de março, estarei ministrando um curso de Crítica Cinematográfica. O curso terá exibição de cenas de filmes como “O Gabinete do Dr. Caligari” (foto) para posterior debate. O horário do curso será das 15 às 18 h com carga horária de 30 horas. Maiores informações na Caian Filmes, Tel: (91)33434254/33434252.
* A Caiana Filmes estará promovendo também uma oficina de Linguagem Cinematográfica para Iniciantes com o cineasta João Inácio. Entre os itens do curso : O ato de olhar: Aspectos psicológicos que envolvem a recepção, A descoberta do movimento: Primeiros inventos; brinquedos óticos, Os precursores: Lumière, Méliès, Zecca, O início da construção da linguagem e Elementos da linguagem cinematográfica. A oficina acontecerá de 22 à 26 de março com duas turmas (manhã e noite). Maiores informações pelos fones: (91) 33434254 / 33434252
* Na sessão DICAS DA SEMANA, domingo passado, citei ”Cinzas no Paraíso” como primeiro filme do diretor Terrence Malick. Foi um engano. O primeiro filme de Malick, foi o igualmente excelente “Terra de Ninguém” com Martin Sheen e Sissy Spacek no elenco. Outro filme imperdível deste bom cineasta.
* Os 10 filmes mais locados da semana na 100 % Vídeo: “Código de Conduta”, “Bastardos Inglórios”, “Se Beber, Não Case!”, “Tá Chovendo Hambúrger”. “Substitutos”, “O Seqüestro do Metrô 123”, “A Verdade Nua e Crua”. “Terror Na Antártida”, “500 Dias Com Ela” e “A Órfã”.
*A Associação de Críticos de Cinema do Pará (ACCPA) tem na internet um blog de cinema: http://www.accpara.blogspot.com/
*Acesse também “Odisséia”, meu blog sobre cinema e outros assuntos no endereço http://www.marcoantoniomoreira.blogspot.com/. Meu endereço no Twitter: www.twitter.com/marcomoreira_
* Confira nas sextas e sábados pela manhã, meus comentários sobre cinema na rádio O Liberal/CBN.

OPINIÃO
LEMBRANÇAS DO “OSCAR”
Minha primeira lembrança do “Oscar” é de uma entusiasmada reunião da minha família (pai, mãe, irmãos) para ver a festa de premiação. Neste mesmo ano, nós vimos o inesquecível Charles Chaplin, com idade avançada, entrando no palco para receber um prêmio honorário pela sua maravilhosa carreira. Chaplin vivia exilado dos EUA há muitos anos e voltava naquela data para receber um prêmio que homenageava sua carreira, muito tempo depois de realizar suas obras-primas que foram esquecidas por várias vezes pelos organizadores do prêmio. Essa sensação de premiação tardia, de alguma forma, se mantém até hoje. O “Oscar” é um prêmio do cinema americano que tem como critério principal três itens: produção, distribuição e exibição. Itens voltados para a questão comercial que eventualmente se misturam com critérios mais artísticos, de qualidade. Por isso, tantas injustiças e por isso, muitos acertos também. Afinal, o cinema é uma arte que precisa de trilhar vários caminhos para chegar ao espectador e de preferência, quando se tem um padrão que rende milhões de dólares no mundo inteiro, é melhor seguir e incentivar este padrão, sempre que possível. Quando não é possível seguir esse padrão, eles levam em consideração a qualidade, a importância de uma obra que de alguma forma foi evidenciada pela critica. Porque no final das contas, o “Oscar” é isso: bilheteria, comércio, lucro.
Criado no final dos anos 20 para evidenciar as produções americanas, o prêmio acabou ganhando uma notoriedade mundial que serve de referência para os cinemas de todas as nacionalidades, mesmo que estas nacionalidades mal sejam lembradas pela forte estrutura do cinema americano. Afinal, o “Oscar” é um prêmio do cinema americano e não mundial. E durante várias décadas, o padrão Hollywoodiano foi sendo construído criando também uma forma de olhar do espectador com relação ao cinema que hoje mais do que nunca, tem que ser mais crítico sobre os detalhes do prêmio. Mas se o “Oscar” é só bilheteria, isso não significa que o prêmio sempre errou. Claro que seus erros, dificilmente podem ser ignorados. Mas também podemos encontrar vários bons filmes que graças ao “Oscar” ganharam a atenção do espectador. Poderia citar vários exemplos do passado agora mais vamos falar dos indicados deste ano.
Caso a academia de cinema americana queira premiar mais uma vez o cinema comercial, “Avatar” deverá ser o grande vencedor. Mas caso a academia queira reforçar o lado político do prêmio, “Guerra ao Terror” tem chances. Afinal, uma produção que retrata a luta contra o “terror” dos soldados americanos é um filme politicamente correto para os americanos. Mas caso a audácia apareça de repente, “Bastardos Inglórios” de Tarantino pode sair vencedor. Independente do resultado, o importante é sabermos como funciona o esquema de premiação e não se iludir achando que o lado da qualidade é o único considerado na hora da votação. Na última segunda-feira, num debate promovido pela ACCPA (Associação dos Críticos de Cinema do Pará), pude perceber que alguns espectadores queriam saber mais sobre o prêmio, querendo entender seu mecanismo de premiação. E na ocasião, citei aos presentes o que escrevi acima. Mas fica uma pergunta: o “Oscar” é algo ruim? Não. É um prêmio que motiva o cinemaníaco, que provoca discussões, que nos proporciona momentos importantes. Não é o caso só de criticar o prêmio mais sim, de ter um olhar crítico sobre o que ele representa, quais são seus critérios e não ficar tão revoltado quando grandes filmes “sobram” da relação final dos premiados ou indicados.
Hoje é dia de “Oscar”. Devo me lembrar novamente de Chaplin, mas principalmente de meu pai, Alexandrino Moreira, pois durante vários anos vimos juntos a premiação com cumplicidade e amor pelo cinema. Muitas vezes, criticávamos os resultados, outras vezes ficamos felizes com os premiados. Estes momentos juntos, vendo o “Oscar”, nunca saírão da minha memória. Por isso, hoje é dia de “Oscar” mais também é dia do meu pai, que me ensinou a entender e a amar o cinema, acima de qualquer prêmio.

DICAS DA SEMANA
DVD/FILME
: Hoje é dia do “Oscar”, logo, é um bom momento de se ver/rever alguns dos bons filmes premiados. Indico ao leitor dois filmes: “Amor Sublime Amor”(1961), grande musical dirigido por Robert Wise com Natalie Wood no elenco e”Um Estranho no Ninho”(1975), excelente filme de Milos Forman com magistral atuação de Jack Nicholson.
LIVRO: David Lynch(Império dos Sonhos) é um dos grandes diretores da atualidade, por isso, vale a pena ver seu trabalho como escritor no livro “Em Águas Profundas: Criatividade e Meditação” onde ele escreve sobre cinema e meditação de forma simples e direta. É um livro agradável com algumas revelações interessantes sobre a obra e a pessoa enigmática que é Lynch.
BLU-RAY: “O Orfanato” de Juan Antonio Bayona chega em blu-ray num lançamento de alta qualidade. É um filme emocionante que surpreende pela sua narrativa ao contar a história de Laura, uma mulher que retorna com sua família ao orfanato onde morou quando pequena com a intenção de abrir um abrigo para crianças excepcionais mais que acaba se confrontando com uma realidade e fatos estranhos que irão afetar a imaginação do seu filho. A produção é de Guilhermo Del Toro (O Labirinto de Fausto).
DVD/SHOW: “The Beatles: DVD Live at Budokan 1966 - Edição de Colecionador” é um verdadeiro tesouro para os beatlemaníacos. O DVD é o registro ao vivo do show realizado na famosa arena japonesa em 1966 quando o grupo tocou canções como “Day Tripper”e “Yesterday”. O dvd nos mostra o grupo na sua melhor forma e traz cenas raras como a coletiva de imprensa dos Beatles à imprensa japonesa além de imagens de arquivo. Imperdível.

AGENDA
- Cineclube Alexandrino Moreira: O Cineclube Alexandrino Moreira, do Instituto de Artes do Pará (IAP), exibe dia 22/03 em parceria com a ACCPA, “Paisagem na Neblina”, a obra-prima do diretor grego Theo Angelopoulos. Em seguida, haverá um debate sobre o filme entre o público e os críticos da ACCPA. Maiores informações no blog http://cineclubealexandrinomoreira.blogspot.com/
- Cineclube Pedro Veriano: Nem homenagem ao diretor Glauber Rocha, está acontecendo a programação VIVA GLAUBER. Esta semana, terça-feira, dia 09/09, será exibido “Deus e o Diabo na Terra do Sol”. O filme será exibido às 18:30 h com entrada franca. O CC Pedro Veriano fica na Casa da Linguagem. Maiores informações no blog http://cineclubepedroveriano.blogspot.com/
- Espaço Municipal Cine Olympia: No festival de filmes premiados com o “Oscar” , hoje será exibido o clássico “Farrapo Humano”, filme de Billy Wilder realizado em 1945 e que tem uma magistral interpretação do ator Ray Milland. A entrada é franca com sessão às 18:30 h. Na Sessão Cinemateca, promovida pela ACCPA, será exibido hoje às 16 h a animação japonesa “O Túmulo dos Vagalumes” de Isao Takahata . Antes do longa-metragem, episódios do seriado “Flash Gordon no Planeta Mongo”. Entrada Franca
- Cine Estação: “O Fantástico Sr. Raposo”, novo filme do diretor Wes Anderson (Viagem a Darjeeling/ Os Excêntricos Tenenbaums) será exibido nos dias 24 e 25/03 e 31/03 e 01/04. É um filme de animação em stop motion baseado no livro infantil de Roald Dahl. Desde já, um dos bons lançamentos deste ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E O FINAL DE "ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ"

Cine Troppo - De 02 a 08/03/17

Cine Troppo - De 21 a 27/12/17